ONLINE
13




Partilhe esta Página

D

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

D

S

C

sd

S

S

AWEF

z

S 

D


IDF encerra atendimento Sus, ao Covid

Desativação do bloco trouxe alívio, sentimento de dever cumprido e solidariedade às famílias que tiveram perdas

2021-12-01 às 11:46:16) Aconteceu ontem, no Instituto Dr. Feitosa (IDF), em Telêmaco Borba, o encerramento oficial do atendimento aos pacientes suspeitos/confirmados do COVID-19, com custeio pelo Sistema Único de Saúde. Na ocasião, o presidente da entidade, Dr. André Miguel Sídor Coraiola, juntamente com o diretor administrativo, Gesner Penteado, médicos da direção clínica, e colaboradores de linha de frente, se fizeram presentes em um momento em que foram feitos relatos dos gigantes números, e sem precedentes, para o salvamento de muitos pacientes, ou o esforço pela vida daqueles, que infelizmente, acabaram por não sobreviver.

Na oportunidade, esteve o prefeito Márcio Artur de Matos, que inclusive, iniciou sua vida profissional, e de telemaco-borbense por adoção, nesta unidade hospitalar, também o secretário municipal de Saúde, Anderson Catto, bem como, o diretor da 21ª Regional de Saúde, Cleverton Soares (Fofo), e o secretário de Gabinete da Prefeitura, Dr. Rubens Benck.

Foram 621 dias de atendimentos na Unidade de Isolamento Respiratório, no primeiro hospital adequar-se para receber os primeiros pacientes suspeitos e confirmados. Eis outras informações de suma importância, neste sentido: 1.150 pacientes atendidos, 16,7% foi o índice de mortalidade pelo vírus, 33.500 exames de análises clínicas realizados, e mais de 2 mil horas de capacitações diversas, bem como, 9.709 consultas.

Esta etapa, inesperada não só para o IDF, mas sim  para o município, ao Estado, Brasil, e ao planeta, teve, de forma muito responsável e de doação pessoal de cada colaborador, a elaboração do Plano de Contingência, além de adequações internas que envolveram redimencionamento das equipes, adequações de Infra-estrutura, aquisição de medicamentos específicos, readequação dos estoques, aquisição de EPI`s específicos, definição de Comitê Interno, e exigência de gestão extremamente eficaz dos recursos necessários para o tratamento do COVID devido a instabilidade do mercado mundial.

Segundo o Instituto, os principais desafios foram o enfrentamento do desconhecido, o temor pela família, abrir mão da convivência familiar para suprir as necessidades do hospital, constante análise dos fluxos de atendimento e definições de novas estratégias, incontáveis reuniões internas, com o Município e Estado, afastamento dos colaboradores, perda de pacientes, e suporte para as famílias.

Dr. André, ao falar aos convidados, se emocionou, e após comentar, de momento, desafio maior vencido, disse que como um prestador de serviço que é, em Saúde, para municípios que aproximam-se 300 mil habitantes, sente-se, de fato, feliz, por este encerramento, porque sinaliza um apaziguamento na situação. A fé em Deus e o trabalho de doação sem medida dos colaboradores e médicos, foi o ponto alto de tudo o que foi feito. Exaltou ele, todo apoio da Prefeitura Municipal, e do Estado, que não se omitiram, em segundo algum, em dar suporte ao IDF.

Gesner, que fora acometido por Covid, falou de sua experiência, e estando como um dos líderes no combate a este vírus, os dois lados: O gerir saúde, e o ter estado com coronavírus. Efusivamente, agradeceu aos médicos, à equipe de colabores, e afirmou, novamente, a atenção irrestrita, tanto do Estado, como do Município.

Dr. Márcio relembrou fatos de sua carreira em TB, agradeceu e enalteceu a grandeza do IDF. Não fora diferente do que fez Catto, e Cleverton. O primeiro se solidarizou a cada familiar que teve perdas, e disse que o município, com isso, muito se entristece. Já, Fofo, recordou que sua mãe, pedia a ele, que não fosse até hospitais, temendo que seu filho contraísse Covid. No coração dele, pairava, de que se acontecesse algo, estaria salvando vidas, trabalhando para isso, e fazendo o que mais gostava! Emotivo e religioso, lembrou de sua caminhada na Saúde e Administração Pública, e rendeu homenagens à todos os profissionais, que juntos batalharam, e ainda mais, se uniram!

Fora lembrada, in memória, a colaboradora Adriane Torres!

O Grupo de Oração da Paróquia São Pedro e São Paulo, Clamando por Milagres, fez o encerramento desta cerimônia.

de

As gerentes, administrativa, Gesiane Penteado, e Miriam Akemi Yoshida Carvalho, de enfermagem no IDF, também deixaram suas mensagens e depoimentos, bem como o Dr. Marcelo Abras, responsável por esta ala.

André Coraiola fez também agradecimentos à Klabin e Braslumber.

--

 

LEIA TAMBÉM:

IDF: "AQUI NÓS CUIDAMOS DE VOCÊ!"

--

D