ONLINE
11




Partilhe esta Página

DFF

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

D

S

C

S

S

D

S

s  

D

 

MDA

A

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS


Aplicados R$ 77,81 milhões no 1º Quadrimestre
Aplicados R$ 77,81 milhões no 1º Quadrimestre

Orçamento tem superávit de R$ 5,76 milhões

FONTE: PMTB

d

2019-06-06 às 07:13:13) A Administração Municipal de Telêmaco Borba por meio da Secretaria Municipal de Finanças realizou na semana passada, dia 30 de maio, quinta-feira, às 15 horas, no Plenário da Câmara Municipal de Vereadores, a Audiência Pública de Avaliação do Cumprimento das Metas Fiscais, referente ao 1° Quadrimestre de 2019.

O objetivo, explica o secretário municipal de Finanças, Celso Elli Burakovski, foi demostrar e avaliar o cumprimento das metas fiscais, conforme previsto no parágrafo quarto do artigo novo da Lei Complementar nº 101, de 4 de maio de 2000, a Lei de Responsabilidade Fiscal.

A receita realizada no quadrimestre foi de R$ 83,57 milhões, enquanto que a despesa chegou a R$ 77,81 milhões, havendo um superávit orçamentário na ordem de R$ 5,76 milhões.

As receitas compreendem repasses da União e Estado, além dos impostos, tacas e contribuições, entre outras. Enquanto que as despesas se referem a pagamento de pessoal e encargos sócias, pagamentos de juros da dívida, investimentos e outros.

De acordo com a prestação de contas feita pelo secretário Celso Elli, as áreas em que houve maior investimento, pela ordem, foram: Saúde com R$ 18,46 milhões, 23,73%; Educação, R$ 16,05 milhões, 20,63% e Obras e Serviços Públicos que exigiu a aplicação de R$ 13,74 milhões, 17,66%.

Aplicação no Funprev (Fundo Previdenciário) no valor de R$ 5,90 milhões, 7,59%. Valores aplicados em outras áreas da municipalidade como Finanças, R$ 5,12 milhões, 6,59%; Assistência Social, R$ 4,26 milhões, 5,47%; Cultura e Esportes, R$ 3,74 milhões, 4,80%; Administração, R$ 3,19 milhões, 4,10%; Geral do Gabinete, R$ 2,94 milhões, 3,78%; Legislativo, R$ 2,01 milhões, 2,59%; Planejamento, R$ 874,15 mil, 1,12%; Indústria, R$ 839,10 mil, 1,08%; Procuradoria, R$ 488,85 mil, 0,63%; Controladoria, R$ 103,60 mil, 0,13% e Gabinete da Vice-Prefeita, R$ 68,63 mil, 0,09%.

A audiência contou com a participação de vereadores, assessores da Câmara Municipal, presidentes de bairro, e a comunidade em geral.