ONLINE
13




Partilhe esta Página

S

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

D

S

C

S

S

D

S

s  

D

 

MDA

A

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS


ADTB vence a nona consecutiva no paranaense
ADTB vence a nona consecutiva no paranaense

Veia, goleira de 55 anos, fez sua estreia

FONTE: PMTB

s

2019-08-27 às 08:32:47) A manhã de domingo, 24 de agosto, será lembrada pela ADTB e sua torcida, não apenas pela vitória sobre Colombo, por 5 a 1, a nona consecutiva no Campeonato Paranaense de Futsal Feminino Adulto, mas principalmente pela estreia da atleta Vera Lúcia, a Veia, goleira de 55 anos, recém contratada pela Desportiva.

Por outro lado, o local do jogo, o Ginásio Clodomiro Miguel Fernandes, o Miguelzinho, pela primeira vez foi palco de um jogo oficial da ADTB pelo paranaense marcando a inauguração do novo piso e das instalações da área esportiva revitalizada pela Administração Municipal. O secretário geral de Gabinete, Nando Matos, prestigiou o evento e ficou na torcida pelas meninas de TB.

Para o treinador das Panteras, o técnico Anderson Valério o jogo e a vitória teve um sabor diferente. “Foi um dia especial por podermos fazer o que amamos e mais uma importante vitória. Conscientes do que precisamos evoluir, rumo ao nível de excelência que imaginamos. Mas o que precisamos ressaltar foi a estreia e a homenagem para nossa goleira Vera Lúcia, a Véia e por isso especial. Tão especial para nós, para as nossas cores, especial para a própria Veia, para a nossa torcida e para as pessoas, amigos, familiares que se deslocaram de Paulo Frontin, de União da Vitória, até a Capital do Papel”, afirmaram emocionado o treinador.

Ainda sobre a longevidade da atleta no esporte, Anderson destacou que Vera Lúcia é de fato um exemplo para todos.

“Sempre sejamos gratos por dias especiais como o de hoje, grato de forma muito querida a nossa goleira Veia, que realizou o seu sonho. A idade, com sabedoria, é sempre um fator de alento, de motivação. Por isso, a gente sente orgulho, por ver mais uma história do esporte, mais um exemplo de vida, a serviço do esporte, que serve de referência para todas as gerações. Sempre importante termos a consciência que para termos um futuro, é de suma importância, respeitarmos o passado para entendermos os processos do presente”, finalizou o treinador Anderson.