ONLINE
21




Partilhe esta Página

DFF

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

S

D

C

S

s  

D

 MDA

S

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

S


TELÊMACOBORBENSE BRILHOU EM "ALÉM DO HORIZONTE"
TELÊMACOBORBENSE BRILHOU EM "ALÉM DO HORIZONTE"

 

 Brilhando como Fernanda, na novela Global, telêmacoborbense nos encheu de orgulho pelas raízes e humildade

 DAY

 

Enquanto que muitos famosos fazem questão, por algo que imaginam ser chique, de relutar dizerem de onde são naturais e persistem se dizendo dos grandes centros, como BH, mas especialmente do eixo Rio -  São Paulo, mesmo que seus registros de nascimentos digam o contrário, já existem raros, que fazem questão de não esquecer a cidade onde nasceram. 

day

Tendo saído aos três anos de idade de nossa cidade, a atriz Dayenne Proença Mesquita, também conhecida como Day Mesquita, faz questão quando em seus perfis em redes sociais ou demais sites, de expressar esse dado, quando preenche local de nascimento: Telêmaco Borba23 de setembro de 1985.

Personagem meiga na novela das 7 da Rede Globo, "Além do Horizonte", mostra mais uma vez que seu talento deve-se a sua simplicidade de coração a nos conceder esta entrevista de uma forma onde deixou o livre acesso para que todos os conterrâneos e nossas cidades vizinhas possam saber que TEMOS UMA ESTRELA QUE FAZ JUS AO GRANDE MOMENTO QUE VIVE  e que fica nossa torcida, por sempre mais e mais sucesso! 

fer

 

ENTREVISTA EXCLUSIVA AO SITE OBEREKANDO, DE DAY MESQUITA

1)      O que deixou Telêmaco Borba de marcas em sua vida, que você jamais esquecerá?

Day: Meus pais mudaram para São Paulo quando eu ainda tinha 3 anos de idade, mas meus avós e tios sempre moraram lá, então tenho muitas lembranças de férias passadas e recentes, pois procuro ir sempre, pelo menos no Natal, onde a família toda se reúne.

2)      Nós, telêmacoborbenses, observamos que ao procurar sua biografia na internet, ou na maioria de suas entrevistas, você não ofusca sua cidade natal. Em que TB auxiliou em sua carreira? 

Day: Foi a cidade que nasci, isso faz parte da minha história, embora não tenha crescido lá. Minha carreira mesmo se fez em São Paulo, mas TB é a cidade de onde vim e onde viveram e ainda vivem algumas pessoas importantes da minha família.

 3)      Que local em TB você nasceu?

Day: Nasci na Casa de Saúde Dr. Feitosa, no centro. 

 4)      Participava na escola: de teatros, apresentações artísticas?  e quase do mais marcante para as meninas na adolescência... já era desde cedo, assediada pelos paquerinhas?

Day: Comecei a dançar aos 7 anos, ballet clássico e jazz, desde então, o palco começou a fazer parte da minha vida, e acho que a dança teve alguma influência para que eu me interessasse pelas artes em geral e principalmente a cênica

 5)      Hoje você está junto com seu namorado ou só? Se junta, já falou pra ele de Telêmaco Borba? Já voltou pra TB após 2007, quando estreou em Dance, Dance, Dance?

Day: Sim. Vou praticamente todo ano passar o natal com a família.
Estou solteira.

 6)      A ascensão cada vez maior da personagem Fernanda em Além do Horizonte, é seu maior momento na carreira?

Day: Com certeza. É meu papel de maior destaque até hoje.

 7)      Poderia descrever um alto-perfil de cada uma de suas personagens nas quatro novelas que participou e também no teatro, na obra em homenagem a Chaplin?

Day: Amanda – Patricinha

Eliana – Mocinha

Clarice (peça ”Sorria”) – Descoberta

Stella – Inteligente
Fernanda – Batalhadora

8)      Quais os sonhos que você tinha enquanto criança ou adolescente, dos principais, que sua carreira fez com que você realizasse – seja conhecer lugares, ter algo, enfim?

Day: Acho que meu maior sonho mesmo era a minha carreira como atriz. Que eu conseguisse viver da profissão que eu escolhi para mim, e com isso, poder realizar outros sonhos. Mas gravei o programa “Viagem sem Fim” pela Multishow, onde passei um mês viajando pela Califórnia, e foi com certeza umas das muitas coisas  boas que minha profissão me deu.

9)      Qual o conselho que daria para as jovens, mesmo ainda pré-adolescentes, que sonham com a carreira artística?

Day: É uma carreira muito instável, difícil, é preciso ter muita persistência e amor ao que se faz.

10)  Poderia você completar uma palavra a cada uma aqui descrita... apenas uma, para o bate bola?

