ONLINE
7




Partilhe esta Página

D

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

S

D

S

C

D

S

s  

D

 

MDA

A

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS


TB ALERTA QUANTO À FEBRE AMARELA
TB ALERTA QUANTO À FEBRE AMARELA

Vacina é fundamental para evitar a doença

Fonte: PMTB

s

2019-02-05 às 08:09:16) Manter o esquema vacinal em dia é fundamental para evitar doenças. A confirmação de circulação do vírus da Febre Amarela em macacos (epizootia) no dia 25 de janeiro de 2019, no município de Antonina, está fazendo com que os municípios elaborem estratégia de intensificação da vacina.

Em Telêmaco Borba, as 16 Unidades Básicas de Saúde (UBS), estão oferecendo a vacina das 8 às 17 horas.

Todas as pessoas de 9 meses a 59 anos de idade devem ter uma dose de vacina contra a febre amarela. Desta forma, a população nessa faixa etária que nunca foi vacinada deve procurar a Unidade de Saúde mais próxima para ser imunizada.

A prevenção é ação mais eficiente contra a doença.

 

PERGUNTAS E RESPOSTA PARA VOCÊ SABER MAIS SOBRE A FEBRE AMARELA

O QUE É A FEBRE AMARELA?

É uma doença infecciosa causada por vírus, que se manifesta por febre, dor no corpo, amarelão, fraqueza e com alto risco de morte em suas formas graves.

QUAIS AS ÁREAS DE RISCO PARA A TRANSMISSÃO?

Áreas onde já há casos confirmados da doença, mortes de macacos por febre amarela e detecção do vetor (mosquito). Ainda assim, as áreas consideradas de maior risco são os locais de matas, florestas, rios, cachoeiras, parques e o meio rural.

QUAL É O TRANSMISSOR (VETOR) DA FEBRE AMARELA?

Na forma silvestre, o vetor (mosquito) é o Haemagogus e o Sabethes. Eles são encontrados em áreas silvestres e de mata. Já na febre amarela urbana (último registro em 1942), a doença é transmitida pelo Aedes aegypti e Albopictus. Daí a grande importância de controle desse vetor, pois além da dengue, zika e chikungunya, também pode transmitir a febre amarela.

COMO OCORRE A TRANSMISSÃO DA DOENÇA AO HOMEM?

Ao picar um macaco ou uma pessoa doente por febre amarela o mosquito adquire o vírus e depois de alguns dias, quando picar outros macacos ou humanos, transmitirá a doença.

QUAL O PAPEL DOS MACACOS NA TRANSMISSÃO DA FEBRE AMARELA?

Os macacos não transmitem a febre amarela. Adoecem e morrem da mesma forma que os humanos. Por isso, a morte de macacos é um sinalizador da presença do vírus na região.

QUANTO TEMPO LEVA DA PICADA ATÉ O INÍCIO DOS SINTOMAS?

Geralmente de 3 a 6 dias após a picada, podendo levar até 15 dias.

QUAIS OS SINTOMAS DA FEBRE AMARELA?

Os sintomas iniciais incluem febre súbita, calafrios, dor de cabeça, dor nas costas, dor no corpo, náuseas, vômitos e fraqueza. A maioria das pessoas melhora após os sintomas iniciais. No entanto, cerca de 15% dos casos apresenta um breve período de melhora e, então, desenvolvem uma nova fase mais grave da doença. Nesses casos, a pessoa pode desenvolver febre alta, icterícia (coloração amarelada da pele e do branco dos olhos), hemorragia (especialmente a partir do trato gastrointestinal) e, eventualmente, choque e insuficiência de múltiplos órgãos. De 20 a 50% das pessoas que desenvolvem a forma grave da doença morrem.

COMO É FEITO O DIAGNÓSTICO DA FEBRE AMARELA?

Confirmação laboratorial dos casos suspeitos.

O QUE VOCÊ DEVE FAZER SE APRESENTAR OS SINTOMAS?

