ONLINE
13




Partilhe esta Página

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

D

S

C

S

S

AWEF

swd

S 

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

qwer


COM A PALAVRA, O VICE TUIL, DE CURIÚVA
COM A PALAVRA, O VICE TUIL, DE CURIÚVA

Segundo a ser ouvido, falou da parceria com Nato, e da preciosidade da família

S

2021-04-20 às 07:24:31) A segunda entrevista na série com os vice-prefeitos da área de cobertura do Oberekando, foi com Luiz Vantuil Ajuz, mais conhecido como Tuil, de Curiúva. Natural desta mesma cidade, nasceu em 26 de janeiro de 1963, e é casado com dona Rosana, e tem dois filhos.

 

POPULARIDADE DE TUIL

Perguntado a ele de onde vem essa bondade, carisma, e essa popularidade: “Bom Oberek, acho que vem da índole de cada um. Eu por ser empresário do ramo farmacêutico, e a gente trabalha toda hora com pessoas, então acho que isso é o mínimo, é obrigação da gente atender bem, poder conversar bem com as pessoas, ser educado, você saber ouvir, saber o que falar, na hora certa”. O fato de vir também de família árabe, e o comércio já estar na veia, acha que é princípio, “desde meus pais, e meus filhos dando prosseguimento... é da família mesmo!”.

 

REELEITO E COM NATO!

Quanto à nova gestão, a vitória nas últimas eleições, disse que a reeleição é consequência de um bom mandato. “Graças à Deus, fizemos um mandato exemplar para Curiúva, vai ficar na história de Curiúva. O Nato como prefeito, me dando a oportunidade de trabalhar com ele, de estar junto com ele, fazendo a diferença aqui no município de Curiúva, fazendo o dever, que todo o prefeito deveria fazer. Todo vice-prefeito deveria estar junto na Administração, e o Nato, Graças à Deus, me deu esse privilégio. Confio plenamente nele”, explicando que voltou na luta novamente, e que neste momento, travado pela pandemia, mas citou que se tem que ter um respeito por este inimigo desconhecido, que não tem cor, tamanho, e não se sabe de onde ele vem, e que age de uma forma e em seguida de outra, e que agora, está ficando devagar, mas se Deus quiser, daqui alguns dias, vamos retomar tudo de volta, as obras e o crescimento de nossa cidade!”.

 

SEMPRE NOS BASTIDORES, E AGORA, INSERIDO NO CONTEXTO POLÍTICO MUNICIPAL

É a primeira vez, - claro, com direito a reeleição -, que ele entrou na vida política, colocando seu nome à disposição, mas seu pai, já foi vice-prefeito da cidade, e o irmão dele, Valter, foi vereador, inclusive na época, um dos mais votados. Depois da vereança, ele foi encarregado das estradas, e de máquinas, e lá, também, disse Ajuz, fez história, sendo um dos melhores. Ele não quis mais saber de política, mas sempre, tanto com o pai, quanto ao irmão, sempre deu apoio.

Outro irmão de Tuil, o Carlos Ajuz, é presidente do Asilo, e desde da fundação desta entidade, se dedica a ela, bem como ao lado de um grupo de amigos – no Lar dos Idosos São Vicente de Paula. A esposa de Carlos, Simone, caminha com ele nessa bonita missão, ao qual, a toda a equipe de lá, fez questão de falar Tuil: “Eu bato palma pra eles!”.

 

FAMÍLIA, A BASE, E UM PAI BABÃO COM MUITO ORGULHO!

Quando falou da esposa Rosana, bem como da esposa do prefeito, Neide, disse que tanto ele, quanto Nato, são privilegiados, de ter uma esposa assim, como são, donas Rosana e Neide, respectivamente. Comentou que a esposa gosta, na verdade, mais de política que ele. Ele gosta, mas disse que ela assimila melhor, “e isso ai complementa a gente, porque na hora que você chega em casa, que você está triste, desanimadão”, acaba que o diálogo quanto a situações, “te abre mais a cabeça e você começa a pensar pouco mais diferente”. Da mesma forma, essa força vem dos filhos Rafael e Thais. Ele é engenheiro civil formado, mas necessitou ajudar o pai por problemas de saúde na época, e também, devido à idade, pela pandemia, mas logo ele imagina ver o filho atuando na sua formação.

MOMENTO TERNURA: Pedido para lembrar algo dos filhos, quando crianças ou adolescentes, dentro da profissão que eles viram o pai crescendo e progredindo, lembrou dela, lá pelos cinco ou seis anos, quando saia da escolinha e vinha com a mãe à farmácia, e brincava com as amiguinhas, de ser farmacêutica: “Com caixa de papelão, com caixa de remédio vazia, ela fazia como se fosse a prateleira”. Já, quanto ao Rafael, lembra que ele abria mão de brincar com os amiguinhos depois que vinha da escola. Era ainda bermuda – nem era calça - e ele, de chinelo e camiseta, vinha pra farmácia, “e graças à Deus, eles se criaram dessa forma!”.

Com orgulho, falou do filho que é de um enorme coração, e um ‘menino’ super educado! “Tenho maior orgulho de falar de meu casal de filhos”. Na semana passada, Thais contava ao seu pai que uma cliente dela, idosinha, sofreu um acidente dentro de casa, e veio até a farmácia, uma irmã dela, “ai ela falou: ‘a minha irmã quer que você vá lá na casa dela, visitar ela, porque ela tá com saudade de você!’”. Situações como essas foram citadas, com gratidão por Tuil: “Isso é bondade de Deus, enorme, com a gente!”.

 

UM DOS MOMENTOS MAIS EMOCIONANTES DA VIDA DE TUIL

Quando do aniversário dos 71 anos de Curiúva, no dia 26 de outubro de 2018, a possibilidade dada pelo prefeito ao seu vice, de estar em Aparecida para acompanhar na data magna ao município, a chegada da imagem Peregrina de Nossa Senhora Aparecida, até a Praça da Matriz. Sendo o prefeito evangélico, Vantuil disse que nunca, em momento algum, seu parceiro de Executivo desrespeitou sua fé, em Deus e na Padroeira do Brasil: “Graças a todo esse privilégio que eu tive, eu dou os méritos ao prefeito Nato, porque ele poderia simplesmente falar assim... ‘Não, não é da minha religião’, mas não! Esse privilégio que eu tive na minha vida, eu agradeço ao prefeito Nato!”. Tuil também agradeceu todo empenho do pároco, padre Alcides.

 

ADMIRAÇÃO, CARINHO E RESPEITO AO PREFEITO NATO

Tuil elogiou o carinho de Nato com a cidade, e com a forma de a administrar, e que faz, respeitando claro os trâmites, assim como age com sua família e com sua empresa, para a Administração municipal”, em respeito a cada cidadão, e a cada pagador de impostos.

 

MENSAGEM FINAL, E AOS JOVENS, QUE NÃO ABUSEM NESTE TEMPO DE COVID

Na mensagem que encerrou a entrevista, pediu especialmente aos jovens, que obedeçam ao período de regras de distanciamento e não aglomeração, devido à pandemia. Falou também que quando se têm as medidas de restrição, não é pra punir comerciantes. Parabenizou ele, aos profissionais da Saúde, os nossos anjos sem asas!

 

LEIA TAMBÉM:

DE CURIÚVA, NATO MOURA AGRADECE A REELEIÇÃO: Ele falou das expectativas, dos deputados, da disputa e do Covid, e pediu neste sentido, a ajuda da população.

--

D