ONLINE
10




Partilhe esta PŠgina

a

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

D

S

C

S

S

S  

D

 

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS


PONCHO CRIOULO … TAMB…M SOLIDARIEDADE!

ELIS E MARCELO: Grupo de Dança Gaúcha abre o coração e faz Natal das crianças

2018-11-23 às 09:35:22) O Projeto Solidário Poncho Crioulo, pertence ao grupo do mesmo nome, que foi fundado em 1989 por Elis Darlene G. Mendes e Marcelo Emílio Mendes. Neste período, o grupo teve algumas pausas, mas está a todo vapor, e o foco é total, tendo alunos, desde crianças até pessoas de mais idade, “porque a nossa paixão mesmo, é a dança, mas nós sabemos aproveitar muito isso, porque a dança? É uma coisa também de compaixão, de parceria. O nosso grupo eu digo, já não é um grupo... é uma família, e através dele foi que a gente criou nossa ação solidária!”.

O projeto foi iniciado quando há anos atrás, uma aluna necessitou auxilio devido a sua saúde, e ai se iniciaram os bazares. Depois da recuperação dela, a ação visou especialmente as crianças: “Quando você vê algo dando frutos bons, você tem que continuar, não é? A benção está acontecendo!”. Ela denominou, desde então a este, como “Faça uma criança Sorrir”.

Os bazares de Elis colocam as doações a venda e são, com esses, comprados brinquedos para, por exemplo, a campanha de Natal para os pequenininhos. Também, móveis e cestas de alimentos, quando necessários, são feitos esforços, e doados.

As doações da população, de brinquedos, como bonecas, ursos e bichinhos de pelúcia, quando necessários são recuperados por ela, com lavagem ( Neusa e Mariuza a ajudam neste processo), higienização, confecção de roupinhas para essas bonecas. Para a confecção dessas roupinhas, cinco reais cada e são duas costureiras. São dois locais além da casa dela, onde são armazenados os brinquedos. Um deles uma gentileza, e no outro, o barracão onde existe o aluguel a ser pago, contas de água (que vem alta, pelo tratamento que é dado aos brinquedos) e luz pagas por ela, graças ao coração bondoso do casal e de muitos telêmacoborbenses. “O meu projeto não é só para crianças carentes. Têm crianças com problema na casa, crianças doentias, criança com pai e mãe com câncer. Os meus cadastros são escolhidos a dedo! Cada brinquedo que eu recebo, é uma criança especial que vai receber de mim!” Elis faz questão;  humilde, de lembrar que não faz nada sozinha, e tem a preciosa ajuda de uma equipe que se voluntaría.

O esposo, Marcelo, disse da firmeza com que Elis adotou o trabalho, mas que ele ajuda em tudo que pode: “Apoio, e acredito que vá melhorar cada vez mais. Tenho esperança que a gente vá arrecadar muito mais para o ano que vem. Contamos com todo mundo, que ajude. É um trabalho bonito e que a gente gosta. Acostumou com isso e agora é até difícil parar”. Ele lembrou que para isso, se depende muito dos outros, deixando registrada sua esperança neste super Natal para o projeto.

Para que seja feita a alegria das crianças na campanha de Natal do Poncho Crioulo, será feito um bazar para se comprar o material: Doações de utensílios, coisas de casa, e brinquedinhos têm boa saída nos bazares. Estão sendo pedidos roupinhas de crianças recém-nascidas, bala, pirulito, pipoca, e brinquedo de menino. Serão 700 crianças, já cadastradas, atendidas.

Ela informou que eles foram convidados a colocarem caixas de coleta de doações, durante a “Feirinha na Praça”, de 06 a 09 de dezembro, e se mostraram muito gratos pela coordenação, por parte da Prefeitura, os proporcionarem isso. Toda a população pode deixar suas doações, seja para o Bazar, ou mesmo brinquedos e doces, visando o Natal do Projeto. O Poncho Crioulo fará, na abertura, uma apresentação artística.

 

PONCHO CRIOULO:  As aulas acontecem nas terças e quintas-feiras, na Academia Pro-Vigor, com início às 20:30, e com vagas abertas aos interessados. “Em janeiro já está marcada formatura no CAMA, e estamos ai, no ano que vem, de vento em poupa de novo!”, conclamou Marcelo.

s

QUEM QUISER DOAR PARA O PROJETO, O CONTATO DE ELIS PELO FACEBOOK É ELIS DARLENE: NÃO DEIXE DE FAZER MAIS UMA BOA AÇÃO, PARA O NATAL DE NOSSAS CRIANÇAS!