Ao identificar sintomas de febre amarela deve-se procurar um médico na unidade de saúde mais próxima e informar sobre qualquer viagem ou atividade em área de risco em até 15 dias antes do início dos sintomas. A observação da morte de macacos assim como picadas de mosquitos em áreas de risco deve ser informada ao médico e enfermeiros assim como o histórico de vacinação contra a febre amarela ou dengue.

QUAL É O TRATAMENTO DA FEBRE AMARELA?

Não há tratamento específico para a doença. O médico deve tratar os sintomas, como febre, dores no corpo e cabeça, com analgésicos e antitérmicos, e oferecer suporte. Assim como na dengue, antiinflamatórios e salicilatos (AAS) devem ser evitados, pois o uso pode favorecer sangramentos. O paciente deve ser acompanhado de perto e o médico deve estar alerta para qualquer sinal de piora do quadro clínico.

A FEBRE AMARELA É CONTAGIOSA?

A doença não é contagiosa, ou seja, não há transmissão de pessoa a pessoa ou de animais (macacos) às pessoas. É transmitida somente pela picada de mosquitos infectados com o vírus da febre amarela.

COMO A DOENÇA PODE SER EVITADA?

A melhor forma de evitar é por meio da vacinação, que está disponível nas unidades de saúde. Também se recomenda proteção individual com o uso de roupas de mangas compridas, repelentes e mosqueteiros.

QUEM TEM INDICAÇÃO DE TOMAR A VACINA CONTRA A FEBRE AMARELA?

Todos os indivíduos de 9 meses a 59 anos de idade que nunca foram vacinados devem buscar uma unidade de saúde.

O alerta se estende a quem mora em áreas rurais ou de matas e rios, ou que realizam atividades de trabalho ou lazer como pesca, agricultura, extrativismo de madeira e também os que planejam deslocamentos para áreas com casos confirmados da doença. Nesse caso, a vacina deve ser tomada pelo menos 10 dias antes do deslocamento para o local de risco.

JÁ TOMEI UMA DOSE DA VACINA CONTRA FEBRE AMARELA, DEVO TOMAR REFORÇO?

Conforme recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) apenas uma dose da vacina é indicada para a prevenção, mesmo que já tenha passado 10 anos da aplicação da mesma.

QUEM NECESSITA DE PRESCRIÇÃO MÉDICA PARA TOMAR A VACINA?

Gestantes, mulheres que amamentam crianças menores de seis meses de idade, alérgicos a ovo, pessoas com o sistema imunológico debilitado em razão de doença ou tratamento e pessoas a partir de 60 anos de idade.

Gestantes, mulheres que amamentam e idosos deverão discutir risco-benefício da vacinação com seus médicos.

SE A PESSOA PERDEU O CARTÃO DE VACINAÇÃO, ELA PODE IR AO POSTO SE VACINAR?

Sim, mas se a unidade de saúde tiver o registro que a pessoa já tomou a vacina, não será preciso revacinar. Atualmente a Organização Mundial da Saúde (OMS) indica dose única.

ONDE POSSO OBTER MAIS INFORMAÇÕES SOBRE A FEBRE AMARELA?

Informações podem ser obtidas através da unidade de saúde mais próxima de sua residência, site da Saúde do Viajante da Secretaria de Estado da Saúde do Paraná e o site do Ministério da Saúde.

O vetor que transmite a doença na área silvestre é o Haemagogus. Especialistas estão preocupados com o avanço da doença e com a possibilidade da expansão dela para a área urbana, onde seria transmitida pelo Aedes aegypti. Que impacto sanitário a entrada da febre amarela na área urbana causaria? A população está correndo esse risco?

A febre amarela urbana foi erradicada no Brasil na década de 40. Embora exista o risco de reurbanização da doença, até o momento, nenhum caso urbano, de transmissão pelo Aedes aegypti foi identificado.