ONLINE
10




Partilhe esta Página

d

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

D

S

C

S

S

S  

D

 

a

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

S


Vacinação terá plantão contra o sarampo
Vacinação terá plantão contra o sarampo

Nos últimos dias, neste sábado UBS´s atenderão

FONTE: PMTB

d

2020-03-04 às 07:42:50) A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) reforça o chamamento a população de Telêmaco Borba para adesão a vacinação contra o sarampo.

Pessoas de 5 a 59 anos devem levar seu cartão a unidade básica de saúde (UBS) mais próxima e avaliar seu esquema vacinal contra o sarampo.

As pessoas de 20 a 29 anos devem receber uma dose extra nesta campanha.

Segundo Katia Cristiane de Almeida Alves, coordenadora da Vigilância em Saúde, em Telêmaco Borba há cerca de 12 mil pessoas nesta faixa etária e apenas 999 pessoas foram vacinadas até o momento. “É preciso se conscientizar, porque o sarampo mata”.

Katia destaca que esta doença ficou sem casos e mortes por muitos anos, no entanto voltou a circular, contudo tem prevenção, a vacina.

“Se você está na faixa etária de vacinação ou conhece alguém desta faixa etária estimule a vacinação. A campanha encerra dia 13 de março. Não perca a oportunidade”, completou Alves.

Atendimento especial neste sábado

A Unidade Básica de Saúde do Centro ficará aberta no próximo sábado, dia 7 de março, das 8 às 17 horas para vacinação.

 

SOBRE A SARAMPO

O sarampo é uma doença infecciosa, transmitida por vírus e que pode ser contraída por pessoas de qualquer idade. As complicações decorrentes do sarampo são mais graves em crianças menores de cinco anos e podem causar meningite, encefalite, pneumonia, entre outras. O vírus é transmitido pela respiração, fala, tosse e espirro. As micropartículas virais ficam suspensas no ar, por isso o alto poder de contágio da doença.

Os sintomas mais comuns são febre alta, tosse, coriza, conjuntivite, exantema (manchas avermelhadas na pele que aparecem primeiro no rosto e atrás da orelha e depois se espalham pelo corpo), outros sintomas como cefaleia, indisposição e diarreia também podem ocorrer.

Como não existe tratamento específico para o sarampo, é importante ficar atento com o aparecimento dos sintomas. Os doentes ficam em isolamento domiciliar ou hospitalar por um período de sete dias a partir do aparecimento das manchas vermelhas no corpo.