ONLINE
11




Partilhe esta PŠgina

S

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

D

S

C

S

S

S  

D

 

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS


Combate ŗ violÍncia contra os Idosos
Combate ŗ violÍncia contra os Idosos

Prefeitura de Telêmaco faz alerta

FONTE: PMTB

2020-06-17 às 07:37:44) A Prefeitura Municipal de Telêmaco Borba celebrou no dia 15 de junho, o Dia da Conscientização Contra Violência aos Idosos. A Prefeitura alerta também para os números da violência e como fazer as denúncias.

Segundo a Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos, oferecido pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), recebeu 21.749 denúncias de violações contra a pessoa idosa em 2019. Os números em 2020 representam um aumento de 29,68% em relação ao ano anterior. O lado ruim das estatísticas é que nossos idosos estão sendo vítimas de violência; mas o lado é bom é que as pessoas estão se conscientizando que denunciar é uma forma de proteger esses que hoje são limitados pela sua condição fisiológica a terem seus direitos garantidos.

Fique atento para qualquer um desses sinais e em caso suspeita não se cale, denuncie. Você pode ser a única chance dessa pessoa a ter uma vida como merece: com carinho, respeito e dignidade.

Violência física: é o uso da força física para compelir os idosos a fazerem o que não desejam, para feri-los, provocar dor, incapacidade ou morte. É o tipo mais visível, que inclui maus tratos e/ou abusos físicos como tapas, beliscões, arranhões e empurrões. Também pode ocorrer com o uso de instrumentos como cintos, lâminas e armas brancas ou de fogo.

Abandono e/ou negligência: É o tipo mais habitual de violência contra o idoso, que inclui omissões e privações de cuidados básicos para sua saúde e bem-estar físico e mental. Pode ocorrer tanto pelos familiares, instituições e poder público. E negligências com higiene, vestuário, alimentação, administração correta de medicamentos e inclusão ao convívio social.

Violência psicológica: É o tipo de agressão que inclui qualquer forma de desprezo, preconceito, humilhação, hostilidade verbal e gestual. Além disso, também inclui a restrição de liberdades individuais e isolamento social que pode gerar tristeza, depressão, solidão ou qualquer sofrimento mental e emocional para a pessoa idosa.

Violência sexual: É a imposição ao idoso para que faça, participe ou presencie atividades sexuais sem o seu consentimento. Isso pode acontecer por decorrência de intimidações físicas ou psicológicas.

Abuso econômico-financeiro e patrimonial: É uma das ações mais praticadas pelos membros da família ou responsáveis, devido aos problemas de locomoção ou de incapacidades psíquicas de controlarem os seus rendimentos e patrimônio. Os idosos passam a ter as suas economias e benefícios previdenciários apropriados por outros, constituindo em uma exploração ilegal e indevida.

Autonegligência: diz respeito à conduta da pessoa idosa que ameaça sua própria a saúde ou segurança, pela recusa de prover cuidados necessários a si mesma

 

COMO DENUNCIAR A VIOLÊNCIA CONTRA IDOSOS

Disque 100: as denúncias podem ser feitas pelo Disque 100, que funciona diariamente, 24 horas por dia, 7 dias por semana (mesmo em dias não úteis). As denúncias podem ser anônimas.

Aplicativo Proteja Brasil: O Proteja Brasilestá disponível para disponível para download. Utiliza a mesma central do Disque 100.

#HumanizaRedes: O Humaniza Redes – Pacto Nacional de Enfrentamento às Violações de Direitos Humanospermite denunciar violações de Direitos Humanos que acontecem, via online e de forma anônima.

190: por telefone através do número da polícia local.

--

D