ONLINE
13




Partilhe esta Página

ACITEL

ACITEL

s

sr

 

AWEF

b

S

D

ds


ANDRÉ CORAIOLA E O IDF, EM TELÊMACO
ANDRÉ CORAIOLA E O IDF, EM TELÊMACO

O presidente comentou dos incentivos recebidos, e de parcerias

s

2023-12-19 às 09:38:25) O presidente do IDF – Instituto Dr. Feitosa, foi o entrevistado do Oberekando. André Miguel Sidor Coraiola, além de advogado conceituado, também preside o Conselho Municipal de Saúde.

O bate-papo se iniciou o perguntando uma palavra que definisse o ano de 2023. A resposta fora “desafio”, e segundo ele, por “ser um ano fora do normal. Um ano de muita interrogação, de muita exclamação, de muita reticência e de muita filosofia. Um ano pós-pandêmico e que nós absorvemos, de forma retardada, os efeitos econômicos nocivos que vieram”, que mesmo iniciados em 2020, mas com a magnitude do impacto, sendo sentida em 2023. Para ele, “a questão psicológica deste atraso de dinâmica na saúde fez com que a saúde mental se tornasse hoje tão dinâmica, ou até mais dinâmica no que diz respeito à questão curativa destas pessoas, no que diz respeito a doenças clínicas”. No contraponto, disse também que foi um ano de grande reconhecimento, e este, pelo papel desempenhado: “Nossos parceiros são parceiros dentro de uma honestidade e de uma ética, e dentro das quatro linhas do contrato, se isso existe. Temos encorpado realmente atendimentos para complementarizar o custeio de assistência do IDF”.

 

EMENDAS

Neste momento, cita as diversas emendas parlamentares, no orçamento federal, na verdade “já solicitadas ano passado, mas que agora estão chegando, empenhadas já para pagamento. De 1 milhão de reais de emenda, dirigida pessoalmente pelo deputado Aliel Machado, e um montante significativo da ex-deputada federal, Aline Sleutjes e também do ex-deputado Aroldo Martins, e isso ai tudo, somado, deu R$ 1 milhão e 800 mil”, e que serão utilizados em mobiliário e equipamentos para assistência e saúde. Quanto ao deputado Beto Preto, foi endereçado um arco cirúrgico, agora, somando dois destes, de ótima tecnologia, e colocando o IDF como potência pelas conquistas recebidas.

 

ALIEL, DOUTOR HONORIS CAUSA

s

Dr. André prestigiou a solenidade, na UEPG, da sessão do título Honoris Causa ao deputado Aliel Machado, em Ponta Grossa: “O título concedido ao Aliel é a maior honraria possível dentro de uma universidade, que é o de Doutor Honoris Causa”, e que na história da instituição, somente duas pessoas até hoje receberam, informou Coraiola, que acrescentou ser um jovem promissor, especialmente quanto a carreira pela frente, caso deseje, “e vem fazendo um papel admirável”, e falou que não bastassem as emendas, esta não foi a primeira ao IDF... ele também encaminhou, à UEPG, uma emenda de 10 milhões, para os consultórios de Especialidades. Tanto Miguel Sanches, reitor da UEPG, quanto Aliel, que fora acadêmico da Instituição; tiveram origem bastante humildes, explicou: “Eles se reconhecem na própria origem, mas se reconhecem também, no próprio sucesso”. Fez, ele, elogios diretos ao deputado, de que seus olhos falam, assim como, de seu compromisso com a saúde, também, além da facilidade de acesso, e a assessoria, que são da política raiz, citando aqui de nossa região, Cenoura (  ), Eli Padilha e Marcos Melo. 

 

ROBERTO AMATUZZI

s

Amatuzzi Franco também foi comentado pelo presidente do IDF, quando no dia 11 de dezembro, fora outorgado o Título de Cidadão Honorário de Imbaú, ao diretor da 21ª Regional de Saúde de Telêmaco Borba, e lá estava André, nas dependências da Câmara, para lhe cumprimentar! “Estive lá. Várias pessoas estiveram presentes na cerimônia, várias autoridades aqui de Telêmaco estiveram presentes. O Roberto fez jus ao Título”, e Coraiola o disse que sabe da importância que este gera, pois seus pais, Miguel e Maria Coraiola, foram em Telêmaco, assim agraciados, “porque ser um cidadão honorário é não ter nascido naquela terra – e que você foi congratulado com este título – mas ter sido aceito pela sua honra, pela sua capacidade, pela importância e capacidade de inspiração que aquele homenageado teve em determinado lugar. E quando você detém um título de cidadão honorário, aquela sociedade, aquela comunidade, aquele povo daquele lugar está dizendo, ‘olha, você é bem-vindo, você é importante para nós... nós não abrimos mão mais de você, sob hipótese nenhuma, e continue fazendo porque você está fazendo bem feito”, e dentro desta lógica, disse ele, de seu ótimo relacionamento com Roberto, além do vasto conhecimento por ele tido, dentro da área a que se propôs e se devota, que é a saúde.

