ONLINE
8




Partilhe esta PŠgina

a

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

D

S

C

S

S

S  

D

 

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS


TB lamenta a morte de Dr. Artemio Prando
TB lamenta a morte de Dr. Artemio Prando

Querido pediatra faleceu dia 08

FONTE: PMTB

2020-08-11 às 07:54:33) O médico Dr. Artemio Prando faleceu no último sábado (8), aos 73 anos, em Curitiba. Pediatra conceituado, atuou por muitos anos em Telêmaco Borba, sendo um dos pioneiros em sua especialidade com serviços prestados no Hospital Dr. Feitosa (atual IDF) e na Policlínica, a qual fundou em parceria com o médico Dr. Benedito da Silva Reis.

Em Telêmaco, diversas manifestações de apreço e carinho foram publicas nas redes sociais ao médico que atuou por quase 50 anos para o bem-estar da saúde da população.

“Sempre muito atencioso com as crianças, transmitindo confiança a nós pais, somos eternamente gratos a ele”, afirma uma das postagens.

Em outra, “cuidou de minha filha até na fase adulta, com o mesmo tratamento e atenção. Lamento a perda deste grande médico”.

Outra declaração de agradecimento trazia a seguinte afirmação: “não era simplesmente um médico, mas um anjo que cuidou tanto das crianças, Deus o tenha”.

Artemio deixa a esposa, Iolanda Cardoso de Mello Prando, e uma filha, Camila Prando, que assim como ele também é pediatra.

 

O CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO PARANÁ EMITIU UMA NOTA DE PESAR PELO FALECIMENTO DO MÉDICO.

Nota de pesar: Dr. Artemio Prando, um dos pediatras pioneiros de Telêmaco Borba

Formado há 48 anos, o médico estava afastado da profissão; sepultamento ocorreu em Curitiba. Cidade dos Campos Gerais tinha perdido outro de seus ilustres profissionais na semana.

O Conselho Regional de Medicina do Paraná registra com pesar o falecimento do médico Dr. Artemio Prando (CRM-PR 3.279), um dos pediatras pioneiros de Telêmaco Borba, na região dos Campos Gerais. Ele tinha 73 anos e faleceu na madrugada de sábado (8) em Curitiba, onde estava residindo. O sepultamento ocorreu às 15h na Comunidade Evangélica Luterana, na Capital. As condolências da classe médica aos familiares e amigos.

Formado em 1972, o Dr. Artemio atuou por muitos anos no Hospital Dr. Feitosa, em Telêmaco Borba, ao lado dos colegas Aulino e Arnaldo Feitoza Alves, este falecido no último dia 5. Ultimamente tinha deixado a profissão médica e cancelado o seu registro no CRM-PR, onde havia se inscrito em 17 de janeiro de 1973.

Sã dois profissionais, em datas tão próximas, que perde a cidade. CLIQUE AQUI e leia matéria sobre a morte do Dr. Arnaldo, veiculada neste Site.

--

D