ONLINE
12




Partilhe esta Página

S

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

D

S

C

S

S

S  

D

D

 

a

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

s


26º Batalhão apresenta números de 2019
26º Batalhão apresenta números de 2019

Aumento de ações policiais e queda de ações criminosas

FONTE: PMTB

s

2020-01-09 às 08:54:59) O 26º Batalhão de Polícia Militar (26º BPM), com sede em Telêmaco Borba, apresentou nesta semana os números referentes as ações de segurança pública no ano de 2019.

De acordo com o relatório geral da PM, foram registrados 9.852 boletins de ocorrências; atendidas 5.215 ocorrências e realizadas 148 operações policiais.

Na apreensão de drogas, os policiais militares tiraram de circulação 114 quilos de maconha, seis quilos de crack e dois quilos de cocaína.

Houve o registro de 1.218 pessoas detidas, destas 1.007 foram presas e 211 apreendidas.

Foram cumpridos 291 mandados de prisão. A PM ainda apreendeu 169 armas de fogo.

No Pelotão de Trânsito registrou 523 veículos apreendidos, 3.499 autos de infração e 112 prisões por embriaguez ao volante.

Conforme dados oficiais da Polícia Militar, do 4º Comando Regional e do 26º Batalhão de Polícia Militar chega-se a um resultado na diminuição dos índices de criminalidade em relação ao ano de 2018.

Diminuição de 11% nos furtos, 14% nos roubos, 36% nos furtos de veículos e 28% no roubo de veículos.

Outro dado extremamente importante constata-se na diminuição de 17% nos homicídios dolosos e 37% nos casos de perturbação de sossego.

O comando do 26º BPM, sob a responsabilidade do major, Marcos Ginotti Pires, agradece o empenho e o compromisso dos policiais militares na execução de suas atividades.

O major Ginotti ressalta o apoio importante do Governo do Estado, Prefeitura, Câmara de Vereadores, do Poder Judiciário, Ministério Público e da parceria com a Policia Civil de Telêmaco Borba.

O relatório geral de ocorrências se refere a todos os 10 municípios que compõem o 26º BPM que são: 1ª Cia  - Telêmaco Borba; 2ª Cia - Ortigueira, Imbaú, Curiúva, Sapopema e Figueira e 3ª Cia Reserva, cândido de Abreu, Tibagi e Ventania.

xs