ONLINE
13




Partilhe esta Página

d

DFF

d

ACITEL

s

sr

S

a

A

S

D

C

S

s

d

 DRTE 

D

 MDA

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

A


Dr. Márcio e razões para se comemorar 54 anos
Dr. Márcio e razões para se comemorar 54 anos

Quais são essas, quais as principais conquistas, desafios e planos?

d

2018-03-09 às 23:54:08) A menos de uma semana para o início dos festejos dos 54 anos de Telêmaco Borba, o prefeito da cidade, Dr. Márcio Artur de Matos, recebeu ao site Oberekando para um apanhado geral das conquistas e projetos e as razões pela qual essa deve se sentir presenteada, em termos de obras e benefícios.

Na manhã desta sexta-feira, em seu gabinete, expressou: “Dizer que a gente está ai trabalhando, desejamos fazer uma série de transformações ainda na cidade. A cidade está se transformando, e através do trabalho”, acrescentando que se está conseguindo realizar aquilo que se havia pensado, “e agora estamos planejando outras ações lá na frente, porque Telêmaco Borba tem que ser pensada como uma cidade grande”.

O período no cargo, de um ano e dois meses, descreve como difícil por uma série de adaptações que se fizeram necessárias, e que tem em sua equipe pessoas que trabalham com muita dedicação e vontade, seja de “ver as coisas acontecerem assim como com orgulho de sua cidade”.

 

CIDADE GANHANDO CARA NOVA: A revitalização das praças, “que fizemos o mais grosso e temos que terminar ainda, são praças que a população, que a família começa a frequentar, e você vê que elas começam a dar uma importância muito grande a isso. Eu fui criticado ‘- Só pensa em praça?’ Não, nós não estamos só pensando em praça!”, enumerando as reformas em escolas “que a muito tempo não tinha. Estamos fazendo recapeamento – asfalto novo na cidade inteirinha, e até o final do ano, seguramente, eu quase que posso garantir, que toda a cidade vai estar recapeada”.

“PEÇO PACIÊNCIA”: A organização do trânsito, a dificuldade para se colocar crianças nas escolas Cmeis, e as obras desse segmento que estavam paradas: Pediu que a população tenha paciência, pois está se vendo a questão da fila de espera.

 

SEGURANÇA: Neste período, disse ele, se foi muito atrás da segurança. Trazer a Polícia Militar no antigo prédio do Conseg (Conselho de Segurança), as câmeras “que estavam abandonadas já estão funcionando”, uma defasagem de 150 homens, de acordo com Matos, é encontrada no efetivo do Batalhão para TB. De 83 novos soldados vindos do curso, apenas dois eram desta cidade, e dos que vieram para cá, com o tempo eles pedem para retornar ao seu local de origem. Uma das ofertas feitas ao Batalhão são as instalações onde era o Tiro de Guerra, tanto para uso de treinamento como cursos de formação de novos policiais, assim como também utilizar o lugar também de alojamento para atletas e demais fins. O caso de Giovane foi citado, bem como de uma outra morte hoje no São Luís. Fora inclusive, guardado durante a entrevista em vídeo, alguns instantes de silêncio em respeito aos familiares enlutados, a pedido do Oberekando.

 

CENTRO DE EVENTOS: Aquele local havia sido cedido para a construção de uma penitenciária, referindo-se ao Cense, e informou que essa obra será nas proximidades do Sintracon e o IML próximo do Hospital Regional e não nas proximidades da UEPG. O Centro de Eventos será um local para uso constante e para encontro das famílias. “Queria conclamar a população para olhar o Centro de Eventos com muito carinho e que nos ajude a cuidar daquilo”. Este Centro de Eventos não é só para o aniversário da cidade.

 

SAÚDE: A inauguração do Hospital Regional deve ter inicialmente o funcionamento de maternidade e pediatria com UTI, mas o objetivo é que ele tenha pediatria, obstetrícia, UTI, clínica médica e quanto a clínica cirúrgica “será lutado para isso, e vamos trazer a extensão da residência médica do Hospital Regional de Ponta Grossa para Telêmaco”. O ambulatório do Erasto Gaertner está sendo instalado no antigo Pam e isso dará maior alento a quem necessita sempre pegar a estrada para ir até Curitiba. A realização de exames diagnósticos, disse o prefeito, que vai tentar com que, dialogando com médicos e clínicas da cidade, passe a tê-los feitos aqui mesmo, também não necessitando o deslocamento dos pacientes e oportunizando esses profissionais de Telêmaco: “Vou conversar com os médicos e clinicas aqui para eles ofertarem mais serviços, mais tomografias, mais ressonâncias, mais eletrocardiogramas, mais ultrassons, para a gente fazer o máximo possível aqui, e levar para Curitiba ou outras cidades, só o estritamente necessário”. E nesse estritamente necessário, pensa Artur em um transporte coletivo de qualidade, e inclusive, com a economia de uso de carros menores, consiga fornecer um kit lanche aos pacientes.

 

FORÇA DAS ASSOCIAÇÕES DE MORADORES A EXEMPLO DO JARDIM UNIÃO: Comentou o prefeito, que pela falta de documentação dos terrenos, ninguém fazia nada por ali, e foi levada água e esgoto, e duas ruas, pequenas, ganharam o asfalto a frio.

 

ARTESANATO E COMÉRCIO: satisfeito, disse do sucesso da feirinha de artesanato, e que com a reforma da rodoviária, tanto esses quanto os vendedores ambulantes que há anos trabalham no estacionamento da mesma, para dentro dela irão. Na área central na avenida, será combatido o comércio paralelo que atrapalha os lojistas que pagam seus devidos impostos. Para o ano que vem, ele também anunciou que pretende ter ao artesanato, um espaço garantido no Centro de Eventos, durante todas as festividades. “Quando você faz as coisas para a população e você está mostrando serviço, automaticamente, quando você pede para a população te ajudar, ela te ajuda!”, expressou, satisfeito. “Mas se você tiver um prefeito ausente, um poder público que não liga, como é que ele vai pedir? Então nós vamos organizar nossa cidade, mas eu quero que vocês tenham paciência”.

Ao lembrar que o Dr. Eros Danilo quando prefeito teve o ato de onde era o CTG trazer o Instituto Federal do Paraná, e o elogiou pela coragem disto especialmente de quanta crítica este teve que ouvir e hoje a importância desta instituição para Telêmaco, também Márcio anunciou que, atrás do Centro de Eventos, voltará a cidade, a ganhar o CTG. A manutenção do vínculo com a UEPG foi falada quando o prefeito teve a instalação do curso de Direito.

No bate-papo, um pouco da política nacional e de como ele vê o panorama, e até mesmo a filiação, ontem, de Jair Messias Bolsonaro, a um partido que possivelmente possa ele concorrer à presidência, e um governo com ares militares, vir a retomar o Planalto Central. Disse ser favorável ao voto não obrigatório, mas sim de consciência, e também antes, anseiou que a população tenha uma maior cultura na hora do voto, ou seja, política.

No Estado do Paraná, disse da admiração que tem por Beto Richa, e que mesmo ele tendo pago o preço, o Paraná hoje não está passando por crises como se vê outros no país, porque ele fez a lição de casa.