ONLINE
9




Partilhe esta Página

S

DFF

d

ACITEL

s

sr

D

S

C

sd

S

S

AWEF

S 

D


CARLITO, VEREADOR DE CURIÚVA, NO OBEREKANDO
CARLITO, VEREADOR DE CURIÚVA, NO OBEREKANDO

O sargento foi a sexta entrevista, nesta rodada com a Câmara Municipal

d

2022-04-20 às 10:07:39) No bloco especial de entrevistas com os vereadores de Curiúva, o espaço de ontem foi para Carlito Ferreira Bueno, ou como é mais conhecido, o Sargento Carlito. Nascido em 04 de julho de 1964, na verdade o seu apelido, que fora nome nas urnas, não retrata a sua graduação original, pois desde 2014, ele recebeu a promoção como sub-tenente.

Ele é esposo de Elisete, que é recepcionista na sede da Prefeitura, e pai de Cristian, que inclusive é também policial militar, e de Renata.

O entrevistado, filho de Argemiro Ferreira Bueno, que está com 98 anos, prestou o concurso para policial militar em 26 de novembro de 1991, em Apucarana. Tornou-se cabo em 1994. Já, em 1996, foi a vez de fazer o concurso para sargento, e no Guatupê, em Curitiba. A aposentadoria veio em 04 de julho de 2020, exatamente na data de aniversário, e coincidentemente, em que também se comemora a Independência dos Estados Unidos, e neste momento, o Oberekando fez uma analogia do respeito que este país tem, com seus soldados.  

“Sempre tive o convite para participar da política, mas esperei o tempo necessário para que eu me aposentasse”, lembrando que essa decisão foi após 32 ano de farda, “e em 2020 me candidatei a vereador, e graças à Deus fui eleito, e estamos aqui trabalhando para a população de Curiúva”.

Carlito destacou as ocasiões em que, em oito vereadores, exceto Lula, porque está se recuperando de sua saúde, foram à Curitiba, pleitear recursos, benefícios, e parcerias que beneficiem a cidade, especialmente junto aos deputados. Referiu-se à quase meio milhão de reais, disponibilizado pelo deputado estadual Tercílio Turini, e no ano passado, o deputado federal, Sargento Fahur, disponibilizou 100 mil reais para a Saúde, e ele mesmo, em contato com Carlito, já comunicou que a cidade ganhará, em breve, mais uma remessa, de igual valor.  

A relação entre os vereadores, fez questão de frisar a união, e também, esta, positiva, em tudo que é de interesse público, com o Poder Executivo, o prefeito Nato. Crê que a cidade continuará com este volume grande de obras, e citou mais realizações que vão acontecer e trazer ainda mais progresso local, elogiando a postura política, e acima de tudo, administrativa, de Nato. Quanto ao presidente da Câmara, Geferson Boschetti, o Pithi, exaltou-o como “uma pessoa que tem um compromisso com a população de Curiúva, tanto é que ele fica aqui, quase que diretamente atendendo ao povo, e hoje não foi diferente”, o sublinhando como muito maleável, e acessível ao diálogo.

Como militar que é, disse das dificuldades que o setor enfrenta, e do efetivo, especialmente no interior, bastante reduzido, além das perdas salariais, aonde nem mesmo a reposição está sendo à categoria, garantida. Isso, explicou ele, também é enfrentado pela Polícia Civil e funcionalismo púbico, e por seis anos.

O diálogo foi concluído com o agradecimento do vereador, à toda sua população.

LEIA TAMBÉM: 

CÂMARA DE CURIÚVA COM A PALAVRA: O presidente Pithy e o vereador Beto, e o ano de 2022

CURIÚVA: PROFESSOR VILSON E MILSO DO NORI. Ambos são vereadores e comentam seus mandatos

BABIL É VEREADOR DE CURIÚVA: Ele é o quinto vereador ouvido, nesta série com o Legislativo