ONLINE
9




Partilhe esta Página

S

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

S

D

S

D

S

s  

D

 

MDA

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

x

s


CMEI Elias José tem investimento de R$1.993.697,49
CMEI Elias José tem investimento de R$1.993.697,49

Escola beneficia moradores do Jardim Progresso

FONTE: PMTB

f

2019-01-04 às 07:11:13) Quase dois milhões de reais de investimentos para os moradores do Jardim Progresso com o Centro Municipal de Educação Infantil Elias José (CMEI).

A obra no valor de R$ 1.993.697,49 é do Governo Federal pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE/Proinfância/Super Creche) e vai atender as crianças da região da Área 6. Atualmente o atendimento dessas crianças é feito no CMEI Cecília Meireles, no Jardim Bandeirantes.

O prédio já está concluído e a Secretaria Municipal de Educação (SME) ainda não tem previsão para o início de funcionamento, isso porque o município aguarda a liberação do mobiliário pelo Governo Federal, realiza obras de ajustes e precisa da contratação de professores.

A secretária municipal de Educação, Rosimeyre Barbosa Siqueira Carneiro, explica que o termo de compromisso do FNDE para a liberação do mobiliário já foi solicitado.

Para que o CMEI entre em funcionamento é necessário que a Administração Municipal faça o fechamento interno e externo do prédio. “A Administração já está fazendo essa parte que vai finalizar a obra”, disse Rosimeyre.

Outra atribuição da SME é contratação de professores. Para isso, segundo a secretária, é necessário a realização de concurso público. “Precisamos do concurso para termos como contratar os profissionais para atuarem no novo CMEI”, acrescentou.

O funcionamento do CMEI Elias José não tem previsão, mas estima-se que a partir do segundo semestre desse ano, e o CMEI comece a receber a demanda da região. O prédio tem capacidade para atender aproximadamente 180 crianças de zero a cinco anos. 

 

ELIAS JOSÉ

Elias José, escritor, professor e poeta, especialista em literatura infanto-juvenil, estreou na literatura com a obra Mal Amada em 1970. Contudo, não era um autor de todo desconhecido. Em 1962, ganhou o primeiro lugar num concurso de contos promovido pela revista Vida Doméstica. Em 1968, recebeu o segundo lugar no Concurso José Lins do Rego da Livraria José Olympio Editora.

Mas foi com seu livro Contos, publicado pela Imprensa Oficial, que ganhou o Prêmio Jabuti da Câmara Brasileira do Livro (CBL) como Melhor Livro de Contos de 1974 e o prêmio Governador do Distrito Federal como Melhor Livro de Ficção de 1974.

O estilo de escrita de Elias José é marcado pelo realismo mágico, justapondo fantasias oníricas ao absurdo do cotidiano.

Elias José era professor aposentado de Literatura Brasileira e de Teoria da Literatura, vice-diretor, diretor e coordenador do Departamento de Letras na Faculdade de Filosofia de Guaxupé, (FAFIG), e teve muitos de seus contos e poemas traduzidos e publicados em vários países como México, Argentina, Estados Unidos, Itália, Polônia, Nicarágua e Canadá, através de revistas literárias e antologias de autores brasileiros.

Durante sua vida, também ministrou cursos, oficinas e palestras, participando de vários congressos de educação, linguística e literatura.

Fonte: Wikipédia.