ONLINE
15




Partilhe esta PŠgina

D

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

D

S

C

S

S

AWEF

swd

S 

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

X


PAULO: SindServ TB abordou pautas diversas
PAULO: SindServ TB abordou pautas diversas

Desconto previdenciário, nova sede, e insalubridade aos profissionais da Saúde

 zs

(Foi solicitado pelo Oberekando foto sem máscara, que fora posta logo em seguida)

 

2021-06-10 às 16:33:04) Na manhã desta quinta-feira, foi entrevistado pelo Oberekando, o gestor diretor do SindServ de Telêmaco Borba, Paulo Cesar de Oliveira. Diversos assuntos foram tratados com o vice-presidente, que inclusive, preside também, o Grebserv.

A mudança da sede, antes no BNH, para a Rua Angelo Dalcol, no número 254, foi informada: “Viemos mais pro centro (da cidade), ficando no coração das secretarias e também da Câmara, facilitando muito bem o acesso”.

 

AUMENTO DA ALÍQUOTA DE 11, PARA 14% NO DESCONTO DA PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES

Ele disse da adaptação da Lei que veio do Governo Federal, que foi apresentada pelo Executivo no Projeto de Lei Ordinária Nº 025/2021, no tocante ao desconto previdenciário, no caso pelo Funprev de Telêmaco Borba, de 11 para 14%. Lembrou que ao Sindicato, pela Lei Federal Artigo 8º, é garantida a luta em defesa de sua classe, e que isso não faltou por parte deles.

A proposta do SindServ, já que veio uma Lei “engessada”, era que esse aumento de percentual, que já foi assinada e publicada pelo prefeito, fosse gradativo ao bolso do trabalhador, com descontos de 1% ao ano, até se chegar ao total que foi aprovado. “Quero deixar claro aqui, que a Lei Federal existe, mas cada Estado e Município deveria ver a forma mais fácil e amenizada para fazer esse desconto, mas aqui não foi possível. Por que não foi possível? Porquê nosso déficit do Fundo Previdenciário se encontra alto. Então estamos batendo nessa tecla e vamos buscar informação, o porquê este déficit nosso se encontra alto!”. Lembrada da afirmação do presidente da Câmara, ao Oberekando, na entrevista no dia da votação do novo índice, quanto até mesmo a abertura de uma CPI para ver o que levou a certas situações no Funprev, disse sim, que será protocolado junto à Câmara, pedido de informações com esses questionamentos, “porque eu como servidor público, eu contribuo para o fundo e ele vai me beneficiar em minha aposentadoria. Então é o meu futuro, é o futuro do servidor público e efetivo direto, de como está o fundo e até quando nós vamos manter o fundo?”.

 

TERCEIRIZAÇÃO

Ele ressalta o número de servidores, exemplificando em 1994, quando eram 12 carpinteiros, e era até bonito encima de um telhado, um martelo batendo no outro, ao comentar a não reposição desses cargos. Como será o futuro, sendo que na lógica, são os ativos que pagam aqueles que são aposentados e pensionistas, além, obviamente, do que se tem de recursos em caixa. Neste sentido, outra grande preocupação dele é a questão das terceirizações, e até fez um pedido ao Legislativo, neste sentido, “que   todo projeto que chegar lá, de terceirização, que ele venha nos debater, com o Sindicato, para se ver a melhor forma, mas a terceirização no serviço público, eu repito, é você eliminar o servidor público efetivo, então temos muita preocupação a respeito disso, que pode afetar muito o Fundo Previdenciário”.

Fez questão de citar o vereador Helio Cesar Fubá, que foi, quem em nome da Câmara, procurou o SindServ para discutir o projeto, e que não tem do FunPrev, nem o celular ou email, evidenciando que não foi procurado para discutir essa questão, e que isso o deixou bastante triste. Outro questionamento dele foi que este projeto foi votado e não foram discutidos pareceres e deve entrar com uma ação, quanto a isso, pois “da forma com que foi conduzido parece que – ou melhor, é assim... é 14% e acabou!”.

 

ADICIONAL DE 40% DE INSALUBRIDADE AOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE

Uma tecla, que informou o SindServ, tem sido batida desde o ano passado, foi o adicional de 40% de insalubridade, solicitado ao prefeito, para os profissionais da Saúde: “Pedimos que ele olhasse com carinho, porque enquanto nós estamos fechados em nossa casa, eles estão lá, cuidando, salvando vidas!”.

A adesão de servidores ao Sindicato aumentou consideravelmente, especialmente depois da aprovação do Ticket Alimentação e da extensão em seis meses, da licença maternidade, aos trabalhadores da municipalidade, e informou Paulinho também de outros benefícios, como hoje, a entidade ter dois advogados à disposição. O cartão do SindServ por exemplo, é de grande credibilidade no comércio local, e facilita a vida dos associados: Com isso, foi resgatado ao servidor o poder de compra, e do comércio, de venda, pela credibilidade conquistada pelo Sindicato.

É presidente do SindServ – Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Telêmaco Borba, Adirlei Soares da Silva.

--

D