ONLINE
4




Partilhe este Site...

d

DFF

d

ACITEL

s

sr

S

S

S

zs

S

s

d

 DRTE 

D

 MDA

s

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

S


AMOA: Dia Mundial de Combate a AIDS
AMOA: Dia Mundial de Combate a AIDS

Conscientização será feita pela Saúde neste mês de dezembro

FONTE: PMTB

 d

2017-12-05 às 06:06:09) Em virtude do Dia Internacional da Luta contra a Aids, internacionalmente definido como o dia 1º de dezembro, a Secretaria de Municipal de Saúde, enfeitou a praça ao lado da Secretaria Municipal de Educação com um boneco, que ficará durante o mês de dezembro, para conscientizar sobre a importância da realização do teste de detecção do vírus HIV.

“O boneco representa o ser sem vida, por isso a importância de se proteger, se cuidar na Luta contra a AIDS. O rosto a possibilidade de realização do exame de teste rápido, pois está em suas mãos decidir se cuidar e saber o seu diagnóstico”, explica Veridyana Margraf, coordenadora do AMOA – Ambulatório Municipal de Orientação a AIDS e Doenças Sexualmente Transmissíveis.

O AMOA também foi enfeitado para chamar atenção da população que busca se prevenir.

As unidades básicas de saúde (UBSs) estarão realizando palestras especificas ou outras ações dentro de seu cronograma incentivando e orientado aos cuidados necessários de prevenção.

“O progresso da resposta à AIDS no Brasil tem sido importante, com grandes reduções nas infecções em crianças, melhorias no tratamento e redução do número de mortes por causas relacionadas à AIDS, mas ainda não atingiu o impacto desejado no número de novas infecções em adultos”, disse a diretora da OPAS (Organização Pan-Americana da Saúde, Carissa Etienne. “Evitar novas infecções requer intensificar os esforços e que as pessoas mais vulneráveis ​​tenham acesso a todas as opções de prevenção existentes em um ambiente livre de discriminação. ”

De acordo com os dados do UNAIDS, a maioria (64%) dos novos casos de HIV na região ocorre em homens gays e outros homens que fazem sexo com homens, profissionais do sexo e seus clientes, mulheres trans, pessoas que usam drogas injetáveis e nos parceiros dessas populações-chave. Além disso, um terço das novas infecções ocorre em jovens de 15 a 24 anos.

Agradeço a todas as pessoas que direta ou indiretamente nos ajudaram na realização dos enfeites, foram confeccionados com material reciclado e que nos foi doado, em especial a artesã Suzane Durski, a nutricionista Eliane Pedlowski e seus colaboradores.