ONLINE
8




Partilhe esta Página

sr

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

S

D

S

D

S

s  

D

 

MDA

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS


Prefeitura inicia o programa “Cidade Vigiada”
Prefeitura inicia o programa “Cidade Vigiada”

700 câmeras abrangerão 70 pontos da cidade

FONTE: PMTB

 d 

2019-03-28 às 07:10:16) Uma reunião na quarta-feira (27) marcou o início efetivo dos trabalhos do programa voltado à segurança pública denominado “Cidade Vigiada” que visa através de cinco frentes de ações melhorar a segurança dos espaços públicos e consequentemente da cidade através de monitoramento, inteligência e ostensividade.

A primeira etapa inicia nessa semana com a infraestrutura. Serão investidos R$ 560 mil em 700 câmeras que abrangerão 70 pontos da cidade divididos em locais de acesso restrito, como escolas, CMEIs, seções, UBS, entre outros, e também de acesso público, como praças, logradouros.

A primeira medida será a instalação de 400 câmeras, divididas entre 40 unidades escolares na cidade. A primeira unidade a receber as câmeras será a Escola Municipal Paulo Freire, no Jardim Progresso (Área 06). As câmeras devem estar todas instaladas até meados do próximo semestre.

 

GUARDA PATRIMONIAL

d

O segundo passo é a instalação da Guarda Patrimonial, que é um novo modelo de vigilância, diferente do atual, onde o vigilante atua de forma estática e isolada no ambiente de trabalho. “A Guarda Patrimonial é um modelo dinâmico que potencializa a vigilância com presença ostensiva e com foco na prevenção de delitos”, explicou o secretário geral de Gabinete, Nando Matos.

Dela farão parte 34 funcionários, sendo que um coordenador, quatro serão responsáveis pelas instalações e manutenções dos equipamentos do sistema de videomonitoramento, oito atuarão na central acompanhando as imagens e observando o ambiente urbano, e finalmente, 21 estarão na ronda motorizada realizando patrulhamento preventivo e ostensivo. “A Guarda Patrimonial atuará para inibir o delito. Ela atua na vigilância de bens, serviços e equipamentos públicos”, alegou.

Os vigilantes que comporão a Guarda Patrimonial já receberão avaliação psicológica, treinamento de primeiros socorros, defesa pessoal, entre outros cursos essenciais para o bom desenvolvimento das suas atividades.

Sobre a ronda motorizada, quem esteve na Expo Telêmaco 2019, notou que haviam três veículos já plotados com o símbolo da Guarda Patrimonial expostos para o público. Em breve chegarão mais dois carros e cinco motocicletas para completar a frota. 

 

TECNOLOGIA INTELIGENTE

A terceira etapa consistirá na aquisição de softwares inteligentes que auxiliarão o sistema de videomonitoramento, antecipando e também identificando possíveis situações de conflito ou criminalidade.

Esse sistema poderá ser utilizado pela Guarda Patrimonial e também pela Polícia Militar, Polícia Civil e TBTran, num modelo de “Muralha Virtual” que trabalha na prevenção e também oferece informações para a investigação de crimes. Serão programas de alta tecnologia que permitem reconhecer modelos e placas de veículos, facilitando o trabalho das instituições de segurança.

 

CENTRO INTEGRADO

O penúltimo passo é a criação do Centro Integrado de Segurança, onde ficará a central de videomonitoramento e a sede da Guarda Patrimonial. O Centro funcionará onde estava instalada a Concessionária Ford Fancar. A intenção é que o local integre serviços da Guarda Patrimonial, Polícia Militar, Polícia Civil e TBTran.

Em conversa com a chefia da Polícia Civil foi definido que no local será feito o “Espaço Família” que servirá para atendimento de casos de violência infantil e contra a mulher, oferecendo um ambiente mais favorável para o atendimento dessas vítimas. “Será disponibilizado um local para escuta qualificada, onde mulheres e crianças serão ouvidas de forma mais humana, evitando possível contato com o agressor”, contou o secretário.

O local servirá também para que a Polícia Militar acompanhe o videomonitoramento se adiantando a possíveis crimes e reprimindo com agilidade, caso aconteça. Já o TBTran poderá monitorar o andamento do trânsito na cidade.

 

BASES DE APOIO

s

A última etapa é a instalação de Bases de Apoio à Segurança em oito pontos que abrangerão diversas áreas da cidade. “Essa etapa nos dará a oportunidade de termos postos avançados que cobrirão praticamente toda a cidade. Também dará agilidade para atendimento de ocorrências”, explicou Nando Matos.

Todas a etapas deverão estar funcionando plenamente no período de 12 meses. Ao todo serão investidos cerca de R$ 3 milhões, sendo que R$ 300 mil serão oriundos de recursos da Secretaria de Educação, R$400 mil do orçamento da Secretaria de Administração e R$ 2,3 milhões serão da Caixa Econômica Federal, através do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa).

O prefeito, Dr. Márcio Matos, se mostrou empolgado com o “Cidade Vigiada”, que segundo ele deve inibir a criminalidade. “É um programa complexo e inovador, que nos demandou muito estudo. Investiremos substancialmente em inteligência e tecnologia para que possamos, antes de tudo, inibir a criminalidade e criar um ambiente mais seguro para nossa população. Atuaremos auxiliando na prevenção e dando condições para que a Policia Civil e Polícia Militar atuem na repressão, elucidação de crimes e outros serviços que cabem somente a estas corporações”, finalizou.

 

DIA 1º DE ABRIL O SITE OBEREKANDO COMEMORA 5 ANOS! OBRIGADO POR SEU CARINHO COM NOSSO TRABALHO!