ONLINE
9




Partilhe esta Página

A

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

D

S

C

S

S

S

S

D

S

s  

D

 

MDA

A

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

D


CCAJ valoriza o Dia Nacional do Livro
CCAJ valoriza o Dia Nacional do Livro

Promovidas ações para juventude

FONTE: PMTB

S

2019-11-13 às 04:53:57) O CCAJ – Centro de Convivência do Adolescente e da Juventude trabalhou na semana de 15 a 25 de outubro, o tema: Dia Nacional do Livro, celebrado no dia (29/09).

De acordo com Jessé Pereira, coordenador interino do CCJA, trabalhar este tema objetivou que os adolescentes pudessem conhecer sobre o dia Nacional do livro, tomar contato com as antigas técnicas de arquitetura do papel para conhecer um pouco da história dos livros infantis.

Uma das atividades propostas foi buscar conhecer o livro “Pó de Lua” da autora Clarice Freire.

“Nossos usuários puderam aprender, discutir, promover discussões e reflexões através de documentários, slides vídeos e passeios pedagógicos. Em artesanato tivemos a confecção de ponteiras de lápis e marcadores de texto com os personagens da Literatura Infantil do escritor e autor Monteiro Lobato”, explicou Jessé.

Ainda segundo o coordenador, foram feitos passeios pedagógicos o qual os adolescentes visitaram a Biblioteca Municipal com intuito de conhecer o espaço, e fazer a leitura de vários livros. Se deslocaram até Praça dos Pinheiros, onde foi feito um piquenique literário, o qual cada adolescente fez a escolha de livro para fazer um momento de leitura e de lazer.

Houve uma ação para arrecadar livros para o CCAJ. Os adolescentes escrevam uma carta endereçada ao CRAS Cidade Nova, CRAS Rio Alegre e CREAS.

Realizaram atividades como confecção das pipas literárias poesias ao vento, com o objetivo de recitar poemas e frases inspiradas nos poemas do livro “Pó de Lua” de Clarice Freire. Depois de prontas, os adolescentes foram até o Centro de Exposições participar do festival de pipas.

Para encerrar os adolescentes fizeram a apresentação de uma peça teatral: “A formiga e a neve”, onde reuniu todos para prestigiarem a apresentação.

“A leitura de um bom livro é um diálogo incessante: o livro fala e a alma responde”, como afirmava, André Maurois, romancista e ensaísta francês.

s