ONLINE
12




Partilhe esta Página

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

D

S

C

S

S

AWEF

swd

S 

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS


VEREADOR ELIO CESAR FUBÁ FALOU AO OBEREKANDO
VEREADOR ELIO CESAR FUBÁ FALOU AO OBEREKANDO

Ele foi o mais votado nas últimas eleições

s

2021-06-14 às 10:13:20) A entrevista ao Oberekando da última quinta-feira foi com o vereador mais votado no pleito de 15 de novembro último, Elio Cezar Alves dos Santos (Fubá). No primeiro pleito que disputou, bateu na trave, mas desde de 2008, com 902 votos, 2012 com 1196, e em 2016 preferido de 1723 eleitores, tem tido destaque nas urnas, e no ano passado, 2020, aonde houve uma maior distribuição de votos entre os candidatos, 1.042 eleitores o escolheram para o seu quarto mandato.

“Mais uma vez fomos contemplados com essa votação, novamente eleito, novamente em primeiro lugar, feliz! É sinal que eu fiz, pouquinho, mas eu fiz. E a gente pede desculpas a você também... você me procurou pra fazer esta gravação, mas por compromissos, e essa pandemia, ela deu uma atrasadinha. Eu peguei coronavírus, meu filho mais novo (Vitor Fubazinho) também, mas graças à Deus, a Sandra, minha esposa, nem o Wellington, nem a nora, pegaram. Não tem nada! Pelo amor de Deus... a gente tem um carinho enorme pelo seu trabalho”, comentando o porque da entrevista apenas agora.

 

AGRADECIMENTO AOS ELEITORES, PELA VITÓRIA

“Agradeço do fundo do coração de ser contemplado mais uma vez, dessa votação maravilhosa que eu tive. Agradeço a cada família que me recebeu em suas casas, e peço desculpas também aos meus amigos e eleitores aqui de Telêmaco Borba, porque a gente é questionado por várias situações, e a população nos cobra por várias vezes no município, e muitas vezes a gente consegue, e também deixamos de resolver muitas coisas, mas a gente faz o possível. Estou no quarto mandato já, e só tenho a agradecer as pessoas”.

 

O FUBÁ DE SEMPRE, SEM PERDER A ESSÊNCIA

Ele disse que sempre recomenda aos seus filhos, mesmo que possam não chegar a funções maiores, que “sejam um cidadão de bem, que isso é mais importante que qualquer coisa! Seja um cidadão de bem!”.

Comentou ele de sua votação – contra - quanto ao aumento da alíquota do desconto da Previdência dos servidores, que aprovado e com desconto imediato com 11 para 14%, e fez questão de explicar que não tem nada pessoal com o Fundo Previdenciário (Funprev), com pessoal da Prefeitura: “Eu sempre agradeço eles ai, que são homens e mulheres iguais a gente mesmo, que estão deixando nossa cidade mais linda, mas no trabalho, aqui, cada um tem o seu, eles têm o deles, e eu tenho o meu, e o pensamento, cada um tem o seu!”.

 

SER POLÍTICO, SER CIDADÃO E SER CORDIAL

Elio tem uma tranquilidade de trânsito entre os poderes, e sempre que possível está presente (*no caso, exceto no período de pandemia, claro, em respeito aos decretos de prevenção ao Covid) nos eventos, independente de seu posicionamento na tribuna ou de suas votações em plenário. Sabe dividir as situações, políticas e administrativas:  Quanto aos projetos que vem para votação, por parte do Executivo, explicou que “em momento algum a gente quer barrar, segurar, porque eu entendo que cada projeto que eu tentar segurar, por picuinhas, eu não vou estar atrapalhando o prefeito Márcio, nem o secretário... eu vou estar atrapalhando o munícipe de Telêmaco Borba, porque você sabe que tudo que sai ao município, sai dessa casa. Essa casa tem que dar o sim, ou o não! Então a gente não é criança! A gente não é moleque de fazer picuinha, mas sim fazer o trabalho consciente que tem que fazer nessa casa”. Não escondeu que por vezes viu alguns vereadores, nestes quatro mandatos, até dar uma segurada aqui ou ali nos projetos, mas que na composição atual, eles votam muito conscientes, elogiando o trabalho dos demais edis.

 

REDE SOCIAL

O campo das redes sociais parece ser um território sem lei, mas a cada dia, isto vem sendo desvendado como irreal, porque dar sua opinião dentro delas, é diferente que difamar... e recentemente a postura de um cidadão que jogou xingamentos pesados contra os vereadores, foi repugnado em sessão ordinária: “A pessoa as vezes coloca alguma coisa que não é verídica, e as pessoas começam a ‘meter o pau’. E fala isso e fala aquilo, que a pessoa não presta, que é ladrão, e isso dá problema, não é?”.

 

VEREADOR POPULAR

Disse que atende a população naquilo que é possível, e fez questão de agradecer ao Executivo, “aos funcionários, esses que ficam atrás do piano, e que fazem o piano andar. Então a gente só tem a agradecer. A gente sabe que o mesmo intuito do Executivo, também é o do Legislativo, que é o bem de nossa população. Então, o que a gente puder fazer de melhor, em conjunto com o Executivo, eu estou junto, estou dentro, e acredito que os demais vereadores também pensam da mesma forma”.

