ONLINE
9




Partilhe esta Página

a

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

D

S

C

S

S

S  

D

 

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS


FAÇA O CONCURSO PARA BOMBEIRO MILITAR
FAÇA O CONCURSO PARA BOMBEIRO MILITAR

É de suma importância que Telêmaco tenha soldados da própria Capital do Papel. A mesma ocasião também é para novos soldados da Polícia Militar

 S

2020-08-20 às 17:44:17) Na tarde chuvosa de ontem, uma conversa com o comandante do 2º Sub-grupamento do 2º Grupamento de Bombeiros, localizado em Telêmaco Borba, o 2º tenente, Gilson José Diniz, juntamente com o soldado Thiago Alves do Cremo. A principal intenção deste bate-papo é estimular que mais telêmacoborbenses participem do concurso, e que com o tempo, possamos ter mais soldados bombeiros genuínos da Capital do Papel, na corporação. Hoje apenas um!

 

NECESSIDADE DE SOLDADOS LOCAIS E SUA IMPORTÂNCIA

“A gente tem observado essa falta de interesse do jovem de Telêmaco Borba, tanto para o Bombeiro, quanto à Polícia Militar. É a mesma prova, na verdade (No concurso). Então, dependendo do perfil, ele vai marcar o ‘x’, ou na Polícia Militar ou Bombeiros. Mas a gente tem observado, essa dificuldade. Por exemplo: Nós estamos aqui em 23 bombeiros. De Telêmaco Boba a gente tem somente um!”. Trata-se do sargento Marcos. Dois são de Tibagi, e um de Imbaú. Os demais, são de outras cidades. De Tibagi, são o cabo Márcio António e o sargento Soares. De Imbaú, o soldado Domingues, conforme o comandante.

Ele citou cidades mais ou menos com o porte de Telêmaco, como o caso de Castro, que tem muita gente natural de lá mesmo: “No começo não eram tantos, mas depois vai aumentando. Irati, quase todo mundo mora lá. Em Telêmaco Borba a gente não vê essa disponibilidade do jovem”.

Gilson pontuou a dificuldade de não ter pessoas da própria cidade, em caso de emergência maior, aonde um deslocamento demanda mais tempo, para que posicionar toda a equipe.

 

INSCRIÇÕES VÃO ATÉ O DIA 02 DE SETEMBRO

“O concurso ainda não tem a data definida, devido a pandemia. Não se tem a data da prova”, destacou Cremo.

As inscrições estão em curso, e vão até o dia 02 de setembro.

Aos homens e mulheres, estão aptos a se inscreverem aqueles que fizeram 31 anos, no máximo até o dia 04 de agosto, data em que se abriram as inscrições. Esta é a data limite! Já, da idade mínima, o aprovado deverá ter já completos seus dezoito anos, pelo menos na posse do concurso.

Uma grande facilidade aos interessados, é que a prova do concurso será feita também em Telêmaco Borba, sem a necessidade como no passado, de deslocamento a centros maiores.

O valor da inscrição, tendo o boleto que ser pago no máximo, um dia após o prazo máximo das inscrições, que é 02 de setembro, é de R$ 100,00 (Cem Reais).

“A nível Paraná, são 2 mil vagas para policial militar e 400 vagas para bombeiros”.

 

FASES DO CONCURSO

Este é dividido em duas fases, que são a objetiva, e com 60 questões e múltipla escolha e mais uma etapa discursiva, com uma redação discursiva argumentativa. Entre as áreas do conhecimento, também será cobrado o Estatuto da Criança e Adolescente (ECA), com quatro questões. A Discursiva vale 40 pontos e todas, incluindo as objetivas, totalizam 100 pontos. “Lembrando, que todo conteúdo programático das provas está no edital”, falou Cremo. A prova tem 5 horas de duração.

Aprovado nesta primeira fase do concurso, seguem-se as demais, como o exame de capacidade física, exame de sanidade física, que são os exames médicos. Outro momento, é a avaliação psicológica. Por último, a investigação social.

Depois disso, em sendo aprovado, o novo bombeiro passará pelo curso de formação, onde se é paga uma bolsa auxílio, e após, há a formatura como soldado, e ai, o salário do militar vai para R$ 4.263,00

 

ESCALA DE TRABALHO, E IMPORTÂNCIA DE CANDIDATOS DE TELÊMACO

X

A escala de trabalho é de 24 por 48, ou seja, se trabalham 24 horas corridas, e se folgam 48 horas, um dia todo trabalhado e dois de folga. Uma das facilidades também quando se tem soldado do próprio município, é na questão de mais rápida localização mental de onde fica localizada tal situação de emergência, por este já estar familiarizado com o local... com a cidade.

Cremo aproveitou e convidou aos que mostrarem interesse na profissão, e no caso, em prestar o concurso, que possam ir até o quartel, para conhecer as dependências do Corpo de Bombeiros de Telêmaco Borba, e um pouco do dia a dia destes guerreiros.

No final da íntegra em vídeo desta entrevista, o soldado bombeiro João Carlos, de Ponta Grossa, que trabalha em Telêmaco, durante uma demonstração com a viatura em curso, disse de sua história na corporação e da opção ao Corpo de Bombeiros, e também, conclamou aos telêmacoborbenses, rapazes e moças, a prestarem o concurso.

 

CLIQUE AQUI E LEIA O EDITAL COMPLETO, COM ATENÇÃO!

 

 

LEIA TAMBÉM:

ANDERSON LUIZ, BOMBEIRO, SARGENTO E PAI. Do Sub-grupamento de Telêmaco, contou sobre si, ao site

--

D