ONLINE
13




Partilhe esta Página

d

DFF

d

ACITEL

s

sr

S

a

A

S

D

C

S

s

d

 DRTE 

D

 MDA

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

A


Missão de TB ajudará crianças sírias
Missão de TB ajudará crianças sírias

Eles viajarão para Jordânia, fronteira de abrigo de muitas crianças do país vizinho

S

2018-03-13 às 04:32:55) Entrevistado desta segunda-feira, Eduardo Copele falou de sua ida com intuito humanitário e missionário, à Jordânia, em auxílio às crianças sírias que procuram fugir do país em conflito, por esta fronteira. Unidos nesse intuito, iniciativas interdenominacionais, com várias igrejas participando, inclusive, membros da RCC de Telêmaco.

Disse que a ação é de suma importância, não só para o coração dele, da Batista Betel, mas de todas as pessoas que estão indo para este projeto, que levará também com partida no dia 09 de abril, a pastora Maria José Tavares Fiori e a Dra. Claudiane Pinto. “O intuito deste projeto, em primeiro lugar, é levar o amor às pessoas que não tem. Pessoas que estão fugindo desta guerra, que está, não só destruindo, como tirando o prazer mesmo de viver”. Aqueles que conseguem fugir da Síria, procuram abrigo na Jordânia.

Já existe uma base no local, pessoas sendo ajudadas e devidamente cadastradas e outras que novas, estão entrando na relação para serem ajudadas: “Vamos lá para somar e dar oportunidade para alcançar mais pessoas”.

Respondendo aquela pergunta que muitos fazem até por instinto, do por que ajudar crianças de fora, se muitas, por exemplo, ao nosso redor necessitam, a resposta não deixa dúvidas, que por mais dificuldades que se possa passar aqui, nada se compara a situações, como, em que crianças que conseguem fugir até a fronteira e passar para a Jordânia, já tiveram seus pais assassinados, antes. Chegam totalmente órfãs e desorientadas, e a procura, por exemplo, de um simples pouco de água. No entanto, explicou ele, que um dos líderes desse trabalho, está no Piauí, ajudando crianças deste Estado brasileiro.

 

EXPERIÊNCIA ANTERIOR NA ÁFRICA

Eduardo já esteve, anteriormente, numa missão em Burkina Faso, na África, que na época, 2014, era o terceiro país mais pobre do mundo, e recebia habitantes de Mali. Recordou que enfrentou calor de 53 graus, e ao ser necessário se hidratar por não se conviver aqui no Brasil com essa temperatura, ao pegar em certa ocasião um saquinho de 200 ml de água, narrou: “vi os olhos delas desejando aquilo. Eu abri o saquinho e ofereci. E o que mexeu comigo foi o seguinte: Para nós 200 ml é o simples fato de encher a boca e já foi. Mas elas pegaram aquele saquinho de água e dividiram em mais de dez crianças, e todas ficaram felizes”.

Copele disse, por exemplo, dos casos das crianças de seis ou sete anos, que estão cuidando de seus irmãos menores cujos pais e toda família foram dizimados, e esses não têm a quem chegar, ou recorrer.

 

 COMO AJUDAR. ALÉM DE DOAÇÕES DE BRINQUEDOS

Eduardo, a pedido do site, deixou seus contatos, seja no Facebok como Eduardo Copele, ou mesmo telefônico, o celular (42) 9 9905 – 0224, para quem desejar, sentir no coração de ajudar e saber mais. Também deixou dados bancários, caso alguém queira auxiliar em dinheiro: AGÊNCIA BRADESCO 67190, CONTA CORRENTE 17.750-4 (EDUARDO GONÇALVES COPELE). Por rede social (Face e Instagram), ele vai estar prestando contas.

d         d

Por fim, disse que está sendo feita uma ação entre amigos, sorteio de dois prêmios: 1ª) um quadro que ele recebeu do Haiti, e também 2ª) Uma calça DiCorpo e uma caixa de sabonetes Natura, para se obter fundos.