ONLINE
14




Partilhe esta Página

a

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

S

D

S

D

S

s  

D

 

MDA

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

x


Escola Juventina destaca-se também em exposições

Desta feita fora sobre Lobato e Tarsila do Amaral. Anteriormente, quanto ao índio

FONTE: PMTB

2019-05-09 às 07:25:47) A Escola Municipal Professora Juventina Betim da Silva, localizada no bairro São João, promoveu na terça-feira, 7, uma exposição de arte e obras literárias referentes aos projetos “Gotas Literárias e Trocando Pincéis” que nesta oportunidade contemplaram as obras de Monteiro Lobato e Tarsila do Amaral. A exposição envolveu toda a comunidade escolar, alunos da educação infantil ao quinto ano.

A escolha pelo escritor Monteiro Lobato foi em alusão ao Dia do Livro, celebrado no dia 18 de abril. Enquanto que o Projeto Trocando Pinceis contemplou a vida da artista Tarsila do Amaral.

Foi um dia que movimentou a escola, que além de integrar os 350 alunos, abriu as portas para receber os familiares, em especial as mães que foram homenageadas.

 “Uma emoção muito grande para elas. A escola demonstrou que o maior presente que uma mãe pode receber e ver seu filho em pleno desenvolvimento escolar, tendo acesso ao conhecimento do patrimônio cultural. A participação dos pais é fundamental no desenvolvimento de seus filhos como um todo. E assim demonstramos a importância da educação pública e de qualidade”, ressaltou a coordenadora pedagógica, Lucélia Souza Melo.

A professora Jossana, que compõe o grupo de docentes valorizou a participação de pais e alunos.  “Gratidão por tamanha dedicação dos pequenos e dos pais para a realização desse maravilhoso trabalho. Tão bom ver a participação dos pais nos trabalhos dos seus filhos, relembrando também sua infância”.

Nas redes sociais a comunidade parabenizou a escola pela iniciativa cultural. “Que show essa é a escola que liberta e possibilita novos saberes quando todos compartilham há uma comunhão de ideias e ilumina outros ideais”, expressou a professora Lenir Almeida, que lecionou na escola no passado.

A Escola Professora Juventina Betim da Silva, fundada em 2008, tem na direção a professora Marisa Ortiz Vicente e possui atualmente 350 alunos de educação infantil ao 5º ano do ensino fundamental e o corpo docente composto por 15 professoras.

 

SOBRE OS AUTORES

Monteiro Lobato (1882-1948) foi um escritor e editor brasileiro pré-modernista. Considerado um dos maiores autores de histórias infantis, sua obra mais conhecida é O Sítio do Pica-Pau Amarelo, composta de 23 volumes.

Tarsila do Amaral foi uma importante artista plástica brasileira do movimento modernista.

Junto à Anita Malfatti, ela ficou conhecida como uma das mais importantes pintoras da primeira fase do modernismo.

E, ao lado dos escritores Oswald de Andrade e Raul Bopp, Tarsila inaugurou o movimento denominado “Antropofagia”.

 

O TEMA ÍNDIO TROUXE UM CASAL INDÍGENA À ESCOLA

d

No dia 16 de abril, as crianças, professores e toda comunidade escolar tiveram uma experiência prática, ao fazer um resgate cultural sobre o dia do índio.

Por duas semanas as professoras de hora atividade Josiane Aparecida Ferreira, Jossana Matsen, Tatiane Sachs Meira e Rosinéia Gouveia realizaram trabalho com esse intuito com as turmas da nossa escola: A cultura indígena, arte, reprodução de telas de artistas, brinquedos, brincadeiras, danças, dentre outros aspectos.

Para finalizar o trabalho contou-se com convidados especiais, os índios da tribo Pataxó, PAKEY E GIKITAYA residentes do Estado da Bahia. Eles compartilharam a verdadeira história e cultura indígena. Caracterizados de acordo com sua cultura, expuseram todo seu conhecimento com as professoras e alunos.

“Só temos a agradecer pelo conhecimento acrescentado para nossa vivência, tal conhecimento que nem os livros relatam. Simplesmente maravilhoso! Conhecimento não deve se traduzir a livros e falas, conhecimento deve ser compartilhado com a verdadeira realidade”, falaram a diretora da Instituição Marisa Ortiz, e as demais professoras.