 

PEDIDO QUE A POPULAÇÃO DE CUIDE QUANTO À PREVENÇÃO AO COVID

“O que eu estou fazendo é como um grãozinho de areia no oceano, mas estou fazendo a minha parte”, no sentido de respeitar aquilo que vem sendo pedido quanto às normas de prevenção ao momento de pandemia, especialmente com o uso de máscara, de álcool em gel, e não fazendo aglomerações. Lembrou que esteve com a comissão dos comerciantes, reunião que a princípio seria feita na Acitel, “e a Vigilância Sanitária, que faz um serviço exemplar em nosso município, um serviço sério, corretamente inibiu naquele momento”. Ele estava com compromisso no Paço Municipal e seria representado pelo seu secretário, mas houve essa coincidência de local, e ele se fez presente, tendo sido pelos comerciantes, antes, convidado. Falou que sentiu na pele o que se passa com cada um deles, quando lhes chegavam e falavam que deviam seis boletos, deviam água, deviam luz. “Você acredita que eu estou com aquilo que eu senti, porque aquela dor está em mim. Fechar o comércio, a gente sabe... se não morrer da pandemia, morre de fome, morre de nervo. Tem pessoas, Oberek, que estão morrendo de infarto, de nervoso, porque a situação é muito delicada”.

PARABENIZOU OS TRABALHADORES DA SAÚDE: Lembrou que a Saúde está de parabéns, o prefeito também tem feito a sua parte, o secretário Anderson Catto, “têm investido bastante na área da Saúde, mas a gente sabe que a situação hoje não é fácil”.  Ele deu testemunho pessoal da tristeza em perder pessoas da família, quando falou do cunhado, Jessé Marcelo Novak, na semana retrasada morreu. Esposo de sua irmã, Rosângela, que se se aposentou faz menos de um ano, e deixou dois filhos, e era uma pessoa que muito se estimava, e de caráter. Disse também do trauma que ficou, à época, de ver sua mãe sendo entubada, e a tristeza de ter acompanhado. Citou o pessoal na Upa, “e que a situação não é fácil”. Fez referência ao pessoal da linha de frente, assim como dos motoristas com a sua carga de trabalho, às zeladoras, enfermeiras, e os médicos: “sabe, que nós temos poucos, mas que valem por muitos! Guerreiros... vários nomes que eu poderia citar aqui, mas posso esquecer de algum!”.  Agradeceu também aos trabalhadores dos hospitais IDF, Moura e Regional.

Ao encerrar a entrevista, explicou aos munícipes, que por ele, faria uma série de obras, mas isso não é a competência do vereador: “O vereador, o que ele pode fazer é uma emenda de um projeto do Executivo quando vir pra cá (Para a Câmara)”. Definiu novamente o que é uma indicação, um requerimento e um Projeto de Lei, para mais fácil entendimento dos que vão acompanhar a entrevista. Agradeceu à Administração, também à Edson Ramos e José Carlos que são seus assessores, aos funcionários da Câmara, “que nos dão um suporte maravilhoso, pessoas competentes e responsáveis nesta Casa de Leis. Quero agradecer à minha família também, que tem sido parceira, companheira, e entendido o meu trabalho”. Jamais esqueceu de agradecer à população de Telêmaco Borba: “Pelo meu quarto mandato, e todos os mandatos, graças à Deus, que foram votações expressivas”.

 

LEIA TAMBÉM:

REI DOS VOTOS, DR. MÁRCIO, NO OBEREKANDO! Fechamento especial das entrevistas com os vencedores em 15 de Novembro

MILTINHO PRESIDIRÁ O BIÊNIO DA CÂMARA DE TB: Sua terceira legislatura, o perfil e relação com a Prefeitura

A PALAVRA DO ADVOGADO E REELEITO MARQUINHOSEle encerra o bloco de entrevistas com os vereadores da nova Legislatura em TB

ELEITO, TONINHO FLENIK NO OBEREKANDOEle foi assessor de Integração Comunitária de Márcio

JEFFERSON ABREU: VONTADE CONTINUAR TRABALHANDOEle, Repórter TB, conquistou sua cadeira na Câmara de Telêmaco

ELIS DÁ SEQUÊNCIA A ENTREVISTAS COM ELEITOSNo caso, ela foi reeleita para o segundo mandato e é a voz das mulheres no Legislativo

PROFESSOR KLÉCIUS, O NOVO VEREADOR E A COLISEUFeliz, disse: “A política é o jeito mais rápido de buscar soluções, para que as melhorias sejam feitas”

A CONVERSA FOI COM EZEQUIEL BETIMVereador, foi reeleito e é o atual presidente da Câmara Municipal

O ADVOGADO FELIPE PEDROSO, AGORA VEREADORSua principal bandeira será a juventude

SASSÁ, NA SEGUNDA TENTATIVA, VEREADOR EM TBBateu na trave em 2016, e agora, eleito

JAPÃO É REELEITO COM 783 VOTOSAnderson Antunes agradeceu a confiança dos eleitores

LIÇÃO DE VIDA E HUMILDADE: SID É VEREADOR ELEITOEle viu o carinho das pessoas e especialmente, de ex-funcionários

--

D