ONLINE
14




Partilhe esta Página

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

D

S

C

S

S

S  

D

 

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

S


KLABIN e entrega a domicílio do Matas Sociais
KLABIN e entrega a domicílio do Matas Sociais

Serviço apoia na renda de agricultores e mantém atividade na pandemia

FONTE: KLABIN

2020-11-13 às 07:24:32) Ao longo do ano, diante da pandemia do novo Coronavírus, o programa Matas Sociais - Planejando Propriedades Sustentáveis da Klabin buscou alternativas para continuar auxiliando os produtores rurais na venda dos produtos orgânicos de hortifruti. A empresa ajudou a estruturar o serviço de entrega de cestas a domicílio (delivery) por meio do aplicativo WhatsApp. De março a setembro, foram mais de mil cestas vendidas, totalizando cerca de 12 mil quilos de produtos e cerca de R$ 40 mil em renda para os pequenos agricultores.

A comunidade faz seus pedidos direto no grupo do WhatsApp, chamado “Agricultura Familiar”, com as quantidades e os tipos de hortifruti, como frutas, verduras e legumes, entre domingo e terça-feira, e todas as quintas-feiras as cestas com os pedidos são entregues por um motorista contratado especialmente para atender esse sistema. “Quando a Klabin veio com a ideia da cesta, achamos ótimo. Recebemos muito apoio para criar o serviço e o resultado tem sido muito bom. É uma renda a mais para nós associados da cooperativa e em um momento muito importante”, comenta Ivone Coelho, associada da Cooperativa dos Apicultores e Meliponicultores Caminhos do Tibagi (Coocat-Mel), de Telêmaco Borba. 

Além da Coocat-Mel, outras cooperativas também adotaram o sistema de entrega a domicilio de hortifruti, como a Cooperativa de Agricultores Familiares de Cândido Abreu (Coopercandi), o Grupo Resistência Camponesa e a Associação de Moradores e Produtores do Cerrado Grande - Mimo da Terra. Para os agricultores, essa é uma oportunidade de ampliar os negócios de venda de hortaliças.  

“Esse programa da Klabin tem nos ajudado muito há um bom tempo. Nunca tinha me passado pela cabeça fazer esse sistema de entrega nas casas e com o Matas Sociais foi possível renovar e continuar vendendo nesse período difícil da pandemia, já que as escolas e os estabelecimentos estão fechados. Está sendo bom para o consumidor que não pode sair de casa e para nós agricultores”, conta Anésio Roberto dos Santos, agricultor da cidade Imbaú, associado do programa Matas Sociais - Planejando Propriedades Sustentáveis.  

A maioria dos locais onde os produtos hortifruti eram vendidos tiveram que parar suas atividades por conta da pandemia, como escolas e feiras; por outro lado, fez a demanda por serviços de entregas em casa aumentar, então, a solução pensada pela Klabin aproveitou essa oportunidade, utilizando a tecnologia, e conseguiu ajudar a manter a renda dos agricultores nesse período.  

Para Júlio Nogueira, gerente de Sustentabilidade e Meio Ambiente da Klabin, manter as atividades do Matas Sociais junto aos agricultores familiares é essencial para a continuidade do desenvolvimento sustentável da região. “Com essas adaptações, o Matas Sociais conseguiu auxiliar na continuidade do trabalho dos agricultores, sustentando o desenvolvimento local e a geração de renda em um período sensível, e a fazer chegar nas comunidades produtos frescos e orgânicos na segurança das casas, serviço importante para o momento delicado como este que vivenciamos”, completou Nogueira.

O programa tem utilizado a tecnologia para as demais atividades com os agricultores familiares, além de encontros virtuais, o Matas Sociais preparou uma série de podcasts informativos para que os produtores continuem ativos, recebendo conhecimento, e trabalhando para a melhoria das suas propriedades. Em cinco anos de existência, o Matas Sociais atendeu mais de 500 propriedades em Telêmaco Borba, Ortigueira, Imbaú e Reserva; neste período, 52% dos participantes ampliaram sua rede de comercialização em feiras locais para cooperativas, restaurantes e empresas. 

 

SERVIÇO:

A comunidade que estiver interessada em receber as hortaliças e frutas por delivery podem entrar em contato com as cooperativas em seus números do WhatsApp: 

Coooperativa dos Apicultores e Meliponicultores Caminhos do Tibagi (Coocat-Mel): 42-99916-9628

Cooperativa de Agricultores Familiares de Cândido de Abreu (Coopercandi): 43-99671-8442

Grupo Resistência Camponesa (Imabú e Telêmaco Borba): 42-99808-2328

Associação de Moradores e Produtores do Cerrado Grande - Mimo da Terra (Tibagi e Telêmaco Borba): 42-98435-2918

Delícias do Campo (Imbaú e Telêmaco Borba): 42-99996-9952

 

SOBRE A KLABIN

A Klabin é a maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil, líder nos mercados de embalagens de papelão ondulado e sacos industriais e única companhia do país a oferecer ao mercado uma solução em celuloses de fibra curta, fibra longa e fluff. Fundada em 1899, possui 25 unidades industriais, sendo 24 no Brasil e uma na Argentina. Somente no Paraná, gera mais de 10 mil empregos (diretos e indiretos), em mais de 25 municípios próximos das operações da companhia, principalmente, na região dos Campos Gerais.

A empresa é pioneira na adoção do manejo florestal em forma de mosaico, que consiste na formação de florestas plantadas entremeadas a matas nativas preservadas, formando corredores ecológicos que auxiliam na manutenção da biodiversidade. A área florestal da companhia no Paraná compreende o total de 342 mil hectares, sendo 142 mil de mata nativa. A Klabin também mantém um Parque Ecológico, na Fazenda Monte Alegre, em Telêmaco Borba, para fins de pesquisa e conservação, atuando no acolhimento e reabilitação de animais silvestres vítimas de acidentes ou maus-tratos, auxiliando o trabalho de órgãos ambientais. Além de contribuir para a preservação da flora e fauna da região, inclusive de espécies ameaçadas de extinção.

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável. Na região dos Campos Gerais a Klabin desenvolve boa parte dos seus programas socioambientais, com destaque para “Matas Sociais - Planejando Propriedades Sustentáveis”, Matas Legais, Projeto de Resíduos Sólidos, Crescer Lendo, Programa Caiubi, Força Verde Mirim e Protetores Ambientais.

A companhia também aderiu aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, é signatária do Pacto Global e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, e busca fornecedores e parceiros que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

 

ESCUTE TAMBÉM:

MINUTO KLABIN 75

MINUTO KLABIN 74

MINUTO KLABIN 73

MINUTO KLABIN 72

MINUTO KLABIN 71

MINUTO KLABIN 70

MINUTO KLABIN EXTRA

NO MINUTO KLABIN RECOMENDAÇÕES E CUIDADOS NA PREVENÇÃO AO COVID 19

--

D