ONLINE
7




Partilhe esta Página

DFF

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

D

S

C

S

S

D

S

s  

D

 

MDA

A

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS


SMS quer cadastros atualizados nas UBSs
SMS quer cadastros atualizados nas UBSs

Solicitação aos usuários do SUS possibilita comunicação

FONTE: PMTB

d

2019-09-13 às 07:54:38) A Secretaria Municipal de Saúde de Telêmaco Borba (SMS) está com uma campanha para atualização do cadastro do Sistema Único de Saúde (SUS) nas Unidades Básicas de Saúde (UBS).

O alerta é necessário, pois muitos usuários deixam de comparecer a consultas e exames especializados marcados. E o motivo é a desatualização do cadastro.

A chefe da Divisão de Saúde Pública, Marlise Marcondes, relatou que muitos pacientes perdem a consulta ou a vaga para um exame, porque não está com o telefone atualizado. “É feito uma ligação, mas muitas vezes o paciente trocou o número do telefone e fica difícil da nossa equipe localizar”, explicou.

Marlise disse que isso causa prejuízos, tanto para o paciente, quanto para a Secretaria de Saúde. “Algumas consultas e exames são feitos fora do município e, se não tivermos o contato perdemos o serviço”, ressaltou.

A SMS e as UBSs utilizam mensagens de texto e ligações para avisar os pacientes de consultas e exames agendados, por isso os telefones devem ser atualizados.

Os usuários do Sistema Único devem manter os cadastros atualizados e em caso de desistência da consulta/exame devem avisar a Unidade para que outro paciente possa ser agendado. No município, calcula-se que aproximadamente 20% das consultas e exames são perdidos por dificuldade de contato.

Segundo a assistente social da SMS, Bibiana Copetti, o paciente pode deixar mais dois números no cadastro da UBS. “Isso facilita, pois com mais opções de contato a chance de encontrá-lo é maior”, relatou.

Ela lembra que é importante que o cadastro de todos da casa sejam atualizados. “Não adianta o paciente atualizar o seu cadastro e o do meu marido e o da filha estar desatualizado, pois o cadastro é individual e a consulta sai em nome do paciente, sem vinculação aos demais membros da família”, explicou.