ONLINE
8




Partilhe esta Página

C

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

D

S

C

S

S

S  

D

 

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

A


PUKANSKI E A QUEDA DOS NÚMEROS DO COVID
PUKANSKI E A QUEDA DOS NÚMEROS DO COVID

Dr. Ede ressaltou esforço dos profissionais da linha de frente e pediu que não haja descuido às regras sanitárias

z

2020-09-29 às 13:50:15) O secretário municipal de Saúde de Telêmaco Borba, Dr. Edemilson Siqueira Pukanski, teve um bate papo com o Oberekando na manhã desta terça-feira, e na pauta, a queda local dos números de Covid, mas a atenção redobrada, para que todo o esforço, tanto dos profissionais da Saúde, como da própria população, não se perca, em caso de descuido com as regras básicas, e que garantem esse freio da transmissão do vírus.

“Estamos tendo uma diminuição importante dos casos. Neste mês de setembro houve uma diminuição bem acentuada, mas o importante é que nós não podemos relaxar”, analisando ele, que ainda o patamar está elevado. Avaliou nesses seis meses, que acaba sendo desgastante para as pessoas, que já estão no seu limite, “mas é importante que a gente continue a ter esses cuidados que são, o uso da máscara corretamente, evitar dentro do possível a aglomeração, lavar as mãos sempre e quando não tiver disponível água, usar álcool em gel” que são essenciais, de acordo com Ede, até que se tenha uma vacina.

Ao dar os pêsames aos familiares que tiveram casos de falecimentos, e lamentar estes ocorridos, insistiu que esta baixa atual nos positivados, não dá o direito, ao relaxamento.

 

ENTREGA DOS PROFISSIONAIS, AO VOCACIONADO DA SAÚDE

D

Pedido a ele uma definição de tanta dedicação dos profissionais envolvidos na linha de frente, e de cada setor empenhado no combate ao vírus, disse que especialmente no começo, viu-se o medo, por ser algo novo e a forma com que se apresentou: “A nossa equipe foi rápida, e com esse amor que você está falando, de servir, de atender ao próximo, vinda do trabalhador da área de Saúde, que encara o atuar, o procedimento, como uma missão! Claro que nós temos que ver o lado econômico e que todos têm que ter o seu sustento, mas além disso, é o vocacionado. Mas graças a Deus, nós temos aqui na Secretaria Municipal de Saúde, essa equipe que tem esse amor para o próximo, e procura fazer o seu serviço pensando e, acolhendo para que o paciente se recupere! E nesse momento de pandemia, foi graças a esse entendimento e essa missão, que nós conseguimos! ”.

Ele agradeceu a cada profissional da Saúde! Também, a união de todos os setores da sociedade comum organizada.

 

AUDIÊNCIA PÚBLICA

O secretário, a pedido do Site, comentou também a respeito da Audiência Pública da Saúde, que se dará hoje, às 19 horas, no Auditório Iolanda Dalécio – Secretaria Municipal de Educação, situado na Alameda Washington Luís, nº. 50 – Centro, e que exporá os números e ações referentes ao 1º Quadrimestre de 2020, da Saúde, em Telêmaco.

Esta ação está em conformidade com o que rege a Lei, como prestação de contas à população.

De forma online, e presencialmente, com o número mínimo de pessoas, respeitando os cuidados com a pandemia, será possível acompanhar o trabalho, pelo canal do Youtube, CLICANDO AQUI!

A Secretaria Municipal de Saúde reforça o protocolo de distanciamento, uso de máscara facial, higienização das mãos com álcool em gel e evitar aglomeração.

 

NÃO VAMOS NOS DESCUIDAR COM AS MEDIDAS EPIDEMIOLÓGICAS

Ao deixar a mensagem à população, lembrou novamente que se evite aglomeração, e especialmente, reuniões sociais e quando de encontros familiares, ainda se deve ter cautela, porque a incidência de transmissão de pessoas mais jovens – adolescentes e jovens, para os idosos de dentro da família, pode ser eminente.

Pukanski exemplificou os cuidados especiais, nesse atual momento como sendo da travessia de uma ponte: “Está faltando um pouquinho para ser concluída, e não podemos perder esse esforço, todo esse sacrifício que nós fazemos, e se Deus quiser, daqui alguns dias, nós teremos uma vacina segura e eficaz, e poderemos já, estar retomando e retornando às nossas atividades, dentro de uma normalidade maior”.