ONLINE
9




Partilhe esta PŠgina

C

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

D

S

C

S

S

S  

D

 

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

A


ABUSO: TB ť a cidade do barulho
ABUSO: TB ť a cidade do barulho

Motos com escapamentos abertos e carros com som alto a qualquer hora

2020-09-23 às 08:45:47) Um dos maiores problemas de sonoridade em Telêmaco Borba hoje, e que em todo Brasil se agravou com o período de pandemia, são os escapamentos abertos das motocicletas, ou mobiletes ou similares – estas últimas, por muitas vezes, conduzidas por adolescentes e sem nenhuma regulamentação.

Quando se tratando de menores, outra situação é que se houver acidente, em geral, as custas ficam por conta dos condutores de veículos regulamentados, emplacados e que já pagam impostos: Neste caso, são penalizados duas vezes!

Cabe lembrar, que a Polícia Militar em seu setor de Trânsito, tem se esforçado neste sentido, mas que a situação está ficando caótica para quem tem enfermos em suas casas, crianças recém-nascidas, ou que são invadidas no eterno direito ao descanso, depois de um dia todo de trabalho! Celebrações de eventos religiosos e atos privados, também produção de áudios-visuais... nem pensar sem que haja essa invasão!

Quanto ao horário normal, o período comercial, nada dá o direito, a tantos motoqueiros, quanto proprietários de carros, terem seus equipamentos de som, exorbitando qualquer nível, acima do permitido! Fica a pergunta: Quer escutar uma música em seu veículo?... a sim... você quer, e os demais, têm alguma obrigação de as ouvir?

Não se trata de som comunitário, e é a impressão que se tem! O pior, é que em geral, uma letra mais “suja” que a outra nas tais músicas, que traz constrangimentos a familiares que aderem por uma vida de disciplina com seus filhos.

 

MOTOBOYS

Outro aspecto, e aqui o Oberekando sabe que algumas coisas quando o jornalismo toca, é meticuloso, como posicionamentos que envolvam religião, são diversos entregadores volantes, os motoboys, que com escapamentos abertos, são vistos após suas entregas, sejam para comemorar mais um serviço concluído, ou sabe-se lá pra que, o fazem com altas rotações e suas máquinas tornam-se ensurdecedoras! E porque os moradores, em suas casas, têm que pagar essa conta?

Pior é a alta velocidade e manobras! Quantos acidentes acontecidos! Pede-se que também, os empregadores não exijam tanta rapidez, de seus funcionários fixos!

Quem sabe, com esse exagero tanto de motocicletas como de carros – conforme acima descritos -, a TBTran futuramente, ou a Guarda Municipal, que está, é sabido, hoje com a atribuição de Guarda Patrimonial, e merece aplausos, porque auxilia em muito em todos os aspectos – não possam ajudar os telêmacoborbenses a terem o sossego de volta neste aspecto!

Jamais pode se encerrar esta matéria, sem antes, parabenizar a todos os motoboys, que especialmente neste tempo de pandemia, foram e são, essenciais, e diga-se de passagem, não pararam! Como seria nossa rotina sem esses profissionais com essa surpresa que pegou o mundo todo?

No entanto, exija da empresa que te fornece serviços, algo que jamais dará demissão de algum motoqueiro: que ele tenha escapes em suas motocicletas com ruído normal e jamais os conhecidos escapes abertos!

A princípio, isso soa ser duro, porque tem que se ter coragem para pedir, ou publicizar, mas assim como foi o caso dos foguetórios em Telêmaco, diminuídos em muito, em respeito aos pets, não será difícil a cada empresário, pedir que seus entregadores sejam, antes de tudo, respeitadores do Código Nacional de Trânsito, e depois, cidadãos e respeitadores da privacidade do próximo, quando não causam, barulhos excessivos! Compre em lojas, lanchonetes, restaurantes, pizzarias, autopeças e demais, que respeitam essa questão!

FARÓIS DESLIGADOS A NOITE: Mais uma situação, que parece fashion aos condutores, mas que para idosos e pessoas que têm deficiências, não o é, além de se tratar de infração de trânsito, são aqueles que à noite, usam apenas os faróis menores de seus veículos! Num momento em que se - fora do período de pandemia -, procura-se sossego e um transitar nas ruas e avenidas no começo de noite, pode acarretar uma situação de risco... aos pedestres... claro! 

--

D