ONLINE
13




Partilhe esta Página

S

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

D

S

C

S

S

D

S

s  

D

 

MDA

A

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS


Iniciada padronização de Táxis em TB
Iniciada padronização de Táxis em TB

Veículos terão cor prata e símbolos municipais, além de taxímetro

FONTE: PMTB

S

2019-09-03 às 06:57:16) Os veículos (táxi) da cidade serão na cor “Prata” e com cores e símbolos definidos pela Administração Municipal

Os serviços de táxis em Telêmaco Borba começam a ser padronizados pela Administração Municipal, por meio da Divisão Municipal de Segurança Pública (TBtran).

O Decreto n° 25.960/19 de 2 de agosto (publicado em Boletim Oficial n° 1400 de 23 de agosto de 2019) vai padronizar os veículos que fazem o serviço no município.

A padronização vai permitir que os usuários do serviço e visitantes tenham condição de visualizar com mais facilidade os veículos.

A partir da publicação do Decreto todos os veículos (táxi) da cidade serão na cor “Prata” e com cores e símbolos definidos pela Administração Municipal.

As modificações constam ainda com a obrigatoriedade de todos os taxistas cobrarem o preço da tarifa através de “Taxímetro” a ser implantado no veículos. Cumprindo as exigência da Lei Federal n° 12.648/11, e garantindo aos munícipes e visitantes uma maior transparência na cobrança das corridas.

Os taxistas, hoje no total de 43, tem o prazo até fevereiro de 2020 para se adequarem as novas exigências impostas a categoria.

As modificações representam um avanço em quase 50 anos na cidade, tendo em vista que a legislação que rege a categoria nunca tinha sofrido alterações.

As mudanças foram discutidas pela Administração Municipal, por meio da Divisão Municipal de Segurança Pública com os líderes da categoria em reunião em dia 17 de julho.

 

PRIMEIROS VEÍCULOS PADRONIZADOS

Os primeiros veículos já começaram a se adequar. O taxista Paulo Cesar de Almeida, conhecido carinhosamente como “28”, foi o primeiro a se adequar às novas exigências. Para o taxista as modificações vão fazer com que o munícipe conheça quem realmente é o taxista de Telêmaco Borba. “Pela falta de padronização dos veículos, não se sabia quem era quem. A partir de agora isso vai garantir que os usuários utilizem o serviço em um veículo que estejam com todas as exigências corretas para a prestação de serviço e vistoriado pelo órgão municipal de trânsito”, destacou.

O chefe da Divisão Municipal de Segurança Pública e Trânsito, Jorge Luiz Vella Junior explicou que com o Decreto, os veículos passarão a ter um número de identificação como já acontece com as vans escolares. “A medida permitirá ao cidadão e aos órgão de fiscalização uma forma mais fácil de identificar o veículo, tendo em vista que a implantação das placas modelos Mercosul dificultou a identificação de algumas categorias”, ressaltou.

Vella enfatizou que a partir de agora os munícipes terão condição de consultar quem são os taxistas que estão prestando atividade de forma regular atendendo as Legislações, no portal disponível no site do município. A medida que os taxistas forem se adequando as exigências, os dados disponibilizados no portal serão atualizados, permitindo assim que os munícipes utilizem somente os veículos que realmente estão aptos a realizarem a atividade.

 

Confira a lista de veículos que já atenderam as exigências, CLICANDO AQUI!

 

MOTORISTAS DE APLICATIVOS

A Divisão Municipal de Segurança Pública já encaminhou para conferência a Minuta da Lei que tratará dos assuntos relacionados aos motoristas de aplicativos que será encaminhada a Câmara Municipal de Telêmaco Borba para análise e votação. “Esperamos que aprovado pelo Legislativo retorne ao Executivo para regulamentação. Os motoristas que tiverem interesse em prestar esse serviço através das plataformas de transporte compartilhado terão um prazo para se adequar as exigências e os que não se adequarem serão penalizados através de fiscalização que será intensificada após regulamentação”, explicou Vella.

Somente serão admitidos veículos que estejam cadastrados juntos as Administrador de Tecnologia em Transporte Compartilhados (ATTC) e com cadastro junto a municipalidade atendendo os critérios a serem regulamentados. Os que usarem práticas por grupos de Whatsapp ou na informalidade sofreram ações da fiscalização.