ONLINE
15




Partilhe esta Página

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

D

S

C

S

S

S  

D

 

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

s


Reta final da Implantação do CIS
Reta final da Implantação do CIS

Local, no Socomim, tem investidos cerca de R$ 2 milhões

FONTE: PMTB

2020-06-30 às 08:10:33) O Centro Integrado de Segurança (CIS) está ganhando os últimos retoques para começar a operar. O local que está recebendo investimentos de cerca de R$ 2 milhões, e fica na Avenida Marechal Floriano Peixoto, 511, no Socomim, e terá ferramentas importantes para auxiliar as polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros e Guarda Patrimonial. 

O local já funciona como sede da Guarda Patrimonial e receberá a central de videomonitoramento. “O local receberá equipamentos tecnológicos que irão potencializar as câmeras instaladas pela Guarda Patrimonial e tratar com mais efetividade as câmeras instaladas para fins de segurança pública”, explicou o servidor da Prefeitura e analista de sistemas, Leandro Ramires.

Leandro também explicou que está sendo instalada uma muralha virtual que visa registrar veículos que entram e saem do município com o intuito de praticar crimes. “É importante frisar que as câmeras que estão fazendo o registro não são radares, não visam multar o cidadão”, ressaltou, acrescentando que: “os locais onde estão sendo instaladas as câmeras são acessos ao nosso município e que não é comum desenvolver uma alta velocidade nesses locais”.

O servidor informou que no alto da torre de TV, a aproximadamente 50 metros, foram instaladas duas câmeras de alta resolução, que pode monitorar vários pontos do município. “As câmeras poderão detectar incêndio, enchentes, fluxo do trânsito, acidentes entre outras informações importantes com mais velocidade”, informou, acrescentando que essas informações auxiliarão em muito as forças de segurança do município.

Leandro explicou que os guardas patrimoniais também receberão treinamentos para o melhor uso do moderno sistema de monitoramento. “Eles aprenderão a colher os dados dos programas da forma mais eficiente possível, dando assim a resposta que população espera”, comentou.

Em conversa com a chefia da Polícia Civil foi definido que no local será feito o “Espaço Família” que servirá para atendimento de casos de violência infantil e contra a mulher, oferecendo um ambiente mais favorável para o atendimento dessas vítimas. “Será disponibilizado um local para escuta qualificada, onde mulheres e crianças serão ouvidas de forma mais humana, evitando possível contato com o agressor”, contou o secretário geral de Gabinete, Nando Matos.

O local servirá também para que a Polícia Militar acompanhe o videomonitoramento se adiantando a possíveis crimes e reprimindo com agilidade, caso aconteça.

 

CIDADE VIGIADA

s

O CIS abrange a terceira e quarta etapa do Programa Cidade Vigiada, que visa através de cinco frentes de ações melhorar a segurança dos espaços públicos e consequentemente da cidade através de monitoramento, inteligência e ostensividade.

Na primeira foram investidos R$ 560 mil em 700 câmeras que abrangem 70 pontos da cidade divididos em locais de acesso restrito, como escolas, CMEIs, seções, UBS, entre outros, e também de acesso público, como praças, logradouros.

O segundo passo foi a instalação da Guarda Patrimonial, que é um novo modelo de vigilância, diferente do atual, onde o vigilante atua de forma estática e isolada no ambiente de trabalho. “A Guarda Patrimonial é um modelo dinâmico que potencializa a vigilância com presença ostensiva e com foco na prevenção de delitos”, explicou Nando Matos.

A terceira etapa consiste na aquisição de softwares inteligentes que auxiliarão o sistema de videomonitoramento, antecipando e também identificando possíveis situações de conflito ou criminalidade. Esse sistema será utilizado pela Guarda Patrimonial e também pela Polícia Militar, Polícia Civil e TBTran, num modelo de “Muralha Virtual” que trabalha na prevenção e também oferece informações para a investigação de crimes. Serão programas de alta tecnologia que permitem reconhecer modelos e placas de veículos, facilitando o trabalho das instituições de segurança.

O penúltimo passo é a criação do Centro Integrado de Segurança, onde fica a central de videomonitoramento e a sede da Guarda Patrimonial. O Centro funcionará onde estava instalada a Concessionária Ford Fancar. A intenção é que o local integre serviços da Guarda Patrimonial, Polícia Militar, Polícia Civil, TBTran, Defesa Civil e futura Guarda Municipal.

A última etapa é a instalação de Bases de Apoio à Segurança em oito pontos que abrangerão diversas áreas da cidade. “Essa etapa nos dará a oportunidade de termos postos avançados que cobrirão praticamente toda a cidade. Também dará agilidade para atendimento de ocorrências”, explicou Nando Matos.

Ao todo serão investidos cerca de R$ 3 milhões, sendo que R$ 300 mil serão oriundos de recursos da Secretaria de Educação, R$400 mil do orçamento da Secretaria de Administração e R$ 2,3 milhões serão da Caixa Econômica Federal, através do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa).

O prefeito, Dr. Márcio Matos, se mostrou empolgado com o “Cidade Vigiada”, que segundo ele deve inibir a criminalidade. “É um programa complexo e inovador, que nos demandou muito estudo. Investiremos substancialmente em inteligência e tecnologia para que possamos, antes de tudo, inibir a criminalidade e criar um ambiente mais seguro para nossa população. Atuaremos auxiliando na prevenção e dando condições para que a Policia Civil e Polícia Militar atuem na repressão, elucidação de crimes e outros serviços que cabem somente a estas corporações”, finalizou.

d 

--

D