ONLINE
16




Partilhe esta Página

D

DFF

d

ACITEL

s

sr

S

S

S

a

A

S

D

S

s

d

 DRTE 

D

 MDA

s

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

sd


CCA conhece o Projeto Pescar da Braslumber
CCA conhece o Projeto Pescar da Braslumber

Atividade compôs atividades do Dia Internacional do Jovem Trabalhador

FONTE: PMTB

d

2018-05-08 às 09:08:48) De 23 a 27 de abril, o Centro de Convivência do Adolescente, trabalhou o tema referente ao Dia Internacional do Jovem Trabalhador.

Conforme a professora Luciandréa Camargo, coordenadora do CCA, sobre este tema objetivou-se com os adolescentes discutir sobre a situação atual do mercado de trabalho, importância dos estudos e qualificação profissional, desenvolver autonomia e reflexão de um projeto de vida, também, conhecer sobre empreendedorismo e as novas profissões.

Desenvolveu-se na semana uma roda de conversa sobre leis e oportunidades, direito, primeiro emprego. Cine Fórum com filme “A Fuga das Galinhas” com a proposta em trabalhar a importância da criação de um Plano de ação com objetivos claros e estratégias para alcançá-los, também o filme: “O Preço do amanhã” com a turma que frequenta a tarde. Exploração da música Fábrica (Renato Russo). Pesquisa notebook sobre a Lei do Aprendiz e finalizando com a visita à empresa Braslumber para conhecer mais sobre Projeto Pescar.

Em paralelo aconteceram também no CCA a recreação, Projeto Religiosidade, Projeto Futsal e Lutas.

Puderam ainda no dia 27/04 comemorar os aniversariantes do mês de abril com a tradicional Baladinha dos Aniversariantes, momento de descontração e lazer em que comemoramos a importância da vida.

 

SOBRE O DIA 24 DE ABRIL - DIA INTERNACIONAL DO JOVEM TRABALHADOR

A Constituição brasileira, por meio da Emenda nº 20, de 1998, proíbe a realização de qualquer trabalho por menores de 16 anos, exceto na condição de aprendizes, a partir dos 14 anos.

Por sua vez, o Estatuto da Criança e do Adolescente, em vigor desde 1990, exige o acesso e a frequência obrigatória no ensino regular e que as atividades exercidas sejam compatíveis com o desenvolvimento dos jovens.

Dos 30,32 milhões de brasileiros com idade entre 16 e 24 anos, 20,23 milhões são economicamente ativos. No entanto, 18,9% estão desempregados. Este índice é quase o dobro da taxa geral de desemprego.

Cerca de 35% dos jovens ocupados não concluíram o ensino fundamental e outros 34,5% têm, pelo menos, o ensino médio completo. Além disso, 24,45% dos jovens brasileiros trabalham e estudam.

A maioria tem rendimento de meio a dois salários mínimos e está empregada nas áreas de comércio e reparação (22,3%), agricultura (19,3%) e indústria de transformação (15,4%).

Quanto à formalidade do trabalho, 34,7% têm registro em carteira e 30,5% não são registrados, enquanto 10,1% atuam por conta própria e 11% não são remunerados.

Fonte: Ministério da Previdência Social.