ONLINE
8




Partilhe esta Página

D

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

D

S

C

S

S

D

S

s  

D

 

MDA

A

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS


Macacos não transmitem Febre Amarela
Macacos não transmitem Febre Amarela

Quando são vítimas, tornam-se alertas da presença da doença

FONTE: PMTB E  ICMBio

d

2019-06-27 às 08:51:43) Os macacos não transmitem a Febre Amarela para o homem. Eles não são responsáveis pela transmissão, muito pelo contrário, eles são os primeiros a adoecer e alertam para a doença e as ações de prevenção.

A doença é transmitida pela picada do mosquito no homem e no macaco.

A Vigilância Sanitária de Telêmaco Borba lembra a população que ao encontrar um macaco morto, carcaça ou ossada comunique imediatamente o serviço de saúde do município (Vigilância Ambiental Zoonoses nos telefones 3273-1022/3904-1483 e 3273-7450 nos finais de semana).

A orientação da Vigilância é que, ao encontrar um animal morto, não toque e nem o enterre, evite que crianças e animais se aproximem e aguarde a chegada de um técnico do serviço de saúde.

 

SINTOMAS DA DOENÇA

Em humanos, a Febre Amarela causa infecção aguda com febre, icterícia, albuminúria, hemorragia, insuficiência hepática e renal, que pode levar à morte em aproximadamente uma semana, em cerca de 50% dos casos mais graves.

Já em macacos, a viremia dura cerca de 3 a 4 dias, com a morte podendo ocorrer entre 3 a 7 dias. Os sintomas são febre, icterícia, apatia, desidratação, anorexia, hemorragia bucal e intestinal, insuficiência hepática e renal, degeneração gordurosa do fígado com necrose extensa e acúmulo de lipídios.

A Febre Amarela, portanto, não é contagiosa, isto é, os macacos não transmitem diretamente essa doença, assim como ela não é transmitida diretamente de um humano a outro. Os mosquitos sim são os vetores do VFA, transmitindo-o entre primatas humanos e não-humanos. (Fonte: ICMBio)