ONLINE
9




Partilhe esta Página

C

DFF

d

ACITEL

s

sr

D

S

C

sd

S

S

AWEF

S 

D


Projeto + Capoeira dá partida, em TB

Além da anfitriã, mais cinco cidades presentes

2022-02-26 às 17:04:08) O projeto + Capoeira, que é de inclusão social, e desenvolvido em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Recreação (SMCER), e tem como idealizador e coordenador Di Molinha, teve sua estreia hoje, no hall de entrada da Casa da Cultura, e se estendeu à tarde, para o Rancho K&S, de propriedade do professor Klecius dos Santos Silva, conhecido na Capoeira como Sagui, que foi impulsionador desta arte em Telêmaco Borba, e coordena na cidade, o Capoeira Brasil, além, de ser vereador municipal.

XD

Prestigiaram o evento, as cidades de Cornélio Procópio, Campo Largo, Londrina, Maringá, Jaguariaíva. “Fiquei muito feliz com o resultado. Tenho que deixar já, os agradecimentos à gestão do prefeito, Dr. Márcio, a Secretaria de Esportes, que estão dando todo suporte a todos os esportes. Não só na Capoeira, mas vemos que todos os esportes estão tendo oportunidades iguais”. Ele comentou que hoje, a ênfase foi a família! Explicou que as aulas, gratuitas, aonde a ideia inicial era pra crianças e adolescentes, conta atualmente com alunos nas idades de 3, até 62 anos.

Conforme notícia do Site da Prefeitura Municipal, os interessados em participar do Projeto podem fazer a inscrição até o dia 18 de março, na Secretaria da Casa da Cultura das 8 às 11h30 e das 13 às 17h30. Mais informações (42) 98870-8261.

O intervalo para almoço, foi feito nas dependências do Salão Comunitário do bairro Socomim. O presidente da Associação, Marcos Paulo da Silva (Feijão), falou que é uma alegria receber os capoeiristas, e esta prática, que traz saúde ao corpo e à alma, e reúne a família, e amigos!

 

DI MOLINHA NA CAPOEIRA:

D 

José Wilson de Melo, pouca gente o conhece assim, porque já é muito estimado pela cidade, o instrutor de Capoeira, Di Molinha, nascido em 20 de junho de 1996. Iniciou com Sagui, nesta arte, quando tinha 11 anos de idade.

O pai, Di Mola, José de Melo Sobrinho, casado com Marilda Teixeira Pedroso, veio de Carnaíba, Pernambuco. Mudou-se para Curitiba, aonde fazia em praças, apresentações diversas, como com faca, fogo, saltos, e a namorada, hoje esposa, conhecera nesta época, na primeira metade dos anos 90. Ele veio para Telêmaco, aonde começou a dar aulas. Klécius, foi um dos seus alunos! O patriarca, voltou ao Nordeste!

 

LEIA TAMBÉM:

A CAPOEIRA NO CENTRO DA CONVERSA: Com Klécius, Mestres Paulinho Sabiá e Pequinês, o fino trato dessa arte