ONLINE
14




Partilhe esta Página

a

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

D

S

C

S

S

S

D

S

s  

D

 

MDA

A

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS


GIOVANE FERRAZ É ARTILHEIRO NO VOLUNTARIADO

Ele é presidente da Associação dos Moradores das Cem Casas e treinador esportivo

2019-06-12 às 17:11:11) Na manhã desta quarta-feira, o entrevistado do Oberekando foi Giovane Ferraz de Oliveira. A conversa dividiu-se em dois momentos: Ele como presidente da Associação dos Moradores das Cem Casas (Bairro Nossa Senhora de Fátima), e treinador esportivo, seja de futsal como futebol.

O pai dele, Aníbal Ferraz, passou por vários ciclos, como Klabin, sindicato, associações, e ele está na mesma trajetória, de se colocar à disposição da comunidade.

 

MELHORIAS CONSEGUIDAS E EM ANDAMENTO, E RELAÇÃO COM A ADMINISTRAÇÃO

 “Nesta gestão (do prefeito Márcio Artur de Matos) temos muito o que agradecer, porque foram realizados muitos trabalhos, como mais de 20 ruas recapadas, iluminação de led, revitalização de praça com mais sete delas aqui no bairro, a reforma da quadra, o society no lugar da areia, parque infantil, não só aqui neste local, mas próximo ao Fabiano e outros locais. A praça Pedro Cortez está sendo reformada totalmente, e vai ficar lindo. Então, acho, aqui no nosso bairro, não existem reclamações, e sim, só elogios para essa gestão”. O presidente acrescentou também, a cobertura da Escola Municipal Conselheiro Zacarias, “que há muitos anos a população vem batalhando, e que está sendo feita”.

A quadra passa, segundo ele, pela primeira grande reforma, após 37 anos de sua inauguração.

A mudança viária no Cem Casas foi abordada, e que na forma de diálogo, alguma alteração desejada pela maioria dos moradores, está sendo vista com a Prefeitura, como é o caso de uma rua, acima do asilo.

Da relação com o prefeito, essa vem desde quando, com cerca de 13 anos, jogava no Aquarius, mesma equipe de Nando Matos, “e ele (Dr. Márcio) já acompanha e incentivava”, além de citar de uma gratidão pessoal com o então médico, que deu um grande apoio num momento de doença de uma tia dele.

 

DOAÇÃO PELO BAIRRO E COLABORAÇÃO DOS MORADORES

Perguntado a Giovane o que leva a uma pessoa, fazer verdadeira doação de vida, com trabalho voluntário, como é o caso dele e foi também de seu pai, respondeu que “alguém tem que estar à frente”, e lembrou que tem que se gostar. “É muito difícil, porque muitos sabem criticar, mas tomar a frente e correr atrás não é fácil”.

Respondendo da adesão dos moradores as reuniões, disse que houve uma conferência (pré) de Saúde, e apenas sete pessoas compareceram, mas existe a reivindicação, pois alguns moradores necessitam ir até ao bairro Santa Rita para serem atendidos lá, mas não aparecem para reivindicar. Mas nessa questão, o Dr. Ede Pukanski está em diálogo com Giovane.

 

DEDICAÇÃO AO ESPORTE, DESDE SEMPRE!

Esportista nato, onde desde os dez anos de idade, iniciou com o professor Keko – João Alfredo Tibúrcio Netto -, no Presidente Vargas, e como goleiro. Um fato no entanto curioso, pois antes disso era artilheiro da equipe, e depois que substitui o goleiro titular que havia quebrado o dedo, nunca mais deixou a posição. Dali, foi ao Wolf Klabin, Cem Casas, Aquárius, Klabin, seleção de Telêmaco, e em 2009 sofreu um acidente, e encerrou como jogador, auxiliando como treinador.

No sábado, em Ipiranga, ele disputou com a equipe Sub15 de Telêmaco, como treinador voluntário, e foi campeão em mais uma etapa do Desafio AMCG.

 

A EXPERIÊNCIA E VOCAÇÃO COM AS EQUIPES MENORES

O site aproveitou-se da experiência dele como treinador, para comentar da responsabilidade que é, ter por parte de uma família, um filho aos seus cuidados, a relação treinador/atleta. Giovane neste momento – tão elogiado pelos pais que é neste sentido – explicou que tem que tratá-los com o conhecido respeito. Analisa que até os nove anos, a festa deles é pela vitória e a comemoração do gol, e que já, a partir de dez, acontece um foco maior em resultados.

Ele treina seu time de Sub15, desde que alguns tinham 12 ou 13 anos. Hoje acadêmico do curso de Educação Física, e disse que neste aprendizado, o início do trabalho com as crianças é um dos ensinamentos. “Cada categoria você tem um estilo, você tem que saber a maneira de trabalhar com eles!”. Recordou que com dez anos, ganhou seu primeiro troféu e medalha, e foi chamado na rádio, e isso lhe marcou muito, pois foi entrevistado pelo saudoso Jair Neves, que inclusive lhe entregou a medalha: São 127 medalhas e 17 troféus em sua galeria!

Antes de um tour pelas dependências tanto da quadra de esportes, como pelo espaço de areia, que será transformado em campo de society e também em parquinho, como no centro comunitário que fica em anexo ao terreno, o presidente da associação agradeceu os moradores ao qual ele representa, ao prefeito Márcio pelas melhorias no bairro, também aos atletas e familiares, pela confiança nele. Disse que após a inauguração das reformas da quadra, espera fazer uma parceria com a UniCesumar, onde ele é acadêmico, para uma escolinha de Futsal, sendo ele, voluntariamente, o treinador.