ONLINE
9




Partilhe esta PŠgina

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

D

S

C

S

S

S  

D

 

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

S


COM DALTON: A UPA NO TEMPO DE PANDEMIA
COM DALTON: A UPA NO TEMPO DE PANDEMIA

Chefe do local falou de vários temas e parabenizou equipe pelo esforço

s

2020-07-14 às 15:31:02) Com sua formação em Administração de Empresas e Licenciatura em Matemática, inclusive sendo professor desta área de Exatas, tem sido de grande importância o trabalho de Dalton de Melo na chefia da Unidade de Pronto Atendimento Municipal de Telêmaco Borba, a Upa. No diálogo com este Site, o atual momento, o esforço de toda a equipe e respectivamente gratidão dele para com esta, a importância da população em entender que ali se trata de atendimentos para urgência e emergência e a questão dos atendimentos que são feitos à área de concessão da rodovia, ficando o município de Telêmaco apenas com ônus, sem ter devido a isso, bônus.

“Estamos com toda essa valorosa equipe da Upa, desde médicos até as zeladoras, dando tudo de si para nossa população de Telêmaco Borba. Hoje, segunda-feira, vários acidentes. Desde a rodovia, e aqui para nós de nossa cidade, pessoas enfartando”, relatando a realidade que é por vezes, desconhecida de muitos, no que de fato, é o objetivo de uma unidade de pronto atendimento, direcionado para urgências e emergências.

Claro que se está num momento atípico, pela pandemia, mas ainda assim, para situações eletivas, o caminho normal deveria ser as Unidades Básicas de Saúde, dos bairros.

Ele fez questão de agradecer toda sua equipe, com cinquenta funcionários, que “estão parabéns. Quero agradecer, porque sozinho, as vezes me bato bastante, mas quem faz acontecer é toda equipe”. O esforço pode ser retratado quando ontem, até por volta das 14 horas, por três vezes, a paralisação do atendimento eletivo, para se cuidarem de emergências.

 

ATENDIMENTOS PREVENTIVOS: UBS

Na verdade, por vezes, a população vê na Upa, o atendimento como se fosse no posto de saúde, e na chegada daquilo, que de fato deveria ser o único objetivo do Pronto atendimento, onde toda a equipe se junta no cuidado a uma urgência ou emergência, nascem críticas dos casos que podem esperar, por demora no atendimento: ”Se você vier no Upa e estiver demorando, algo está acontecendo na emergência! ”, enaltece ele.

 

ATENDIMENTOS NA ÁREA DE CONCESSÃO DE PEDÁGIO, SEM RESSARCIMENTO

Um sério problema que também acarreta para Telêmaco, e no caso à Upa, é ser referência para atendimentos de ocorrências que se dão na área de abrangência de concessão da Rodonorte quanto a Rodovia do Café, e sem que a cidade seja ressarcida em absolutamente nenhum centavo para isso. Uma regra básica e que sempre foi seguida, é jamais negar-se a atender! Em todas as oportunidades que tem, o próprio prefeito Márcio reclama isso por parte das autoridades, que possam reverter essa situação, e que não caiba à Telêmaco, somente ônus.

 

CUIDADOS COM O CORONA, PORQUE SINAIS NÃO CLAROS PODEM PARAR NO UPA

Aquela pessoa que num primeiro momento, e apesar de toda informação midiática, achar que sintomas inerentes do Covid – 19, sejam não isto, mas coisas corriqueiras de saúde, podem parar no Upa. E foi neste sentido que Danton pediu também que todos se previnam, e usem a máscara e álcool em gel, e evitem aglomeração. Lembrou também que tem pessoas que alegam que não estão usando máscara, porque Deus vai as proteger: “Você está jogando a responsabilidade para Deus, e a tua responsabilidade em relação ao teu irmão...”. Deus vai fazer a parte dele, mas é necessário que façamos a nossa parte, para a isso ter direito.

A entrevista foi encerrada com agradecimentos do chefe da Upa, ao secretário municipal de Saúde, Dr. Ede Pukanski e ao prefeito Dr. Márcio Matos, pela autonomia de trabalho a ele dada.

--

D