ONLINE
22




Partilhe esta PŠgina

D

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

D

S

C

S

S

AWEF

swd

S 

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

X


Aptaa e Reunida unidas pelo Autismo
Aptaa e Reunida unidas pelo Autismo

Ação tem apoio total da Acitel

FONTE: APTAA

2021-05-15 às 09:26:27) Conforme publicado em rede social da Associação de Pais, Terapeutas e Amigos dos Autistas de Telêmaco Borba, ação na data de ontem reforça trabalho nesta causa, e se reforça, com a Rede e a Acitel. Leia na íntegra, abaixo:

“Na data hoje 14 de Maio de 2021 a APTAA acompanhou a Ariane conselheira da REUNIDA nas visitas aos lojistas para a divulgação do cordão do girassol e também da Carteirinha da APTAA.

Lembrando que essa ação do cordão do girassol é da Reunida mas que tem o apoio da APTAA, estamos trabalhando em parceria pois essa ação vem para beneficiar a todos os Autista.

✅Orientações Gerais sobre o Atendimento Prioritário a AUTISTAS.

🔴 O atendimento prioritário a autistas é um direito previsto por duas leis, a primeira 10.048/2000 a qual prevê o atendimento prioritário a pessoas com deficiência, lactantes, gestantes, crianças de colo e idosos e a 2@, lei 12.764/2012, a qual estabelece que o autismo, assim como outras imperfeições físicas é considerado uma deficiência também, só que neurológica, o que assegura-lhes os mesmos direitos das pessoas portadoras de deficiências físicas.

🌻O cordão do girassol é  uma forma de identificação utilizada no mundo todo para deficiências invisíveis a primeira vista, como é o caso do autismo. Portanto, quando ver alguém utilizando esse cordão, isso quer dizer que essa pessoa ou alguém da família possui alguma deficiência oculta como, por exemplo: TOC, TDAH, Autismo, Hipersensibilidade etc...

💙Embora, dentre esses transtornos ocultos, apenas o autismo tenha direito a atendimento prioritário previsto por lei, caso, algum dia, encontre alguém com o cordão do 🌻que não tenha as logomarcas da ACITEL e da REUNIDA, tenha empatia, paciência e ajude essa pessoa. Ela pode ter vindo de outra localidade onde esteja acostumada a utilizar o cordão em público.

🧩O autismo não é uma doença, não tem como pegar, transmitir ou se curar com algum medicamento. As pessoas já nascem autistas, ou seja, com uma configuração neurológica diferente que afeta em geral a parte comunicativa, a interação social e comportamental.

➡️Não existe nenhum autista igual ao outro, a intensidade dos sintomas varia de pessoa para pessoa. Alguns são verbais, outros não. Alguns não toleram sons altos e outros não se importam, alguns suportam utilizar acessórios como a máscara e o próprio cordão, outros não toleram e, portanto, nesses casos, algum membro da família pode usar o cordão no lugar do autista.

🚫Por isso, evite fazer comentários do tipo: O que dá autismo? / Nossa, não parece? / Mas, é leve? / Tenho um conhecido que tem esse mesmo "problema"! / Ou indicar medicamentos para autismo. Esses tipos de comentários são muito desagradáveis e preconceituosos para os autistas e seus familiares.

🔶O ponto de distribuição dos cordões será a Acitel. Basta a família ou o próprio autista apresentar o laudo para autismo e retirar o cordão gratuitamente.

✅Em Telêmaco Borba, há também a APTAA (Associação de Pais, Terapeutas e Amigos dos Autistas) e eles também são nossos parceiros nessa ação. Os associados têm um crachá de identificação que poderá ser utilizado junto com o cordão. Porém, existem alguns autistas, inclusive adultos, na sua maioria, que possam não estar  filiados à associação por enquanto. Portanto, não há obrigatoriedade de haver essa carteirinha junto ao cordão para terem atendimento prioritário garantindo, apenas o cordão ou a carteirinha já basta.

😷Nesse momento de pandemia, vale ressaltar também que, de acordo com o artigo 7°, da lei 19.019/20, a obrigatoriedade da utilização da máscara está dispensada no caso de pessoas com transtorno do espectro autista, com deficiência intelectual, com deficiências sensoriais ou com quaisquer outras deficiências que as impeçam de fazer o uso adequado de máscara de proteção facial.

👥 Também, haverá  campanhas de conscientização ao público em geral, pois pode acontecer que, alguns clientes, por ainda não terem conhecimento sobre o atendimento prioritário a autistas, venham a questionar o motivo de estarem sendo "passados para trás" durante os atendimentos.

🚗Os autistas também têm direto de utilizar as vagas especiais, mediante aquisição da guia para estacionamento, embora tenha apenas o símbolo do cadeirante nelas. Por isso, iremos distribuir, juntamente com os cordões, adesivos automotivos para que eles possam utilizar as vagas sem maiores questionamentos até que as placas sejam devidamente padronizadas com a inclusão do símbolo de autismo.

Obrigada pela sua grande colaboração

Estamos à disposição para maiores esclarecimentos

Assinam:

Ariane Guralh

Ida Mara Malinowski

Priscila Guimarães Biancon

(Conselheiras da Reunida)

Carolina Aleixo

(Presidente da APTAA).

--

D