ONLINE
8




Partilhe esta Página

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

S

D

C

S

s  

D

 

MDA

s

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

S


2º QUADRIMESTRE: R$ 15,7 milhões em Saúde
2º QUADRIMESTRE: R$ 15,7 milhões em Saúde

Audiência aponta investimentos em TB

FONTE: PMTB

d

2018-10-02 às 07:10:41) A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, apresentou na quinta-feira, 27 de setembro, às 19 horas, no Plenário da Câmara Municipal de Vereadores, a Audiência Pública da Saúde referente ao 2.º Quadrimestre de 2018, correspondente aos meses de maio a agosto.

Os técnicos da Prefeitura, Arnaldo José Bueno pertencente a Administração Financeira do Município e a chefe da Divisão de Saúde Pública, Marlise Marcondes, apresentaram, respectivamente, os recursos aplicados e investimentos realizados e as ações promovidas na área de saúde nos últimos quatro meses do ano.

O secretário municipal de Saúde, Dr. Ede Pukanski, participou do evento que contou com a presença da comunidade, vereadores e presidentes das associações de moradores.

No aspecto econômico, a Administração Municipal aplicou no 2º quadrimestre R$ 15,7 milhões em saúde, o que representa o percentual de 22,61.

Segundo informações da Contadoria Geral do Município no 1º quadrimestre do ano o valor foi de R$ 18,8 milhões.

Perfazendo nos primeiros oito meses de 2018 o total de R$ 34,5 milhões em saúde.

“É um valor alto, porém em saúde sabemos que a necessidade é sempre maior. Mas a Administração do prefeito Dr. Marcio Matos prima por oferecer uma saúde cada vez mais com qualidade, seja no atendimento à população e como na resolução dos problemas de sáude”, frisou o secretário Dr. Ede.

O número de nascimentos no quadrimestre deste ano chegou a 377, no ano o número chega a 769.

Dados apresentados pela Divisão de Saúde Pública constam 183 óbitos em geral no quadrimestre, tendo como a maior causa de doenças do aparelho circulatório (56), seguidas de neoplasias, tumores (30) e do aparelho respiratório (22). No ano o número de óbitos totaliza-se 331.

O trabalho preventivo tem sido focado pela gestão em saúde, nas campanhas de vacinação contra a pólio a cobertura foi de 95,19% com mais de 11,2 mil doses e o sarampo com 95,12 da meta alcançada. Contra a influenza (gripe) mais de 13,5 mil doses aplicadas, cobertura de 88,74%.

A Clínica da Mulher atendeu 2,3 mil consultas ginecológicas no quadrimestre, no ano o total chega a 4 mil, realizou 1012 mamografias no período.

As campanhas de prevenção e orientação deram ênfase ao Agosto Dourado valorizando a amamentação, benefícios para a criança e a mãe.

A Administração está investindo na capacitação dos servidores da saúde, a exemplo dos agentes comunitários, que receberam treinamento pela equipe do Hospital Pequeno Príncipe.

Na saúde bucal os números são expressivos, escovações 7,5 mil, 4,1 mil ações de fluoretação, 1,3 mil exames clínicos e 3,2 mil restaurações.

Na unidade básica de saúde da Vila Esperança foi implantada a Equipe de Saúde Bucal, com novos equipamentos.

O CAPS – Centro de Atenção Psicossocial atende e acompanha regulamente 430 pacientes, 322 com transtorno mental e 108 com dependência química.

A cobertura de visitação de imóveis no combate à dengue foi realizada por ciclos, houve 5 notificações de dengue, nenhum caso confirmado, assim como não houve notificação e nem caso confirmado de zika ou de febre chikungunya.

Houve mutirão de combate ao mosquito Aedes em maio nos bairros Vila Isabel, São Silvestre, Área 7 e São João.

Consultas médicas pelo programa Estratégia da Família chegaram a 35,7 mil no quadrimestre, no ano o número ultrapassa a 71,2 mil.

A UPA – Unidade de Pronto Atendimento atendeu 23,4 mil consultas no período, no ano já são 41,5 mil consultas médicas.

Enquanto que a assistência farmacêutica, na Farmácia Central foi de 13 mil atendimentos no quadrimestre, no ano 28,4 mil, na UPA 9,9 mil no período, e no ano 21,8 mil.

Viagens para Tratamento Fora do Domicílio 17,9 mil, no ano o atendimento chega a 32,6 mil.

O somatório das consultas médicas, APS, UPA, especialidades, chega a 77,7 no quadrimestre, no ano já são 143,1 mil consultas.

A Prefeitura investe em média R$ 200,99 em saúde por habitante, segundo o IBGE a população de Telêmaco Borba possui em 2018, 78.135 habitantes.

Presentes na audiência o vereador Élio Cezar ‘Fubá’, assessores de vereadores, servidores municipais, presidentes de Associações de Moradores e munícipes.