 Day: - Day Mesquita: Eu! rs

- Telêmaco Borba: Família

- Fama: Faz parte da profissão

- Ser paranaense: Infância

- Religião: Amor

- Time do coração: não tenho

- Família: Base

- Amor: Tudo

- Casamento: futuro

- Futuro profissional: Que venham coisas boas! ;-)

- Prato preferido: massas

- Beleza: Se for só beleza, vazia...

- Se não fosse atriz eu seria?: Não sei, mas algo que envolvesse arte

 

DAY

Confira aqui, entrevista da Revista Caras (Material disponível na Internet)

 

Day Mesquita fala da importância de Além do Horizonte em sua carreira

 

Antes de iniciar as gravações como a personagem Fernanda, Day queria desistir da carreira de atriz

  

fernanda

 

Por pouco, Day Mesquita (28) não abandonou a carreira de atriz. A desistência, para alegria do público, veio quando ela conseguiu sua personagem Fernanda na trama global das 7, Além do Horizonte. “Ano passado falei: ‘Não quero mais’. Nada acontecia, eu queria ter minha carreira, meu dinheiro e começaram a rolar novas coisas. Aí, mudei de São Paulo para o Rio e rolou a novela, um personagem inteiro, meu primeiro trabalho completo na Globo e 2014 começou maravilhosamente bem”, festeja a beldade — que fez participação na novela Cheias de Charme, também da Globo, em 2012 —, na Ilha de CARAS, em Angra.

 Com dez anos de carreira, a paranaense credita a oportunidade de exercer seu ofício à sua sorte e determinação. “Acho que é hora de colher. Estou começando a colher as coisas que plantei. Aprendi muito, os trabalhos que faço hoje são com mais maturidade. Cheguei nesse lugar e nesse momento porque era a hora certa”, define Day.

 Em ótima fase também no amor, a atriz tem em seu eleito, o ator Allan Souza Lima (28), com quem se relaciona há um ano e meio, um grande parceiro em suas conquistas. “Somos quase o oposto um do outro. Por um lado é bom porque nos equilibra. Mas tudo o que eu preciso, uma opinião que seja, Allan está lá. Ele ‘batia’ texto comigo e me ajudou muito na fase de testes da novela”, revela, garantindo que a troca é a base da relação. “Allan também dirige e talvez façamos uns projetos juntos. De certa forma, a parceria artística já existe”, define Day, que brilhou nas novelas Dance Dance Dance, da Band, em 2007, e Vende-se Um Véu de Noiva, do SBT, em 2009. No teatro, estrelou o espetáculo Sorria, um tributo aos 120 anos de nascimento de Charles Chaplin (1889–1977).

 Dona de beleza ímpar, Day esconde atrás do sorriso iluminado certa timidez. Isso não abala sua segurança. Ela garante que sabe o que quer e não tem pressa para alcançar seus objetivos. Um deles é fazer cinema. “Acho que sou uma idealizadora. Sei onde posso chegar, o que quero conquistar, mas tento trazer para a minha consciência, até para não me frustrar muito, que tudo tem seu tempo”, afirma. Sobre casamento, não há planos. “Às vezes, falamos disso, mas não é nada certo. Tenho quase 30 anos, mas me acho nova para isso. Nem penso em ter filhos agora por conta do trabalho. Tive uma adolescência um pouco tardia. Aproveitei mais a vida a partir dos 24 anos. Tenho o meu tempo e o respeito”, diz ela. Dedicada à profissão, Day resolveu mudar a silhueta e perdeu 10kg. “Desconto tudo na comida. Perdi meu pai em 2009 e, depois disso, passei por fases complicadas. Não era muito regrada. Hoje, estou no meu peso ideal, me alimento bem e estou mais disciplinada”, destaca ela, adepta da  musculação. “Fiz quase 20 anos de balé clássico, tenho uma ‘memória’ corporal boa. Quando malho um pouco, já aparece o resultado”, ressalta.

   Notícia publicada Qua, 19 Fev 2014 as 11:44, por CARAS

 

Confira os trabalhos de Day em novelas da Rede Bandeirantes através de vídeos disponíveis no Youtube

 

 

          

                    Vende-se um véu de noiva                                                Dance, dance, dance

 

 

(Observação: Tenho aqui que fazer pessoalmente, um elogio enorme para Day, que desde o primeiro contato facilitou ao máximo esta entrevista! Em segundo algum deixou, no que o direito seria compreensivo, que sua agenda tardasse a publicação desta matéria no www.oberekando.com.br . Da mesma forma a atenção enorme de Liah! Ao terem acesso a essa entrevista, sem dúvida, seus conterrâneos - juntando-me a eles - claro, teremos mais e mais orgulho de você! Sucesso, nossa Day! 

De: Edivaldo Oberek)