ONLINE
5




Partilhe esta Página

D

DFF

d

ACITEL

s

sr

D

S

S

S

AWEF

S 

D


O BRASIL DE 1342, de Ulisses Iarochinski
O BRASIL DE 1342, de Ulisses Iarochinski

Jornalista e escritor, dentre outros adjetivos, é de Harmonia, em TB

Nova obra tem selo Amazon

2022-06-22 às 07:15:20) Publicado pela amazon.com o livro “O Brasil de 1342 – Descoberto por Sancho Brandão” do jornalista paranaense Ulisses Iarochinski.

“Foram 15 anos de pesquisa encontrando fontes primárias, referências bibliográficas de publicações portuguesas, italianas, espanholas, americanas, inglesas e brasileiras. O tema polêmico e instigante foi camuflado pela história oficial de Portugal e do Brasil”, confessa Iarochinski, afirmando que não foi tarefa fácil, “como também não foi a decisão de publicar a obra.”

A premissa foi a de que o Reino de Portugal não descobriu o Brasil, em 1500 como é festejado. O livro comprova que Cabral veio ao hemisfério Sul apenas para oficializar uma antiga posse. O descobrimento do Brasil, conforme atesta carta e mapa guardados no Museu do Vaticano e na Torre de Belém, em Lisboa, foi realizado, em 1342, pelo capitão português Sancho Brandão.

Antes mesmo de Pedro Álvares Cabral oficializar a posse das terras brasileiras, outro português, Duarte Pacheco Pereira, esteve nas costas brasileiras, em 1498, e na volta a Lisboa escreveu seu livro "Esmeraldo Situ Orbis", que ficou censurado por mais de 400 anos.

O porquê de Dom João II e Dom Manuel I manter segredo sobre descoberta de 1342 por tanto tempo é explicado pela pressão exercida pelo Papa Alexandre VI — o valenciano Rodrigo Borges — súdito do Rei Fernando de Aragão, que desejava tornar as descobertas portuguesas realizadas por navegadores de origem judaica, feitos exclusivos da Rainha Católica de Castela, Isabel I.

Ulisses Iarochinski faz revelações importantes, escondidas, mascaradas pela história oficial e o ensino escolar brasileiro. Apresenta quem eram, na verdade, os personagens dos grandes descobrimentos como Henrique de Avis, João Gonçalves Zarco, Vasco da Gama, Cristóvão Colombo, Gaspar da Gama e Fernando de Noronha.

Para o professor doutor em história e arqueólogo Fabrício J. Nazzari Vicroski “Aqueles que conhecem as demais publicações do pesquisador Ulisses Iarochinski, certamente estão familiarizados com a sua escrita provocativa e combativa. As provocações suscitadas em suas obras ocorrem no âmbito da produção do conhecimento científico. Iarochinski é movido pela curiosidade acadêmica e pelo jornalismo investigativo. É um provocador no sentido positivo do termo, pois suas propostas interpretativas - fundamentadas em farta documentação histórica -, praticamente nos obrigam a minimamente cogitar a possibilidade de leituras alternativas dos acontecimentos. Uma vez provocados e instigados por Ulisses Iarochinski, nosso senso crítico não nos permite mais retornar à comodidade letárgica das versões históricas tradicionais e desprovidas de cunho analítico”.

Vicroski acrescenta que “o autor nos lembra que a função do historiador não é somente recordar, mas sim questionar, problematizar e investigar, evidenciando ainda que a práxis historiográfica, além de nos colocar em posição de desconforto com relação às interpretações já consolidadas, também é um processo em constante construção. Citando iarochinski, “sempre é bom saber a realidade e não apenas cuidar da repercussão dissimulada”.

A publicação pelo site americano foi a forma encontrada para vencer os obstáculos de conselhos editoriais, patrocínios, leis de incentivo cultural e valores das gráficas. Além da distribuição e divulgação tão importantes e onerosas quanto a pesquisa e a edição de um livro. A Amazon além do percentual de royalties (pagamento ao autor) ser dos mais altos do mercado livreiro também oferece a comodidade de compra e entrega na porta do comprador. O livro (um único exemplar) é impresso nos Estados Unidos e despachado via DHL Internacional.

O livro tem 340 páginas, formato 16x24 cm, capa dura. ISBN-13 ‏ : ‎ 979-8787362497O. Preço de capa do livro é 20 dólares (pagos na cotação do dia em real) acrescido do frete (que varia em função da demora na entrega).

 

COMPRAS PELO SITE: CLIQUE AQUI!

 

O AUTOR

Ulisses Iarochinski é escritor, jornalista, radialista, historiador, professor, poeta, ator e cineasta.

Publicou os livros “Saga dos Polacos – a Polônia e seus emigrantes no Brasil”, “Polaco – identidade cultural do brasileiro descendente de imigrantes da Polônia”, “Cruz Machado – Lenda virou história”, “Revelando o Contestado”, “Escrevendo para falar no rádio”, “Saci”, “VivaZé – o Ator do Paraná”, “Sepultados em Harmonia”, “Lublin com Amor”, “Polacos do Brasil – a etnia em números e sobrenomes”, “Monte Alegre Sempre – trajetória histórica de um lugar” e “O Brasil de 1342 – descoberto por Sancho Brandão”. Participou com artigos nos livros “Polscy Brazylijczycy - Brasileiros-Poloneses" da Editora da Universidade Maria Skołodowska Curie, de Lublin – Polônia e “Modernidade em cena - 50 anos de teatro em Curitiba" da Editora Kotter de Curitiba.

--

LEIA TAMBÉM:

A GUERRA AOS OLHOS DE ULISSES IAROCHINSKI: O conflito Ucrânia x Rússia tem trazido à rotina do t.borbense, muitas entrevistas internacionais

ULISSES LANÇOU SEPULTADOS EM HARMONIA: Prefeito e presidente da Câmara, além de fãs e leitores, prestigiaram o evento