ONLINE
13




Partilhe esta Página

a

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

D

S

C

S

S

S  

D

 

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS


JUSTIÇA ELEITORAL DE CURIÚVA NO OBEREKANDO
JUSTIÇA ELEITORAL DE CURIÚVA NO OBEREKANDO

A juíza, Dra. Talita, instruiu, alertou e pediu a colaboração, especialmente de candidatos e partidos políticos, e que eleitores exerçam a democracia

 

2020-09-15 às 22:13:23) Foi bastante esclarecedora a conversa com a juíza da 119ª Zona Eleitoral Comarca de Curiúva, Dra. Talita Garcia Betiati, que presidirá o pleito municipal de 15 de novembro deste ano, nas cidades de, além da sede curiuvense, também Sapopema e Figueira. O período diferenciado de pandemia, informações a candidatos, partidos e eleitores, e especialmente, cuidados para não se cometer crimes por redes sociais, foram tópicos.

“Este ano é realmente, um ano excepcional da Justiça Eleitoral. Todo ano de eleições municipais é um ano que demanda maiores esforços, e aumenta a carga de trabalho, tanto de servidores, quanto de juízes, e do promotor, que atuam na Justiça Eleitoral. Mas neste, além da demanda, que é natural do período, nós temos que conciliar o pleito, e as atividades a ele inerentes, com o atual cenário que é o da pandemia mundial, causado pelo coronavírus”. Comunicou que a Justiça Eleitoral vem envidando esforços para que a eleição seja a mais segura, tanto para candidatos, quanto mesários, resguardando isso no dia da votação, e no período que antecede, para que o exercício da democracia não seja prejudicado.

 

15 DE SETEMBRO É O DIA DA DEMOCRACIA

“A mensagem que eu poderia deixar aos munícipes de Curiúva, Figueira e Sapopema, neste dia da democracia, e considerando mais uma vez este período extraordinário que temos vivido, é que apesar das circunstâncias serem desfavoráveis para a realização das eleições, se a gente for pensar nessa questão de saúde pública, da pandemia, existe um direito, um valor, que não podemos deixar de lado e não pode abandonar, que é o exercício do voto, para a garantia do sistema democrático em que vivemos. Se a gente for parar para pensar, há pouco tempo, a menos de cem anos, estávamos vivendo um regime ditatorial. Então, o voto realmente é muito importante. Através dele é que nós podemos participar da gestão de nosso município”. Desta forma ela deixou sua mensagem, quanto ao dia de hoje, a pedido do Oberekando.

 

O JUDICIÁRIO MAIS POPULARIZADO

Perguntado para a magistrada como ela vê, atualmente, as pessoas mais ligadas e aproximadas deste poder, disse que era até suspeita para responder, porque sempre foi muito favorável desta maior aproximação do Poder Judiciário, em relação aos jurisdicionados. Determinante a isso, para ela, é o fato maior: “Não deixamos de ser, apesar de nossa autoridade, servidores públicos, e o público a que servimos são especialmente os juridicionados. Falou que em sua atuação na cidade de Curiúva, e municípios menores, é até mais importante essa aproximação, pelos projetos de caráter preventivos, na demanda judicial, que podem ser colocados em prática, e o que ela o fez. Conhecer melhor a comunidade também, e ver sua cultura, possibilita decisões com medidas mais justas.

 

UM POUCO MAIS SOBRE A JUÍZA: Ela é de Maringá, onde cursou a UEM – Universidade Estadual de Maringá, saindo de sua terra natal quando iniciou sua carreira na Magistratura, primeiro em Loanda, e agora, em Curiúva.

 

CANAIS NAS MÍDIAS SOCIAIS E CUIDADO AO USÁ-LAS NESTE PLEITO

Tanto o Ministério Público, como o Poder Judiciário, no Youtube (CLIQUE AQUI E ACESSE O CANAL) estão postando orientações aos candidatos e aos partidos políticos, com temas relevantes ao período eleitoral, e a propaganda eleitoral.

Outro ponto também, é o uso com consciência e sem burlar a Lei, das mídias sociais, “que já aconteceu em 2018 e é um caminho sem volta a utilização das redes sociais, para a campanha”.

ALERTA: “Embora algumas pessoas achem que a internet, as mídias sociais, são terra de ninguém, digamos assim, isso não é verdade. Existem muitas regras e decisões do TRE, do TSE, regulamentando o que pode e o que não pode ser feito na internet”. Diante de muitas ferramentas, ela disse que não se tem mais como imaginar, que as coisas vão passar desapercebidas. Pediu a doutora, a colaboração de todos os candidatos, e partidos políticos, que observem as regras inerentes.

Ela disse que a Justiça Eleitoral tem ferramentas necessárias para detectar se tal post, foi impulsionado, e também, o que é fakenews: “Existem mecanismos que a gente pode utilizar, para buscar a origem destas postagens”.

 

HORÁRIOS DE VOTAÇÃO, INFORMAÇÕES AOS ELEITORES E USO DE MÁSCARA!

Ela lembrou que as sessões estarão abertas à partir das 07 horas da manhã, e com prioridade aos idosos, a partir de 60 anos de idade: “E aqui, eu quero fazer uma ponderação! O voto é facultativo, apenas para os maiores de 70 anos de idade. Portanto, se você tem mais de 60 anos, e menos de 70, o voto é obrigatório para você. E nós pedimos então, que essa população mais idosa, exerça seu direito ao voto, preferencialmente nesse horário, das 7 às 10 da manhã, e que os demais eleitores, sendo possível, deixe pra votar após as 10 da manhã”.

O ingresso ao local de votação, no colégio eleitoral, só poderá ser feito com o uso de máscara: “A gente pede também que quem puder, que leve a sua própria caneta, de casa, para assinar os documentos, ou fazer sua própria anotação”.

SEM AGLOMERAÇÃO: “Colégio eleitoral, o local de votação, não é ponto de encontro!”. Lembra ela que em cidades menores, às vezes se encontra um compadre, ou alguém que não se vê a tanto tempo, mas especialmente neste ano, isso não deve acontecer (Os bate-papos nestes locais), “porque nós temos que evitar as aglomerações. Vou deixar o meu apelo aqui, para que os eleitores tenham essa consciência”.

Destacou também que é importante se saber, que para as pessoas, com sessenta anos ou mais, até 70, o voto continua sendo obrigatório, e se estiverem no grupo de risco, e por alguma comorbidade, não possam ir até o local votar, “será necessário em momento posterior, fazer a justificativa, sob pena de ter que pagar a multa pela abstenção do voto”.

Danival Roberto Dias, que é o chefe do Cartório Eleitoral, também se colocou à disposição de todos, e lembrou que o número do telefone fixo deste local – (43) 3545 – 1411, também pode ser chamado pelo Whats app, e que outras dúvidas, também podem ser sanadas pelo e-mail: zona119@tre-pr.jus.br 

Os atendimentos acima colocados, pede-se, sejam inerentes a urgentes situações, porque prazos para procedimentos corriqueiros, já se esgotaram. Isso reforça também a juíza, lembrando do tempo para se ter o registro de candidaturas, até o dia 26, um sábado, e em seguida, da homologação, e o início da propaganda, inclusive. “Até fiz esse apelo no Youtube, que os candidatos não deixem para fazer esse registro, no último dia!”.

 

RELEMBRE MATÉRIA RELACIONADA A ELEIÇÃO DE 2018. CLIQUE AQUI!

--

D