ONLINE
12




Partilhe esta Página

S

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

D

S

C

S

S

D

S

s  

D

 

MDA

A

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS


700 profissionais no Semeando Educação da Klabin
700 profissionais no Semeando Educação da Klabin

Encontro reuniu professores e funcionários de 65 escolas municipais da região

FONTE: KLABIN

D

2019-08-29 às 15:35:14) Cerca de 700 professores, diretores e funcionários das escolas municipais de Telêmaco Borba, Imbaú e Ortigueira estiveram reunidos na última sexta-feira (23) no primeiro evento de sensibilização da fase municipal do programa Klabin Semeando Educação, que tem como objetivo auxiliar na gestão escolar e contribuir com a melhoria do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica). Para promover o engajamento dos participantes, foi apresentada a palestra “Gestão da sala de aula – Construindo caminhos para uma aprendizagem significativa” pelo professor da UERJ (Universidade Estadual do Rio de Janeiro), Júlio César Furtado dos Santos, doutor em Ciências da Educação, Mestre em Educação e Psicopedagogo.

Desenvolvido em parceria com a Interação Urbana, consultoria técnica especializada em gestão pública e educacional, o Klabin Semeando Educação deve atingir 65 escolas, cerca de mil professores e 11 mil alunos da Educação Infantil e dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental da região. Em sua primeira fase, dedicada às escolas estaduais, houve uma evolução média de 23% no Ideb dos municípios contemplados – crescimento maior do que a média do Paraná e do Brasil.

“É importante reforçar, nesse momento, essa parceria que une professores, funcionários, servidores públicos em geral e a iniciativa privada, trabalhando no sentido do que se tornou um consenso sobre o que o país mais precisa: a educação. E esse compromisso está descrito na Política de Sustentabilidade da Klabin”, afirma Uilson Paiva, gerente de Relações com a Comunidade da Klabin.

O projeto visa preparar os alunos para lidar com os desafios do mercado globalizado - objetivo que exige uma educação pública equitativa, inclusiva e de qualidade. Para isso, propõe o desenvolvimento de competências para gestores educacionais e escolares e mobilização social em prol da educação, ações que devem resultar na melhoria da aprendizagem dos alunos. O projeto apoia-se na constituição de um Arranjo de Desenvolvimento da Educação (ADE), pelo qual as redes municipais podem buscar soluções colaborativas para seus diferentes problemas de ensino e aprendizagem.

“Trabalharemos a gestão escolar, formação de educadores e boas práticas pedagógicas, além de ter um olhar sobre a estrutura física de cada escola, com o propósito de trabalhar o papel do gestor na escola, mas também de formar professores para trabalhar nas áreas de conhecimento”, destaca Mauro Zanin, sócio da Interação Urbana.

“Já participamos deste projeto anteriormente, quando o Semeando Educação foi realizado junto à rede estadual, o que foi ótimo. Nossos índices aumentaram, assim como a nossa visão sobre a gestão escolar. Na época, foram atendidas escolas das mesmas cidades, o que gerou um aumento do rendimento dos alunos e estabeleceu perspectivas do que poderíamos melhorar e desenvolver dentro de nossas escolas estaduais”, atesta Gisele Fabrício Carneiro Vieira, assistente técnica do Núcleo Regional de Educação de Telêmaco Borba. 

  

SOBRE O PROJETO

O projeto Semeando a Educação foi implantado, inicialmente, nas escolas estaduais, por meio de uma parceria com a Secretaria de Estado da Educação do Paraná. Aplicado em 31 escolas de Telêmaco Borba, Ortigueira e Imbaú, beneficiou mais de 11 mil estudantes do 6º ao 9º ano. Os resultados foram muito positivos. O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), que é calculado com base no aprendizado dos alunos em Português e Matemática (Prova Brasil) e no fluxo escolar (taxa de aprovação), mostrou que houve, entre 2015 e 2017, evolução nos três municípios: Telêmaco Borba (41%), Imbaú (16%) e Ortigueira (13%).

 

SOBRE A KLABIN

A Klabin é a maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil, líder nos mercados de embalagens de papelão ondulado e sacos industriais e única companhia do país a oferecer ao mercado uma solução em celuloses de fibra curta, fibra longa e fluff. Fundada em 1899, possui 17 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Somente no Paraná, gera mais de 10 mil empregos (diretos e indiretos), em mais de 25 municípios próximos das operações da companhia, principalmente, na região dos Campos Gerais.

A empresa é pioneira na adoção do manejo florestal em forma de mosaico, que consiste na formação de florestas plantadas entremeadas a matas nativas preservadas, formando corredores ecológicos que auxiliam na manutenção da biodiversidade. A área florestal da companhia no Paraná compreende o total de 342 mil hectares, sendo 142 mil de mata nativa. A Klabin também mantém um Parque Ecológico, na Fazenda Monte Alegre, em Telêmaco Borba, para fins de pesquisa e conservação, atuando no acolhimento e reabilitação de animais silvestres vítimas de acidentes ou maus-tratos, auxiliando o trabalho de órgãos ambientais. Além de contribuir para a preservação da flora e fauna da região, inclusive de espécies ameaçadas de extinção.

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável. Na região dos Campos Gerais a Klabin desenvolve boa parte dos seus programas socioambientais, com destaque para “Matas Sociais - Planejando Propriedades Sustentáveis”, Matas Legais, Projeto de Resíduos Sólidos, Crescer Lendo, Programa Caiubi, Força Verde Mirim e Protetores Ambientais.

A companhia também aderiu aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, é signatária do Pacto Global e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, e busca fornecedores e parceiros que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

 

Saiba mais: www.klabin.com.br

 

CONFIRA TAMBÉM:

ESCUTE O MINUTO KLABIN 48!