ONLINE
6




Partilhe esta PŠgina

sr

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

D

S

C

S

S

S  

D

 

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS


Dia Nacional de Combate ao Fumo
Dia Nacional de Combate ao Fumo

Saúde, especialmente neste 29 de agosto, faz alerta

FONTE: PMTB

Tabagismo e Coronavírus (Covid-19)

2020-08-28 às 08:53:05) Criado em 1986 pela Lei Federal nº. 7.488, o Dia Nacional de Combate ao Fumo, comemorado em 29 de agosto. Neste ano, além dos malefícios já conhecidos do tabaco, ressalta-se a sua interação com o Coronavírus.

O tabagismo é reconhecido como doença crônica causada pela dependência à nicotina presente nos produtos à base de tabaco. É o maior fator de risco evitável de adoecimento e morte no mundo. Quem fuma tem maior risco de desenvolver sintomas graves caso seja contaminado pelo novo coronavírus, causador da Covid-19.

O tabaco causa diferentes tipos de inflamação e prejudica os mecanismos de defesa do organismo. Por esses motivos, os fumantes têm maior risco de infecções por vírus, bactérias e fungos. Os fumantes são acometidos com maior frequência por infecções como sinusites, traqueobronquites, pneumonias e tuberculose. Além disso, o consumo do tabaco é a principal causa de câncer de pulmão e importante fator de risco para doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), entre outras doenças.

Pelo exposto, podemos dizer que o tabagismo é fator de risco para a Covid-19. Devido a um possível comprometimento da capacidade pulmonar, o fumante possui mais chances de desenvolver sintomas graves da doença.

O fumante, caso leve as mãos não higienizadas à boca para fumar, pode contrair o vírus. Tabagistas têm seu sistema respiratório prejudicado pelo fumo, e, portanto, se infectados pelo coronavírus, podem ter sua saúde ainda mais ameaçada.

No uso do narguilé, é comum o compartilhamento das piteiras, expondo os usuários ao risco de contaminação e transmissão de várias doenças infectocontagiosas, entre elas, a Covid-19, infecção causada pelo coronavírus. Isso também acontece quando um dispositivo eletrônico para fumar é utilizado por mais de uma pessoa.

E por conterem tabaco, o narguilé e os dispositivos eletrônicos para fumar são prejudiciais à saúde pulmonar, e seu consumo aumenta o risco para desenvolvimento de sintomas mais graves da Covid-19.

Pessoas que não fumam, mas moram ou convivem com pessoas que fumam, também sofrem agressões pulmonares que as tornam mais vulneráveis a infecções respiratórias e, possivelmente, às complicações da Covid-19.

Devido ao distanciamento social, o tempo passado dentro de casa aumentou significativamente. Por isso, é importante lembrar que quem fuma em casa faz com que seus companheiros, filhos, demais familiares e até mesmo animais também fumem. Isso significa que todos respiram as mesmas substâncias tóxicas dos derivados do tabaco, que se espalham no ambiente. Além disso, o comportamento de fumar pode estimular a iniciação do tabagismo entre crianças, adolescentes e jovens que convivem com fumantes.

--

D