ONLINE
13




Partilhe esta Página

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

D

S

C

S

S

S  

D

 

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

s


COVID-19: ACITEL FORMA COMITÊ DE EMPRESÁRIOS

Medidas de prevenção e adequação a este momento, serão os focos

2020-04-27 às 20:50:45) No final da tarde desta segunda-feira diversos empresários que compõem a Associação Comercial e Empresarial de Telêmaco Borba participaram de uma reunião, onde fora instituído um comitê que tratará de medidas de combate ao Covid-19, e acima de tudo, acompanhamento e esclarecimento quanto ao respeito às normas estabelecidas por decreto municipal, que possibilitaram ao comércio reabrir.

Conduziu o encontro, onde estava a presidente, Sônia Maria Ribeiro, a vice-presidente do SCPC da Associação, Vanessa Gimonski.

d

Contando com quatro gerentes de instituições bancárias, do Sicred, Sicoob, Bradesco e Itaú, deles surgiu a preocupação quanto aos primeiros cinco dias úteis do mês, quando com o aumento de movimento, o controle seguro da fila, respeitando-se a não aglomeração. Neste interim, a Guarda Patrimonial ou Polícia Militar, segundo eles, caso disponíveis, seriam de suma importância apenas para disciplinar a questão de não aglomeração. Por parte de um deles, há a preocupação de como será com aqueles que na fila aguardam atendimento, num caso de chuva

Algumas lembranças foram feitas, como por exemplo, dosar a solução de hipoclorito na entrada dos estabelecimentos, adequadamente, para não se danificar o calçado de seus clientes.  Também daqueles, cujas filas sejam ao lado de fora da loja, e no caso da Horácio Klabin, que usem a avenida *a rua – que está fechada para veículos durante a semana, e auxilia neste sentido, possibilitando adequado distanciamento.

Questionamento foi feito, quanto chegada de operários à obra da Klabin no Puma 2, e informado que as empreiteiras farão com esses, a quarentena.

Vanessa disse que cuidados necessários como o uso de álcool em gel e máscaras, além de lavagem das mãos, são comuns em países europeus, por exemplo, e imagina que essas medidas serão colocadas na rotina de todos, mesmo após a pandemia. Ela também disse: “Nossos clientes continuam a ter as mesmas necessidades, e o que muda é a forma que você chega até eles”. Outro participante, preocupado com que todos obedeçam o estabelecido pela Epidemiologia Municipal, disse: “Não adianta eu dar um passo pra frente e cinco pra trás, por uma desobediência de algum comerciante”, e, que deve-se neste momento, se viver um dia de cada vez, devido a tantas incertezas. Essas generalizadas em todo o mundo, pelo corona.

Das dificuldades, um dos empresários lamentou que por um cliente, foi desacatado, porque este estava na rua, e sem máscara, queria adentrar seu estabelecimento. Isso ocorreu ao pedir que o mesmo colocasse máscara, pois além do próprio cliente, não poderia colocar em risco cerca de seus 25 colaboradores: “Você não manda na rua... ela é pública! ”, fora neste sentido o argumento.

Unânime foi de todos, o pedido que a Prefeitura possa decretar à população em geral, o uso de máscara. A presidente informou que um ofício neste sentido, fora enviado à Administração Municipal: “É importante as medidas serem respeitadas, porque serão essenciais à sobrevivência do comércio aberto! ”.

Da área contábil, e contador também da Acitel, Herder Alves Morais pontuou primordial às empresas, documentarem, sejam reuniões nos locais de trabalho quanto às medidas de prevenção e com a ciência e assinatura dos funcionários que participaram, bem como fotografias que possam evidenciar isso, caso o Ministério do Trabalho, exija futuramente.

A Acitel faz parte do Concovid-19, comitê municipal, que têm suas reuniões semanais. Deste, agora interno, hoje formado pela Associação, as reuniões serão de duas em duas semanas, nas segundas-feiras.

 

 

LEIA TAMBÉM:

CORONA: COLETIVA NA ACITEL COM SAÚDE E EMPRESÁRIOSÉ unânime pedido do uso de máscara. Casos comunitários exigem ainda mais a não aglomeração

--

D