ONLINE
14




Partilhe esta Página

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

S

D

C

S

s

 DRTE 

D

 MDA

S

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

S


Ceju no Outubro Rosa
Ceju no Outubro Rosa

Alunos tiveram palestra sobre a prevenção ao câncer de mama

FONTE: PMTB

d

2018-10-26 às 08:39:21) O Outubro Rosa, mês dedicado a Campanha de Prevenção ao Câncer de Mama, está merecendo atenção especial nas atividades pedagógicas propostas pelo CCJ – Centro de Convivência da Juventude de Telêmaco Borba.

No período de 16 de outubro a 9 de novembro, as servidoras da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), enfermeira Lidiane Trindade Guerreiro Diganelo da UBS (Unidade Básica de Saúde) do Jardim Bandeirantes e farmacêutica Maiara Tauane do NASF (Núcleo Ampliado de Saúde da Família), estarão ministrando palestras e orientações que tratam sobre o Câncer de Mama, Colo de Útero e a respeito HPV (Papiloma Vírus Humano).

De acordo com a coordenadora do CCJ, professora Roseli Pistori Machado, as palestras sobre os temas são de suma importância, valorizando que a prevenção será sempre a melhor atitude.

“A intenção é que os 279 adolescentes matriculados no Centro de Convivência da Juventude recebam as orientações e deem a devida atenção para a saúde e a valorização da vida”, reforça Roseli.

INFORMAÇÕES DO INCA – Instituto Nacional do Câncer, o Câncer de Mama é o tipo de câncer mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, depois do de pele não melanoma, respondendo por cerca de 28% dos casos novos a cada ano. O câncer de mama também acomete homens, porém é raro, representando apenas 1% do total de casos da doença.

Relativamente raro antes dos 35 anos, acima desta idade sua incidência cresce progressivamente, especialmente após os 50 anos. Estatísticas indicam aumento da sua incidência tanto nos países desenvolvidos quanto nos em desenvolvimento.

Existem vários tipos de câncer de mama. Alguns evoluem de forma rápida, outros, não. A maioria dos casos tem bom prognóstico.

Quando diagnosticado no início, a chance de cura é de 90 a 100%.

É importante ficar alerta nos sinais do câncer e mama: aparecimento de nódulos com ou sem dor mamária; alterações na pele da mama como abaulamentos, retrações ou aspecto ‘casca de laranja’; mudanças na cor ou textura da pele; mudança no aspecto do mamilo e secreção escura ou com sangue pelo mamilo.

Estimativa de novos casos: 59.700 (2018 - INCA).

Número de mortes: 14.388, sendo 181 homens e 14.206 mulheres (2013 - SIM).

Fonte - http://www2.inca.gov.br