ONLINE
13




Partilhe esta Página

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

D

S

C

S

S

S  

D

 

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS


Praça Pastor Pedro Cortez é entregue à população

Muita emoção ao lembrar-se do grande líder religioso de TB

2019-12-11 às 08:44:36) Uma noite de reflexão em que as igrejas podem auxiliar, não somente nos destinos de uma cidade, mas também da nação: Este foi o tom, trazido pelo presidente da Câmara Municipal, Ezequiel Ligoski Betim, que lá estava, junto com os demais vereadores, na reinauguração da Praça Pastor Pedro Cortez.

O prefeito Márcio Artur de Matos, em suas palavras, lembrou da estreita amizade com Pedro, mas também, como deputado federal, que estava sempre pedindo novas informações do estado de saúde do líder religioso, e ex-vereador, que estava em Curitiba. Márcio homenageou Igor, o menininho que pediu que sua mãe, Débora, escrevesse ao prefeito, que queria o seu parquinho: Eles avizinham a importante obra. O pai da criança, Elizeu, mostrou-se feliz pela atenção de Matos.

Ao discursar, a vice-prefeita Rita Mara Araújo, que é esposa de Eros Danilo, ex-prefeito que construiu em sua gestão tal praça, lembrou das sábias iniciativas de dona Concília Gonçalves Cortez, que a confidenciava que muitas vezes, se colocava em posição à Prefeitura, de sua casa ou do templo, e orava pelas autoridades da cidade.

Giovane Ferraz, presidente da Associação das Cem Casas, falou em nome dos líderes dos três bairros abrangidos com a obra, e de quantas iniciativas e fácil diálogo, se tem com o prefeito.

Chamado para fazer a bênção, em sua oração, o apóstolo João Maria Rodrigues, presidente da Igreja Batista Betel em Telêmaco, relembrou o excelente convívio com o amigo que há 15 anos faleceu.

Muitas homenagens se deram, com palavras de familiares, pastores, e muitos louvores, inclusive, o “Desperta Brasil”, que era tema de abertura do programa radiofônico, que durou cerca de 25 anos, apresentado pelo homenageado.

Dã Cortez, ex-vice-prefeito da cidade, foi quem, em nome dos filhos e família, agradeceu a iniciativa da Prefeitura. Disse de um primeiro diálogo, a tentativa em se reinaugurar a praça em 14 de outubro, aniversário do líder religioso. Mas, acabou acalhando justamente no dia em que a esposa dele, e mãe de Dã, dona Concília, completou 75 anos.