 

IDF E A EDUCAÇÃO, NRE E UNIFATEB

O IDF, como se sabe, é porta de entrada para inúmeros estágios, e dentro do que concerne à parceria com o Sus, ele vem como hospital-escola e na gama de cursos e áreas: “Temos agora como planejamento, servirmos de hospital-escola, para a UniFateb, a partir do momento em que seja autorizado o curso de Medicina, e creio que estamos em vias de acontecer. A UniFateb é uma das empresas mais importantes de Telêmaco, e o IDF é, da mesma forma. A UniFateb tem a maior responsabilidade social em Educação, na região inteira, e o IDF tem a maior responsabilidade em Saúde, do ponto de vista social, de toda a região, e nós resolvemos nos apoiar, em prol de um objetivo comum, que é retroalimentar o sistema de profissionais da saúde, não só em Medicina, nas outras carreiras da Saúde, para tornar a região mais rica neste aspecto de mão-de-obra, e principalmente, para que a gente atinja os próprios objetivos empresariais, que é de fazer as empresas crescerem, prosperar, gerarem empregos, e gerarem mão-de-obra”.

Enfatizou Dr. André, os tantos ganhos da cidade, seja em nível de cidades vizinhas, microrregião, estado e até Brasil, quando se conquistar o almejado curso, além de privilegiar, também, os estudantes e acadêmicos locais.

KLABIN: Outra parceira é a Klabin, e sua preponderância é exaltada pelo entrevistado. Dentre outras citações, disse: “Me recordo o tempo da pandemia, quando foi solicitada, foi pronta!”. Os contornos regionais hoje, são possíveis graças à Klabin, falou, pela relevante parceria que a Indústria tem com a população por ela abrangida. Neste sentindo, inclusive, falou de sua relação pessoal com a fábrica, bem como, de sua família, tendo sido Sr. Ricardo, seu pai, engenheiro da mesma! Isso, apenas como um dos exemplos.

 

ATENDIMENTO IDF

Um fato constatado, para se exemplificar o atendimento do IDF, o cardápio, no caso, a dieta comum a todos os pacientes, “eu parto do princípio que se não é uma comida boa para mim, em teoria, não é boa pra ninguém. A métrica do controle de qualidade do cardápio da dieta hospitalar sou eu quem faço, pois em última análise, porque almoço todos os dias aqui no hospital, e como, exatamente o que os pacientes comem”. Nos outros setores do hospital, também, o profissionalismo da equipe. O cuidado na recepção, com o controle de entradas e saídas, os acompanhantes, enfim, para que se tragam segurança e tranquilidade aos que estejam internados. A sincronia das supervisões, foi outro ponto citado! Hoje são 300 funcionários e mais 60 médicos que compõem o complexo hospitalar: “Essa é a nossa missão! Não só atender a todos, como manter a sobrevivência, a vida familiar e o decoro humano de 300 funcionários que nós temos, que devem trabalhar com toda a dignidade aqui dentro, e ter dignidade externa ao trabalho, em sua casa, em sua vida! Essa é a nossa missão!”.

Dr. André aproveitou o ensejo para desejar a todos, um Natal com muita paz, amor e alegrias e um grande 2024. E como já é chavão no mercham do Oberekando: “Queremos a sua saúde, mas se precisar, conte conosco!”.

--

LEIA TAMBÉM:

ALIEL MACHADO VISITA O IDF: Deputado conquistou verba de 1 milhão ao hospital e reuniu-se com Coraiola

--

CONFIRA NOSSAS ENTREVISTAS DO CADERNO ESPECIAL DE NATAL 2023

A HUMILDADE DO SEMPRE DR. GEREMIASEle foi delegado em duas oportunidades, em TB

BARBOSA DO SOM, MÚSICA E OS REBELDESEle trouxe mensagem de Natal e contou sua trajetória