ONLINE
7




Partilhe esta Página

S

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

S

D

C

S

s  

D

 

MDA

s

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

S


Compartilhando Saberes teve 5ª etapa
Compartilhando Saberes teve 5ª etapa

Encerramento foi na Escola Santos Dumont

FONTE: PMTB

ed

2018-12-05 às 08:00:01) Com uma maneira diferenciada de contar a história através da construção do objeto, o Projeto Compartilhando Saberes, finalizou a quinta e última etapa de 2018, na sexta-feira (30), na Escola Municipal Santos Dumont (Escola em Tempo Integral).

Nessa etapa, o Projeto tratou os símbolos natalinos com a história do pinheirinho e do pinheiro (Araucária) e a confecção de um pinheiro e um arranjo floral utilizando a pinha como matéria prima.

Aproximadamente 40 alunos da 4ª e 5ª séries foram envolvidos nas atividades que durante o esse ano abordou a Páscoa, Dia da Mães, Festas Juninas finalizando com o Natal.

As alunas Midiele Soares de Lima e Paola Lemes Bueno, ambas com 9 anos, disseram gostar muito do projeto. “Vamos dar o pinheirinho para a nossas mães”, disseram. Midiele disse que acha divertido e a parte que mais gostou foi a decoração da pequena árvore. “Eu gosto do muito do Natal e decorar o pinheirinho foi muito legal”, falou.

A expectativa das crianças pela atividade do projeto, segundo a professora Karla Tahis de Oliveira, é muito grande. “Eles ficam entusiasmados, conhecem a história do que vão elaborar e demonstram interesse pela atividade proposta”, ressaltou.

Para a professora da História da Educação Cinthia Benck, nas cinco edições os objetivos de ensinar, integrar e socializar foram atingidos. “Conseguimos a interação da disciplina de história com artes promovendo a integração do Curso de Pedagogia com as crianças do ensino fundamental. Os alunos ouvem, discutem, refletem o tema e depois partem para a construção do objeto”, relatou a professora destacando que a etapa da construção é a mais aguardada pelos alunos.

A coordenadora da escola Juliana Aparecida Silva lamentou o encerramento do projeto na escola. Na opinião de Juliana, o projeto contribuiu muito com o desenvolvimento dos alunos. “Acredito que o projeto deveria ser implantado nas quatro escolas do município que atendem em tempo integral. É um projeto de excelência que ajuda muito, pois a escola integral tem o diferencial de apresentar coisas novas para os alunos”, finalizou.

O projeto foi realizado pelo Curso de Pedagogia da Faculdade de Telêmaco Borba (Fateb).