ONLINE
8




Partilhe esta Página

S

DFF

d

ACITEL

s

sr

D

S

C

sd

S

S

AWEF

S 

D


AS BOAS NOVAS DE ORTIGUEIRA COM ARY
AS BOAS NOVAS DE ORTIGUEIRA COM ARY

Prefeito falou com exclusividade ao Oberekando

ss

2022-05-10 às 08:01:47) O bate-papo desta segunda-feira, foi com o prefeito Ary de Oliveira Mattos, aonde se fez um resumo das ações do município, e seu esforço em se desdobrar, pela área urbana e a grande extensão rural de Ortigueira.

“A nossa gestão, é uma gestão voltada à classe trabalhadora, todo mundo trabalha. Então, os trabalhadores são nossa prioridade. Uma gestão voltada para a educação, saúde, geração de emprego, geração de renda, e habitação. Nós estamos fazendo um trabalho diferenciado, que vai ao encontro da classe trabalhadora, que movimenta nossa cidade e nosso comércio. Nós precisamos dar ênfase e aproveitar essa grande oportunidade que nós estamos, como gestor de Ortigueira, que é um município importantíssimo, um município grande, um município agrícola, e pecuário, e nós temos uma riqueza enorme neste município. Então, estamos levando a cidade a favor da população, que muito aguardava”.

O prefeito lembrou que são 11 as secretarias existentes, e todas modificadas! Todas estruturadas, para atender diretamente o trabalhador. Disse, inclusive, que o gabinete está sendo apelidado de Casa do Trabalhador, aonde se tem as parcerias e troca de informações, com a população, “inclusive, para termos mais margens de acertos”. São 105 mil alqueires de terra a cidade, sendo a quarta maior do Paraná em extensão. 2200 pequenos produtores, chamados por ele, de agricultores familiares.

 

PARQUE INDUSTRIAL E HOSPITAL

A documentação da implantação do Parque Industrial está em andamento. Também fora já, anteriormente, anunciado o hospital municipal. “Nós temos que fazer aquilo que a população espera, e aguarda, e acredita. Eu acredito nos nossos projetos!”. Informou que quanto ao hospital, deva ser entregue (o projeto) a ele em setembro, para que possa ser licitada a obra, “grande e de aproximadamente 30 milhões de reais, porque nós sabemos o que nós sofremos aqui” ao relembrar que – sem ter hospital, e sim um PA – Pronto Atendimento – se ligavam para as cidades próximas, inclusive Telêmaco e Ponta Grossa e no pico da pandemia, todos com lotação máxima, sem vagas e pacientes padecendo dentro das ambulâncias, sem ter para onde ir: “Isso foi uma lição muito grande que nós aprendemos, e nós não podemos mais passar por isso!”. Este fato, afirmou, foi uma das razões que o levou a concorrer como gestor do município.

 

DE 69 ANOS, 60 A CIDADE COM A FAMA DE UM DOS MAIS BAIXOS IDH´S

Nascido na cidade, viu todo esse tempo a fama negativa do Índice de Desenvolvimento Humano! Comentou das riquezas naturais existentes, como o Rio Tibagi, rodovia e ferrovia, e um município grande, “ai instalou-se o Puma em Ortigueira... Graças à Deus! Eu costumo dizer que isso foi um milagre que aconteceu em Ortigueira: Saímos do IDH mais baixo do Paraná, para sermos um dos melhores”. Ele esteve na Klabin (Projeto Puma), com o governador Ratinho, recentemente, aonde foram distribuídos entre os municípios abrangidos pela Klabin, 450 milhões de reais, em obras e vários serão beneficiados, “e temos que estar contente com isso”, e completou, que a população, mais ainda.

 

RELAÇÃO DE PARCERIA COM O VICE, GILSON

Venutti é natural de Ortigueira, e estudou nas escolas públicas, e passou pela Copel. Vê o prefeito, sua identificação com o grupo político: “Veio somar! Pessoa humilde, boa, de confiança, povão. É o que o pessoal pedia!”. Agradeceu ao vice e disse que quem ganha com esse ótimo relacionamento e esforço dele, é o município!

 

E A CÂMARA?

Foram sete mandatos como vereador, e isso o ajudou muito para conhecer os meandros, e vem ajudando, porque disse que tem tranquilidade “para somar, para debater as matérias, os projetos”, e quem ganha com isso é o município.

 

UM PREFEITO POVÃO, DIVIDIDO ENTRE A ÁREA URBANA E O INTERIOR

s

Após encerrada a entrevista, o Oberekando fez, guardada às proporções, claro, aquilo que se fala em uma rádio de nível nacional, que é o famoso “Teste da Paulista”, que eles comentam em um governante andar pelo centro de São Paulo e ser, ou aclamado, ou no mínimo respeitado, pela forma que vem administrando. Com Ary, nas ruas próximas à prefeitura, por volta das 13 horas, parado pelo povo, que o fazia questão de cumprimentá-lo, agradecendo por melhorias em seus bairros ou comunidades rurais, lhe fazendo, educadamente, perguntas, e lhe saudando. Neste interim, até mesmo um papo rápido e cordial, com dois vereadores, isso tudo, nas ruas da cidade!

A rotina dele, se divide entre o Gabinete e a área urbana, e ir até o interior da cidade, que é enorme. Outro dado impressionante, é o entrar pela porta da frente do prédio da Prefeitura. Nesse teste das ruas, inclusive, cabe apontamento do Oberekando, os prefeitos Márcio, de Telêmaco; Nato, de Curiúva e Butina, de Tibagi, se saem muito bem, porque têm gabinetes abertos para atendimento, ou trazem soluções práticas via secretariado, para as demandas, e quando nas ruas, não se escondem de dialogar com aqueles aos quais, eles são os representantes. “É a primeira vez que um prefeito retorna, na minha casa, tomar um café comigo! As pessoas ficam até assustadas!”, revelou Ary, das suas andanças, à trabalho.

 

PROGRESSSO: FERROVIA, RODOVIA DUPLICADA, E AGRICULTURA PUJANTE

A expansão ferroviária de Ortigueira, que foi da iniciativa privada, no caso a Klabin, a duplicação no perímetro urbano, da rodovia federal, e “nosso município produz mais de 30 mil alqueires de grãos, um terço do município é agricultura. Temos o maior rebanho de gado do Estado do Paraná”, além de terras e água, foram importantes realidades citadas por ele, provando que Ortigueira tem tudo para crescer muito mais.