ONLINE
11




Partilhe esta Página

ACITEL

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

S

D

C

S

s

d

 DRTE 

D

 MDA

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

S


Lideranças esportivas se reúnem com Márcio

Atenção ao trabalho, sobretudo voluntário, foi principal foco

 s

2017-01-06 às 22:19:47) Responsáveis por importantes iniciativas em suas comunidades dentro de Telêmaco, sejam de bairros, ou estudantis, ligadas ao esporte, estiveram com o prefeito Márcio Artur de Matos em seu gabinete, para uma reunião que foi encaminhada por Carlos Roberto Ramos, que é secretário de Cultura, Esporte e Recreação. Com ele, seus chefes de divisões: Márcia Kety, do Esporte, Sírio de Castro Ribas Júnior, da Cultura, e Fabrício Nunes Flores, de Recreação.

O também comunicador Carlão, iniciou sensibilizando a todos da importância pelo esporte, de livrar as crianças e adolescentes de descaminhos, como as drogas. “Não queremos como hoje apenas no quinto dia de mandato, somente, mas sim nos 4 anos, esse diálogo com vocês!”, disse ele, agradecendo a doação do trabalho voluntário da grande maioria lá presente. A coordenadora da Ginástica Artística, Sandra Buttini, também se fez presente.

Iniciando sua fala, o médico prefeito lembrou sua relação com o esporte, e fez uma alusão à Samuel Carneiro, que é esportista e blogueiro e o mais respeitado comunicador deste segmento em Telêmaco Borba. Quando o filho de Márcio, no caso de Luiz Fernando (que é secretário de Gabinete), tinha nove anos, lá apareceu na casa deles, Samuel, chamando-o para treinar futsal. Assim se iniciou um longo relacionamento de amizade e acima de tudo, de reconhecimento da dedicação deste, ao esporte.

O prefeito disse que a cidade não deu o devido estímulo ao esporte, e neste caso, à infância e a juventude, além de se remeter ao período de sua campanha, que tinha como objetivo, combater a violência com lazer e esporte.

 

MÁRCIO: Natação, quadras das escolas estaduais e da Área 2

Em sua fala, Matos citou diversas modalidades esportivas e perguntou se elas eram ativas na cidade. Ao exemplo de natação, ao qual ele autorespondeu que não, assinalou que existe uma pré-conversação com a presidência de alguns clubes e associação da cidade para uma possível parceria, a exemplo do Alvorada, Sintracon e Sindicato do Papel, que dispõem de piscinas. “Isso enquanto não temos as nossas próprias!”, falou.

A tratativa com o Estado para a abertura das quadras das escolas que no fim de semana ficam ociosas, para que sejam usadas pelas respectivas comunidades, é outra iniciativa. A questão da quadra da Área 2, que foi edificada em terreno do Estado, o próprio Estado já sinalizou que o repassará à cidade e ai, a tão esperada revitalização será possível.

“Sei que aqui tem mais voluntários, e o trabalho no esporte, tem que ser em quadro de reconstrução”. Ele voltou a lembrar do plano de mapear a cidade em distritos, que constarão com sete ou oito bairro cada, e que cada um desses (distritos), terá autonomia com alguns equipamentos, como por exemplo trator, que consiga atender a demandas básicas dos respectivos locais. Nesse sentido também em demais áreas, como Esporte, Saúde e Educação.

Márcio não deixou de fora a iniciativa privada no apoio às ações voluntárias no Esporte, mas entende que esta está de certa forma também sufocada pelo momento nacional. Se por um lado fez uma autocrítica ao município, de que não pode ficar à mercê, apenas cobrando da Klabin, por ser a maior empresa da cidade, por outro disse também que cabe a essa papeleira cumprir com sua parte, mas não como favor, e sim, sua obrigação, como compromisso de responsabilidade social.

Márcio deve anfitrionar o chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, onde cobrará medidas na área de Segurança, e com a Secretaria Estadual de Educação, pedirá a ele que intermedeie o uso das quadras acima citado.

“Estou pedindo para vocês continuarem a fazer o trabalho que vocês fazem”, disse Márcio.  Já, Carlão, lembrou que dentro da dotação orçamentária fora destinado para esse ano, verba para implementar parte das necessidades em material esportivo, para esse impulso inicial.

Entre as lideranças que se pronunciaram, Lourival Humberto Rodrigues (Pena Branca), que treina quase 200 atletas e é um exemplar presidente de associação de moradores. Contente, epigrafou as já conquistas alcançadas e as que estão comprometidas, em apenas cinco dias da administração de Márcio, para o São Silvestre.

No dia desse encontro, uma data especial para Valmir Teixeira, que tem o aniversário de segundo ano de fundação de seu projeto “Gol da Esperança”, no bairro Marinha.

 

Leia Também:

PENA BRANCA RECEBE RUBENS BENCK NO SÃO SILVESTRE