ONLINE
16




Partilhe esta PŠgina

S

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

D

S

C

S

S

S  

D

 

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

dsg


Kessi deu provas de amor ŗ TelÍmaco
Kessi deu provas de amor ŗ TelÍmaco

Mesmo sendo candidata, proporcionou que oponentes viessem apresentar propostas em suas lives

s

2020-11-23 às 08:26:59) Chamou a atenção, não somente deste jornalista, mas imagina-se, de grande parte da população, a iniciativa da candidata a vereadora Kessi Cassiane Iarosz, de Telêmaco Borba, que durante a campanha eleitoral, promoveu uma sessão de lives por rede social, trazendo, também candidatos, para discutirem temas, mas acima de tudo, falar de suas propostas, em prol da cidade.

É muito raro alguém se propor, num gesto cidadão, fazer algo que não seja olhar apenas para sí mesmo e seus interesses, mas, abrir não e oportunizar pessoas, que sejam seus oponentes numa corrida! Isso foi exatamente o que fez essa jovem professora, instrutora de formação profissional, e personal trainer e que deixou este ano sua atuação como juíza da Confederação Nacional de Basquete, para dedicar-se ainda mais aos estudos, pois iniciará uma nova pós-graduação (Especialização) e está comitantemente, buscando também o Mestrado.

Aos 30 anos, completados um dia antes do pleito, a pedetista assim disse quanto as suas entrevistas feitas onlines: “As lives surgiram por amor mesmo, e eu acredito que quando nós estamos num período eleitoral, devemos escutar as ideias de todos os candidatos, e nós, decidirmos por qual candidato, e não ser obrigado a votar em alguém, ou dar seu voto por troca de alguma coisa. Como eu já tenho uma vivência fora de Telêmaco Borba, também, e venho me capacitando há algum tempo para entrar na política, eu acredito que é necessário esse debate, e as pessoas veem e aprenderem o que realmente é a política”.

Perguntada quanto às boas surpresas, de até que um número considerável de novos vereadores, novos prefeitos e redução dos reeleitos, acha que esta tendência de renovação deva ser maior a cada pleito, que a população vai ficar mais atenta e mais próxima da política da cidade. Vai cobrar mais, “e eu acredito que a mudança, só vá aumentar”.

Crê Kessi, que a capacitação cada vez maior, será fator de contribuição para que tenhamos em Telêmaco candidato a deputado, e pra próxima, municipal, a população verá mais atenciosa, melhores nomes para estar à frente do município. Um ponto defendido por ela, é que o eleitor pense no “nós”, em detrimento “do eu”, e desta forma, até mesmo não vote, por exemplo, em um parente, pelo simples grau familiar que os une, apesar de saber que tal pessoa, não tem nenhum interesse ao público, por exemplo.

A força da mulher na política foi outro destaque no bate-papo, onde informou que nas eleições de 2016, pelo senso eleitoral de Telêmaco, a maioria, 52% dos votantes, eram mulheres, mas vê que mesmo assim, não há entre elas, o como se posicionar, e completou: “Ainda bem que temos uma mulher em nossa majoritária (Vice-prefeita, Dona Rita) e uma na Câmara (Elis Saldivar), mas isso precisa mudar”. Além delas, nesses cargos eletivos, Kessi também as imagina em maior número, a frente de secretarias municipais. Também foi citado ataques violentos e desvairados lançados em rixas políticas contra as mulheres, por exemplo, e classifica isso, mais que tudo, como falta de amor ao próximo.

 

LEIA TAMBÉM:

LIÇÃO DE VIDA E HUMILDADE: SID É VEREADOR ELEITOEle viu o carinho das pessoas e especialmente, de ex-funcionários

PREFEITO LUCAS, EM RESERVA: EXPERIÊNCIA E JOVIALIDADE. Eleitores quebram hegemonia e determinam oportunidades no comando do município.

--

D