ONLINE
14




Partilhe esta Página

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

S

D

S

D

S

s  

D

 

MDA

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

A


TB: D. Sérgio abre oficialmente o Alegra-te 2019

Antes da Missa, ele e padre Primo estiveram com Dr. Márcio na prefeitura

2019-03-01 às 11:18:40) Ontem, quinta-feira, antes da missa solene na Matriz Redentorista, que deu início a edição 12ª do Alegra-te de Telêmaco Borba, o bispo diocesano D. Sérgio Artur Braschi foi recebido pelo prefeito Márcio Artur de Matos, onde oficialmente abriu-se o Carnaval Cristão, com o tema “É preciso saber viver”, que terá entre os dias 02 e 05, shows e retiros, e cujas atividades estarão concentradas em dois locais: A quadra do Sesi e a Comunidade Nossa Senhora Aparecida, no Socomim. Vereadores também se fizeram presentes. Reginaldo Castro representou o deputado Evandro Araújo.

A cerimonialista Ketty Neves disse que, fundamentada na Lei 2164, de 12 de junho de 2017, o Alegra-te recebe um investimento próximo a 60 mil reais.

A vice-prefeita Rita Mara de Paula Araújo lembrou da primeira edição, feita ainda na concha acústica. Exaltou o mecanismo legal que faz com que a prefeitura seja partícipe desta festa de carnaval alegre e de evangelização. Ao agradecer a todas as comunidades que ajudarão no evento, padre Primo Aparecido Hipólito também o fez à prefeitura por este momento, por apoiar, especialmente financeiramente. Fez menção ao prefeito Eros, ali presente, que instituiu o Carnaval Cristão na cidade. “Serão quatro dias intensos de oração, seja pela música – o D. Sérgio sabe muito bem disso, porque também canta e já tem CD gravado. Vai ser como o Demerson Ribas (coordenador do evento) falou ... um momento de muita experiência do amor de Deus”.

Por sua vez, o prefeito Márcio, aos 73 anos, fez uma retrospectiva de sua vida na igreja, quando morava em Mineiros do Tiete, e a igreja acabava sendo até mesmo o ponto de encontro da pequena cidade. Recordou que foi coroinha e congregado mariano. Ao chegar aos 13 e 14 anos via-se o conflito dele com a mãe e tias, pois se afastava de todas as atividades da igreja em decorrência do carnaval. Sua analogia foi em que hoje é possível se entrar num outro patamar. As igrejas católicas e evangélicas vivem em paz e se viu que é possível fazer um carnaval bonito, alegre e vibrante. Parabenizou ao ex-prefeito Eros por ter dado início a esta atração.

O bispo rememorou que a Capital do Papel é a segunda mais importante cidade da Diocese, após a sede, Ponta Grossa. Disse da dignidade humana, e dos direitos humanos, da vida dos adolescentes e jovens que estão em perigo, devido a vários fatores da sociedade. Refletiu que uma época dessa do carnaval, “muitas vezes propicia o crescimento da violência contra a vida, do desrespeito, da falta de compreensão da dignidade do outro e da outra, sobretudo das mulheres, as vezes alvo de maus-tratos e desrespeito. A juventude, quanto às bebidas e as drogas, que as vezes chegam com mais força”, citando que nesses dias na América Latina e especialmente no Brasil, há uma certa mentalidade muito forte, crê, de se erguer todas as barreiras da ética e da moral. Fez ainda um paralelo ao desejo do papa Francisco, que no dia 13 de março completa seis anos de pontificado, do “estar próximo” da “cercania”, e da alegria. “Alegra-te Telêmaco Borba, alegra-te Campos Gerais e região abençoada, que vai festejar!”.

As paróquias Nossa Senhora de Fátima e São Pedro e São Paulo estão juntas neste evento.

 

LEIA TAMBÉM:

PADRE PRIMO DESTACA O ALEGRA-TECarnaval Cristão se dividirá entre o Sesi e a Comunidade NSra Aparecida no Socomim