ONLINE
15




Partilhe esta Página

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

S

D

C

S

s

 DRTE 

D

 MDA

S

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

S


Saúde bucal foi tema no CCA
Saúde bucal foi tema no CCA

Adolescentes tiveram orientações sobre os cuidados

FONTE: PMTB

d

2018-10-31 às 07:00:42) O Dia Nacional da Saúde Bucal, celebrado em todo o país no dia 25 de outubro, mereceu uma semana inteira, de 22 a 29 de outubro, de atividades educativas trabalhadas com os adolescentes do CCA (Centro de Convivência do Adolescente) de Telêmaco Borba.

As atividades, explica a coordenadora, pedagoga Luciandréa Camargo, tiveram por objetivo despertar nos adolescentes a importância da saúde bucal, criar hábitos que favoreçam a manutenção da saúde bucal e que possam introduzir hábitos saudáveis ao seu dia a dia.

Para alcançar tais objetivos foram desenvolvidas diversas ações como slides, vídeos, atividades impressas, bingo, dinâmica, confecção de um porta escova de dente utilizando de EVA, cola e garrafa pet.

Em paralelo aconteceram Clube da Luluzinha com Tia Bia e a voluntária Késia  Lima que falaram sobre sexualidade, Projeto Religiosidade, Projeto Voluntário animal, Projeto Inclusão Digital e participação dos adolescentes do Sub 15 na Copa Cidade. Também o novo Projeto Futsal feminino em parceria com CCJ.

No encerramento da semana ocorreu um bate papo com a odontóloga Dra. Isabel Beninca que falou aos adolescentes sobre cuidados com os dentes, técnica de escovação, e a entrega de Kits de higiene contendo fio, escova e creme dental.

 

INFORMAÇÕES SOBRE O DIA NACIONAL DA SAÚDE BUCAL  - 25/10

Instituída pela Lei nº 10.465/2.002, esta data comemorativa tem o objetivo de chamar a atenção para a importância da saúde bucal.

A boca desempenha importantes funções que repercutem na saúde do organismo como um todo. Além de exercer papel fundamental na fala, na mastigação e na respiração, a boca é a maior cavidade do corpo a ter contato direto com o meio ambiente, sendo a porta de entrada para bactérias e outros microrganismos prejudiciais à saúde.

Uma boa higiene bucal diminui o risco de desenvolvimento de problemas bucais e dentários. É importante ressaltar que doenças da boca têm relação direta com o fumo, o consumo de álcool e a má alimentação.

 

PROBLEMAS MAIS COMUNS:

- CÁRIE: desintegração do dente provocada pela higiene inadequada, ingestão de doces e carboidratos ou, ainda, por complicações de outras doenças que diminuem a quantidade de saliva na boca. (Ex.: pessoas em tratamento quimioterápico ou radioterápico para o câncer).

- LESÕES BUCAIS E AFTAS: inchaços, manchas ou feridas na boca, língua ou lábios; podem ser provocadas por herpes labial, candidíase (sapinho) e próteses (dentaduras) mal ajustadas.

- MAU HÁLITO: tem várias causas, dentre elas: higiene bucal inadequada (falta de escovação adequada e falta do uso do fio dental); gengivite; ingestão de certos alimentos como, alho ou cebola; tabaco e produtos alcoólicos; boca seca (causada por certos medicamentos, por distúrbios e por menor produção de saliva durante o sono); doenças sistêmicas como câncer, diabetes, problemas com o fígado e rins. A língua possui diversas papilas gustativas entre as quais se formam criptas, ou seja, saquinhos que retêm resíduos de alimentos, células descamadas que começam a fermentar, formando uma placa bacteriana esbranquiçada que aparece no fundo da língua, em direção à ponta, a chamada saburra lingual; essa é, sem dúvida, a principal causa do mau hálito.

- GENGIVITE: inflamação da gengiva provocada pela placa bacteriana.

- PLACA BACTERIANA: é o conjunto de bactérias que coloniza a cavidade bucal. A placa bacteriana fixa-se principalmente nas regiões de difícil limpeza, como a região entre a gengiva e os dentes ou a superfície dos dentes de trás, provocando cáries e formação de tártaro.

- TÁRTARO: é o endurecimento da placa bacteriana na superfície dos dentes.

 

PREVENÇÃO DE PROBLEMAS BUCAIS:

- eliminação da placa bacteriana por meio de escovação adequada e do uso do fio dental;

- limpeza da língua, utilizando um raspador, a fim de retirar a saburra lingual;

- uso racional do açúcar evitando o consumo excessivo de doces;

- utilização adequada do flúor, com cremes dentais fluorados;

- evitar o uso de próteses mal ajustadas;

- evitar o fumo e o consumo de bebidas alcoólicas;

- ir ao dentista regularmente.

Se você tem mais de 40 anos de idade, é ou foi consumidor frequente de tabaco e bebidas alcoólicas, e encontrar alguma lesão procure um profissional de saúde para fazer um exame preventivo para o câncer de boca. O exame é visual, rápido e indolor. Quando o câncer é diagnosticado logo que surge, ele pode ser curado com mais facilidade.