ONLINE
17




Partilhe esta Página

s

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

S

D

C

S

s

 DRTE 

D

 MDA

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

S


TRÂNSITO: TBTran celebrou a Semana intensamente
TRÂNSITO: TBTran celebrou a Semana intensamente

O respeito e a educação foram focos da conscientização

 FONTE: PMTB

sd

2018-10-03 às 09:38:27) A TBTran – Divisão Municipal de Trânsito da Prefeitura de Telêmaco Borba em parceria com o Pelotão de Trânsito do 26º Batalhão da Polícia Militar e o apoio da 24ª Ciretran, realizou a Semana Nacional do Trânsito, comemorada de 18 a 25 de setembro.

A campanha teve como lema: “Nós somos o trânsito” e com ênfase “Pé na faixa e pé no freio”.

Durante a semana foram promovidas palestras para crianças, adolescentes e adultos, destaque para as atividades desenvolvidas na Guarda Mirim, Centro de Convivência da Juventude (CCJ) e com uma palestra para os colaboradores da Usina Hidrelétrica Governador Jayme Canet Júnior (Usina Hidrelétrica Mauá), que marcou o encerramento da semana.

Para o professor Evandro Venâncio da Silva, chefe da Seção de Estacionamento Regulamentado, o trabalho foi bastante produtivo no sentido educacional.

“Há muitas pessoas educadas que respeitam as regras de trânsito, porém, existe também muita gente que insiste em agir de forma imprudente. Basta observarmos nas ruas a quantidade de condutores, tanto de carros quanto de motos, que falam ao celular enquanto dirigem, não param em faixas de pedestres, ultrapassam os limites de velocidade nas vias públicas, sem se importar com sua segurança e a do próximo. O próprio pedestre é, muitas vezes, imprudente, não atravessando as ruas sobre as faixas que lhe são destinadas, ou transitando pela rua, não aguardando a abertura do semáforo para ele”, ressalta Evandro.

Estas imprudências podem ser evitadas, explica Evandro, e as orientações feitas nas palestras são justamente para orientar as crianças, aos jovens e adultos para não as cometer.

O veículo na mão de um irresponsável se torna uma arma podendo causar sérios danos, sequelas provocadas por um acidente ou até mesmo a morte.

Tornar o trânsito melhor pode se resumir em duas palavras: Respeito e Educação.

“Vivemos num mundo onde a individualidade sempre está acima da coletividade. Não adianta reclamarmos “dos outros” se nós mesmos não conseguimos respeitar uma simples faixa de pedestre. A esperança é de que no futuro, nossas crianças e jovens tenham mais discernimento e reponsabilidade”, conclui Evandro.